24 abril 2017

Resenha: Uma razão para respirar - Rebecca Donovan

Título: Uma Razão Para Respirar - #1 Trilogia Breathing
Autora: Rebecca Donovan
Editora: Pandorga
Ano: 2014
Páginas: 496
Sinopse:

Na cidade de Weslyn, Connecticut, onda a maioria das pessoas se preocupa em ver e ser vista, Emma Thomas preferia não ser percebida de forma alguma. Ela está mais preocupada em fingir perfeição enquanto puxa as mangas da blusa para baixo para esconder as marcas roxas, não querendo que ninguém perceba quão longe da perfeição ela realmente está. Sem esperar, ela encontra o amor. O amor a desafia a reconhecer seu valor, mas correndo o risco de revelar o terrível segredo que esconde.
O livro "Uma razão para respirar" é eletrizante da primeira à última página; uma história ímpar sobre mudança, crueldade inesperada e uma garota se agarrando à frágil esperança.
Uma Razão para respirar não é só um romance é um livro que aborda a violência doméstica e todos os dilemas que as crianças e adolescentes que passam por isso precisam enfrentar. A personagem principal vive esta realidade e tenta tornar-se invisível para que as pessoas a sua volta não a percebam. E por meio da amizade e amor ela tenta superar cada dia doloroso até que consiga escapar desta rotina.
Uma história forte, emocionante, dura, real, meiga, triste e doce ao mesmo tempo, que vai mexer com os sentimentos do leitor. Uma leitura envolvente do inicio ao fim.




Essa trilogia já tinha lido há um tempinho, mas sabe aquele livro que merece ser indicado? Sem dúvida algum esse é um deles.

A história de Emilly Thomas (Emma) é triste e emocionante. Abandonada por sua mãe que é viciada em álcool, a responsabilidade de cuidados com a jovem fica com seu tio George (irmão de pai da jovem) e Carol (esposa). Emma perdeu seu pai e há quatro anos vive adaptando-se a essa realidade.

Sempre focada em seus estudos, tenta chamar o mínimo de atenção em casa, já que sua tia Carol faz de um tudo para seus dias na casa em que vivem serem os piores possíveis.
Na escola ela só conta com a amizade de Sara, que ao contrário dela é bem popular, cheia de vida e suas cenas na maioria trazem leveza pra história.

A cada dia que chega da escola o horror ronda Emma. E a responsável por tudo de ruim nos dias atuais fica a cargo das humilhações dessa tia horrenda. Qualquer deslize, quebra de regras, Carol agride, tortura a jovem que não vê a hora de completar a maior idade e assim cair fora dessa rotina de humilhações na qual vem enfrentando.
“Não conseguia respirar. Agarrei meu pescoço, tentando afrouxar a corda, enquanto meus pés eram puxados para fora da cama. (...) Fiquei tonta com a pressão se avolumando em minha cabeça e a dor de meus pulmões exigindo uma lufada de ar que nunca viria.”

Entre os poucos prazeres que Emma tem na vida está o futebol, mas isso pode mudar quando em sua vida aparece Evan Matthews. Seu mundo é balançado com a proximidade do rapaz, e apesar de nas primeiras cenas deles serem de embates, e da menor falta de tato de Emma em lidar com o interesse do rapaz, com a aproximação vamos nos encantando e torcendo por eles.
Mas Emma morre de medo que ele descubra o que acontece com ela e todas as agressões que sofre.

Esse não é um romance clichê, típico de jovens e suas complicações. Rebecca trouxe uma protagonista em sua história que é uma verdadeira sobrevivente. É impossível não se emocionar e ficar aflita com cada cena de violência doméstica que Emma sofre na mão de sua tia Carol e com cada omissão de seu tio, que ficava sempre ao lado da esposa. E mesmo vivendo todo esse horror, Emma só pensava que não podia fazer nada para não afastar seus priminhos da criação dos pais.

O primeiro livro dessa trilogia é de chocar, o final então é praticamente um soco no estômago para muitos. Foi meu primeiro contato com a escrita da autora e até então nunca tinha lido nada com essa carga dramática que foi imposta nessas páginas. Sem dúvidas nos levam a reflexão, principalmente pela abordagem de um tema tão frequente em muitos lares pelo mundo a fora.

