30 agosto 2017

Resenha: O Refúgio do Marquês - Os Preston #1 - Lucy Vargas - Editora Charme

Título: O Refúgio do Marquês - Os Preston #1
Autora: Lucy Vargas
Editora: Charme
Ano: 2015
Páginas: 310
Sinopse:

Henrik e Caroline não poderiam ser mais diferentes.
Ele, o Marquês de Bridington, é um homem selvagem e inapropriado, que vive há anos no campo, fugindo dos fantasmas do seu passado obscuro e repleto de segredos.
Ela, Caroline Mooren, a Baronesa de Clarington, é uma jovem destemida, com um passado doloroso, que recebe a missão de reformar a mansão e talvez o marquês, ao menos é o que a marquesa viúva espera.
Ele é um caso perdido. Ela é uma mulher com um futuro incerto. Mas juntos, eles se completam e acendem a chama da paixão, que ambos acreditavam estar completamente extinguida, trazendo à tona segredos e temores que ambos escondem.
Se reerguer sob o peso do passado será uma batalha que ultrapassará os limites do refúgio que o marquês pensa ter construído, mas será que o amor é capaz de ultrapassar tantas barreiras e vencer, ou eles perderão tudo outra vez?




Já estava com esse livro para resenhar há um tempinho e como amo romances de época resolvi parar para escrever um pouquinho sobre essa história que eu tenho certeza que você irá se apaixonar.

A trama gira em torno de Henrik, o Marquês de Bridington e Caroline Mooren, a Baronesa de Clarington.

Após a morte de seu marido, Caroline, a então viúva do barão de Clarington começa a passar seus dias solitários e com dificuldades, até que recebe um convite da marquesa Hilde Preston, para cuidar de alguns assuntos da propriedade, como a reforma e a organização dela.

Caroline tem um grande desafio quando começa a perceber a dinâmica da casa e nota que atrás do homem de beleza marcante há um marquês que carrega um fardo que é o seu casamento e que vem se arrastando a cada ano que passa, deixando a mansão cada vez mais sombria e vazia. Mas se depender das ideias da marquesa e com a ajuda que ela deseja de Caroline, isso poderia mudar.

“Mas depois de cinco anos assim, já não conseguia mais se reconhecer. Sentia-se oprimido sob um peso que nunca ficava mais leve. Não carregava os céus, como Atlas, mas já não sabia se a pesada opressão vinha da idade, do tempo, dos seus erros ou daquele segredo que morreria com eles.”

Nos planos da marquesa está a ideia de trazer vida ao ambiente para que assim possa casar seu filho novamente, já que a esposa que vive em uma cama e não demonstra um pingo de sanidade, pelo contrário, toda vez que pode ela, destila sua raiva desmedida em torno de todos principalmente de sua filha. E com a chegada de Caroline, ela surta.

Na verdade, Henrik também não gosta de como as coisas estão agora se apresentando para ele, porém quando as mudanças começam a ocorrer ao longo dos dias muita coisa pode acontecer.

O difícil será convencer sua mãe de que ele não precisa procurar o que já está diante de seus olhos.

Caroline aos poucos vai quebrando as barreiras e encantando o marquês com seu jeito. Mas é claro que a autora não iria deixar a leitura tão fácil assim né, pois ela dá pitadas em torno de toda a trama e em alguns momentos nos vemos roendo os cantinhos dos dedos de tanta ansiedade para o futuro desse casal.

Não foi meu primeiro contato com a escrita da autora, mas sim o primeiro com ela escrevendo o gênero. E foi uma grata surpresa pois o livro é encantador e envolvente do início ao fim.



Um romance de época muito bem estruturado, de leitura fluída, apaixonante e com uma dose de humor. Os personagens além de terem diálogos inteligentes, tem química e podemos ainda acompanhar o amadurecimento deles, principalmente de Henrik.




Vale também ressaltar duas personagens secundárias e que fazem toda a diferença na trama, a Marquesa Hilde e Lydia, filha de Henrik. Essa pequena simplesmente me arrebatou com seu jeitinho.
Se você ama romances de época e ainda não leu essa história, se jogue nessa leitura. 

“Agora você é o meu refúgio e, com certeza, o mais belo.”


O refúgio do Marquês é o primeiro livro da série Os Preston e foi lançando pela editora Charme. A notícia boa é que o segundo livro, Uma dama imperfeita, foi lançado esse ano e está disponível em todas as livrarias e sites do país.







8 comentários via Blogger
comentários via Facebook

8 comentários:

  1. Olá Camila ;
    Li pouquíssimos romances de época, mas foi o bastante para me fazer amar o gênero. Sempre com capas lindas e histórias cheias de amor e reviravoltas.
    É tão bom quando dá pra acompanhar o amadurecimento dos personagens, parece que nos envolvemos mais ainda com a leitura.
    Não conhecia nenhum livro do tipo de autoria nacional e pelo visto a Lucy mandou super bem.
    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/2017/08/titulo-sequestro-autor-luiz-madureira-n.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amo romances de época. Se puder leia essa história, pois vale muito a pena!
      Beijos!

      Excluir
  2. Camila do céu, que resenha, garota!
    Eu estou louca por esse livro e adorei ler um pouco mais sobre ele aqui no seu blog, gostei muito de ver como você falou sobre ele e de saber a sua opinião. Achei essa capa maravilhosa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Beatriz!
      Espero que você goste bastante do marquês e toda sua história. O livro é belíssimo!
      Beijos!

      Excluir
  3. Adoro essa história. Dei muitas risadas com a Lydia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Monica!
      Tem razão a Lydia é uma figurinha mesmo. Amei a forma como a Lucy a conduziu na trama.
      Beijos!

      Excluir
  4. Já li esse livro e também curti muito a leitura. Foi um ótimo romance de época e escrito por uma autora nacional ainda!
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  5. Oiii!!

    Eu AMO o gênero, mas li poucos livros de nacionais. Esse tá na minha lista há tempos, mas preciso dar uma diminuída nos meus Atrasados antes.
    Adorei saber que é bem estruturado e envolvente!

    Beijinhos

    ResponderExcluir

© Book Obsession ♥ | Design e Desenvolvimento: JaqueDesign imagem-logo