22 fevereiro 2017

Resenha: Enquanto o sol brilhar - Juliana Parrini

Título: Enquanto o sol brilhar 
Autora: Juliana Parrini
Editora: Amazon
Ano: 2017
Páginas: 522
Sinopse:

Na monótona cidade provinciana de Vila Rica vive Mariana, filha única de pais amorosos, cresceu observando o amor verdadeiro de perto.

A jovem professora divide seu tempo entre as aulas que ministra para crianças na escola, os estudos e os trabalhos voluntários que exerce. Sua vida se transforma com a chegada do misterioso Dr. Miguel, um homem que coloca os seus pacientes em primeiro lugar, mas que mantém o seu passado em segredo.

Sem criar expectativas e tentando não levar tão a sério todo o desejo de desvendar os mistérios do doutor, Mariana será inebriada por sentimentos até então desconhecidos. 

Nem sempre o passado pode ser esquecido e Mariana irá vivenciar em primeira mão o impacto de um grande segredo.
Quando a amizade e o encantamento dão lugar a uma admiração genuína, para chegar ao amor, é só uma questão de tempo.

Salvem a professorinha!

Que livro lindo!

Dessa vez, Juliana nos mostra que mesmo que as dificuldades apareçam e algumas pessoas nos decepcionem, vale a pena acreditar que dias melhores virão.

Mari, mora numa cidade interiorana que fica a algumas horas do estado do Rio de Janeiro. Seu noivo, que mora e trabalha na capital, cada vez mais evita de retornar para cidade.

Ela é simples, com costumes simples, vê o belo da vida, curte as coisas do campo, pensa em se casar e morar na casinha deles que já está pronta. Porém, não é isso que almeja Marcos, e mesmo a cada telefonema dele pra ela, que faz seu coração quase sair pela boca, esse homem não pensa em quão grande é a decepção que a causa, quando decide terminar tudo e por telefone.

E já nas primeiras folhas quis matar o personagem....hahaha.

Jovem e de uma força incrível, Mari, tenta seguir em frente, mas resolveu não abrir seu coração tão facilmente.

Com uma passagem de tempo de dois anos, a professora querida da cidade, faz de tudo para ajudar as pessoas de sua terra, pois além de pequena, pouco evoluiu com o passar dos anos.
E com a família do prefeito sempre tentando tirar proveito de algumas situações, Vinícius segue o mesmo caminho, porém o fato de gostar de Mari, faz com que ele resolva algumas pendências da cidade no intuito de chamar a atenção dela pra si.
Pela falta de perspectiva, Vinicius, resolve trazer pra cidade um novo médico, um parente distante de sua família, o doutor Miguel, para assumir o posto de saúde.

Lindo e denominado pelas senhorinhas de Anjo, esse médico, além de simpático e atencioso, aluga a casa que Mari viveria com seu ex-noivo e que fica no quintal da casa de seus pais.

Mari assim que o vê se encanta, e Miguel com a convivência se afeiçoa a bela mulher de costumes simples. 

“Estar apaixonado é querer dividir o dia a dia, mesmo que sejam as coisas comuns. Não sei se consegue perceber isso, Mari, mas acho que sempre estive destinado a você.”

Mas algo faz esse homem recuar e mesmo atraída por ele, fica difícil não se sentir rejeitada. Com isso, cada vez que as coisas não saem como planejado, Mari usa sua válvula de escape, Vinícius, seu pega casual.
Miguel, fica louco de ciúmes e resolve se declarar, mas o destino sempre tem peças a pregar e o passado vem para atormentar e o recomeço na vida dessa jovem pode ruir.

Juliana desenvolveu seus personagens de forma tão bonita e suas histórias de vida são tão envolventes, que ficou difícil não se apaixonar e torcer para que o casal encontrasse seu felizes para sempre.

“- Por mais dias como esse, mocinha.”

“- Por mais dias como esse, mocinho.”

Um romance com uma boa dose de drama, onde o amor é descrito de diversas formas. Temos o amor entre amigos, o amor dos enamorados e o amor que perdura a eternidade.
Além de Miguel e Mari, um casal que merece destaque e não podemos deixar de falar é o seu José e a dona Camélia, pais de Mari. Esses dois são um belo exemplo, principalmente para os dias de hoje, onde as pessoas são intolerantes e egoístas. Esse casal nos leva a reflexão, a admiração, a cumplicidade, e nos faz torcer por casamentos como o descrito, que valorizam a família e que não diminuí com o passar do tempo.

Vale a pena demais a leitura de Enquanto o sol brilhar dessa autora fantástica que me orgulha e me arrebata a cada livro lançado. Sim, porque eu torço por mais livros como esse Bonequinha. 







3 comentários via Blogger
comentários via Facebook

3 comentários:

  1. Oi Cá!
    Adoro a escrita da Juliana, ainda não consegui ler esse livro mas quero muito ler em breve. Pela resenha fiquei cheia de vontade de ler logo.
    Adorei! bj.

    ResponderExcluir
  2. Amei esse livro tb! Adoro a escrita da Juliana, mas acho que nessa estória quem me ganhou foram os pais delas.

    ResponderExcluir
  3. Ainda não li esse livro porém adoro o jeitinho da Juliana escrever suas obras.
    Logo vou ler!
    Bjs.

    ResponderExcluir

© Book Obsession ♥ | Design e Desenvolvimento: JaqueDesign imagem-logo