“No equilíbrio entre o amor e a perda, seria o amor que me faria lutar para...Respirar.”

A notícia boa é que se você quiser adquirir a trilogia, a mesma está completa nas livrarias e foi lançada pela editora Pandorga. 
Com uma diagramação simples, a fonte tem tamanho agradável pra leitura, assim como as folhas brancas, como li essa trilogia já há uns dois anos não me recordo se tem erros de ortografia, só sei que me surpreendi a cada página lida ao longo dessas quase quinhentas folhas que compõe essa obra.


Sem dúvidas você vai se emocionar e querer descobrir que fim levou a história de Emma e Evan. Mas o restante dessa história vou lhe contando ao longo das próximas resenhas. 









12 comentários via Blogger
comentários via Facebook

12 comentários:

  1. Quando li esse livro fiquei tão emocionada com Emma e sua história de vida que foi impossível não chorar.
    Um dos melhores livros que já li!
    Amooo

    ResponderExcluir
  2. Eu não sei ... Mas essa é a mesma autora do livro "E Se For Você?" ? Por que se for , eu preciso ler urgentemente! Eu sou apaixonado por esse livro e sem dúvidas essa trilogia deve ser tão boa quanto o que eu li. Sabendo que o primeiro livro é um soco no estômago, preparei meus lenços com certeza , pois sou muito emotivo e empático, então já sabe... Dica mega anotada!! Beijos do Wes ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Wes!
      É a mesma autora sim, porém aqui com um drama de tirar o fôlego.
      Assim que puder leia.
      Impossível não se emocionar.
      Beijos!

      Excluir
  3. Oi Camila tudo bem?
    Eu não conhecia o livro, mas achei essa premissa muito interessante e fiquei muito curiosa em relação a essa leitura, sem duvidas se eu tiver a chance lerei sim, sem pestanejar.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Eu ainda não conhecia a trilogia mas gostei bastante da premissa, me pareceu meio clichê sim mas lendo a sua resenha completa acho que posso ter me enganado e mesmo que fosse eu gosto de um bom clichê.

    ResponderExcluir
  5. Ser abandonada pelos pais não é fácil para uma criança, ficar ao cuidado de outros, mesmo que familiares, nem sempre é a mesma coisa. E com uma tia tão megera como a dela, não deve ser fácil mesmo.

    ResponderExcluir
  6. Oi Camila, tudo bem? Nossa, achei esse enredo da personagem um tanto quanto triste né? Despertou a minha curiosidade em saber se ela irá superar todos esses trauma. Adorei a sua resenha, está ótima!

    Beijos,
    www.paginasincriveis.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Ei, Camila, antes de falar do livro, preciso dizer o quanto a sua resenha me conquistou na lata. Sério, eu fiquei com muita vontade de ler, pois parece uma ótima leitura. Parabéns por isso.
    Agora voltando ao assunto principal... A história tem uma trama de certa forma intrigante e esse final misterioso foi o ponto final para eu adicionar esse livro a minha wishlist.

    ResponderExcluir
  8. Esse livro é tão triste e lindo!!!
    Quase desidratei no final do primeiro livro hehehehe

    ResponderExcluir
  9. Boa resenha, uma ótima dica, fiquei curiosa para ler o livro.

    ResponderExcluir
  10. Ainda não conhecia a trilogia, mas gostei bastante levando em consideração a sua opinião. O personagem passa por tantos momentos tristes que fiquei curiosa para saber como acontece a sua evolução. Adorei a dica.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  11. Oi Camila, sua linda, tudo bem?
    As pessoas pensam que o perigo só está nas ruas ou em lares adotivos e ela sofreu abusivo com a própria família, seu tio e a esposa dele. Achei um absurdo ele ficar omisso. E fiquei com o coração apertado em ela não querer que Evan descobrisse ou que se denunciasse seus primos é que iriam ser prejudicados. E que final é esse??? Já vi que irei chorar horrores. Não vejo a hora de ler. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

© Book Obsession ♥ | Design e Desenvolvimento: JaqueDesign imagem-logo