02 março 2017

Resenha: Proibido - Tabitha Suzuma

Título: Proibido
Autora: Tabitha Suzuma
Editora: Valentina
Ano: 2014
Páginas: 304
Sinopse:

Ela é doce, sensível e extremamente sofrida: tem dezesseis anos, mas a maturidade de uma mulher marcada pelas provações e privações da pobreza, o pulso forte e a têmpera de quem cria os irmãos menores como filhos há anos, e só uma pessoa conhece a mágoa e a abnegação que se escondem por trás de seus tristes olhos azuis.
Ele é brilhante, generoso e altamente responsável: tem dezessete anos, mas a fibra e o senso de dever de um pai de família, lutando contra tudo e contra todos para mantê-la unida, e só uma pessoa conhece a grandeza e a força de caráter que se escondem por trás daqueles intensos olhos verdes.
Eles são irmão e irmã.
Com extrema sutileza psicológica e sensibilidade poética, cenas de inesquecível beleza visual e diálogos de porte dramatúrgico, Suzuma tece uma tapeçaria visceralmente humana, fazendo pouco a pouco aflorar dos fios simples do quotidiano um assombroso mito eterno em toda a sua riqueza, mistério e profundidade.

Lochan e Maya vivem com a responsabilidade de cuidar da casa e de mais três irmãos.
Apesar da pouca idade, já carregam um fardo desde que seus pais se divorciaram. Filhos de uma mãe alcoólatra e que sempre deixou seus filhos de lado sem ao menos se importar.
Além de estudarem, precisam dar conta da casa, dos irmãos, e estão sufocados com a rotina dessa vida tão dramática.

Esse livro é muito difícil de expressar os sentimentos que, ora de encantamento, porque você se pergunta e questiona o tempo todo como o errado as vezes pode parecer tão certo e, ora de perplexidade com o rumo que a vida dos personagens seguem ao longo da narrativa.

Maya e Lochan por dividirem uma casa e todas as tarefas, descobrem dia a dia que são almas gêmeas. Duas almas perdidas, confusas, mas duas almas que se encontram e se entrelaçam a cada acontecimento de suas vidas. Duas almas apaixonadas! Sim, você não leu errado. Os dois irmãos se apaixonam.

Na tentativa de Maya ajudar Lochan a lidar com seus pânicos, os dois se envolvem de tal forma que em alguns momentos ficou difícil não torcer para que achem uma forma de ficarem juntas, mesmo sendo tão errado.
Do mesmo jeito que parece tudo tão bonito, quando tudo vem à tona, para eles apenas existe uma solução: abdicar do amor, porque aos olhos da sociedade, perante a lei, nada disso pode acontecer, afinal são irmãos.

Proibido, além do nome do livro e com uma capa convidativa e que vai além da estética, é um romance carregado de drama; que nos faz chorar e muito. E acima de tudo mostra a competência de uma autora em lidar com temas tão polêmicos de forma extraordinária, capaz de nos deixar sem chão ao final da leitura de tão devastador.

A editora Valentina está de parabéns por publicar uma obra como Proibido, que até o momento dos livros estrangeiros se tornou meu preferido. E que com certeza irá tirar você de sua zona de conforto.
Uma leitura complexa, onde o belo e o feio se misturam, onde nem sempre todo o amor possível é capaz de quebrar barreiras, e que como um sentimento puro pode ser tão devastador na vida do ser humano.








15 comentários via Blogger
comentários via Facebook

15 comentários:

  1. Me acabei de chorar nesse livro Ca!
    Lindo demais. Não é pra qualquer um.

    ResponderExcluir
  2. Nossa amo esse livro. Só que fiquei com tanta ressaca que não consigo reler kkkkkk

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Esse foi um livro que eu finalizei e fiquei um bom tempo parada, tentando absorver tudo o que li. Gente... que final!!!
    Adorei o blog. Seguindo <3

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
  4. Eu acho a capa desse livro maravilhosa e convidativa mesmo, mas a história não me agrada nem um pouco e não tenho o menor interesse em realizar a leitura dele. Gostei de conhecer a sua opinião sobre a obra mas infelizmente o livro não me atrai.

    ResponderExcluir
  5. Eu não gosto dos livros da Valentina, mas Proibido, tenho que admitir, foi uma ótima leitura, o livro surpreende, nos coloca no canto da parede, incomoda, do jeito que eu gosto.

    ResponderExcluir
  6. Tentei ler esse livro 3 vezes, mas sempre paro porque fico com o sentimento de que não estou preparada emocionalmente pro final kkk

    ResponderExcluir
  7. Eu tenho tanta vontade de ler esse livro que você nem imagina, diante de tantos comentários positivos e sobre os assunto que aborda é ótimo para um debate, dica anotada!
    Beijinhos da Morgs!

    ResponderExcluir
  8. Eu sempre penso em comprar esse livro quando vou a livraria. Mas fico com receio, depois de ler sua resenha sinto que estou perdendo tempo. Parece ser uma leitura fantástica. Adoro esse assuntos polêmicos.

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?
    Tenho muita vontade de ler este livro, e apesar de ter pego vários spoilers dele desde que foi lançado, não me sinto preparada para lê-lo ainda, imagino que vou sofrer demais.
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Já tinha visto essa capa, mas não sabia do que se tratava e tive que ler sua resenha duas vezes para ter certeza de que tinha lido certo.
    Que história, minha gente... Eu mesmo sabendo que vou sofrer muito com ela, já anotei a dica.

    ResponderExcluir
  11. Olha, embora eu não seja MESMO fã do tema incesto, gosto de obras que saibam abordar temas polêmicos de forma delicada e pé no chão, o que parece ser o caso deste livro.

    Beijos! :)

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem?
    Nossa a capa desse livro me deixou bastante curiosa.
    Não imaginava que o tema era esse. Li sua resenha e em seguida dos comentários e menina não sei se tenho psicológico para ler isso agora não. Amas amei a sua dica e resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bem? Li esse livro já tem um tempinho e o tema abordado é bem forte. Gostei bastante dele e está entre os meus favoritos, por todas as reviravoltas que a autora trouxe. Ela soube explorar muito bem o incesto e fazer com que o final fosse plausível. Gostei demais e ótima resenha <3
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Oii
    Apesar de ser super contra a temática deste livro eu sinto uma real vontade de lê-lo. Eu gosto de livros de chorar, rs então quem sabe mais para frente eu ainda leia.

    Vícios e Literatura

    ResponderExcluir
  15. Olá, Camila, tudo bom? Que bom que gostou tanto do livro!! Parece mesmo ser uma leitura bem complexa, que meche bastante com os sentimentos do leitor. Eu tenho ele aqui em casa mas preciso me preparar para realizar a leitura, pois sei que não será nada fácil!
    Beijos!

    ResponderExcluir

© Book Obsession ♥ | Design e Desenvolvimento: JaqueDesign imagem-logo