20 outubro 2017

Resenha: As coisas que fazemos por amor - Kristin Hannah - Editora Arqueiro

Título: As coisas que fazemos por amor
Autora: Kristin Hannah
Editora: Arqueiro
Ano: 2017
Páginas: 352
Onde Comprar: http://amzn.to/2xTNOpo
Sinopse:


Caçula de três irmãs, Angela DeSaria já tinha traçado sua vida desde pequena: escola, faculdade, casamento, maternidade. Porém, depois de anos tentando engravidar, o relacionamento com o marido não resistiu, soterrado pelo peso dos sonhos não realizados.

Após o divórcio, Angie volta a morar na sua cidade natal e retorna ao seio da família carinhosa e meio doida. Em West End, onde a vida vai e vem ao sabor das marés, ela conhece a garota que mudará a sua vida para sempre.

Lauren Ribido é uma adolescente estudiosa, bem-educada e trabalhadora. Apesar de morar em uma das áreas mais decadentes da cidade com a mãe alcoólatra e negligente, a menina sonha cursar uma boa faculdade e ter um futuro melhor.

Desde o primeiro momento, Angie enxerga em Lauren algo especial e, rapidamente, uma forte conexão se forma: uma mulher que deseja um filho, uma menina que anseia pelo amor materno. Porém, nada poderia preparar as duas para a repercussão do relacionamento delas. Numa reviravolta dramática, Angie e Lauren serão testadas de forma extrema e, juntas, embarcarão em uma jornada tocante em busca do verdadeiro significado de família.




Quando eu vi que iria ter um lançamento da Kristin Hannah logo me animei em pedir esse livro em parceria com a Editora Arqueiro, pois amo a escrita dessa autora.

Em As coisas que fazemos por amor, vamos acompanhar duas histórias: a da jovem adolescente que almeja um futuro em uma grande universidade, Lauren, e a Angie, uma mulher repleta de marcas, desacreditada após tantas perdas, principalmente a de sua filha ainda bebê Sophia.

Por conta dessa perda, Angie tem muitas dificuldades em encontrar seu equilíbrio e chega a um ponto que Conlan, seu marido e grande amor da sua vida passa a não suportar sua distância e seu sofrimento pedindo o divórcio e Angie precisa retornar a pequena cidade de West End, onde a sua família mora.
As DeSarias possuem um restaurante que não vai muito bem e Angie a pedido de sua mãe passa a administrar o local. Seu maior desafio será fazer todas as mudanças e ainda conseguir o apoio de toda sua família.

Dia após dia, Angie vai se fortalecendo e encontrando seu equilíbrio e as dores do passado vão amenizando, principalmente quando em seu restaurante aparece a jovem menina que ela em uma noite chuvosa ajudou com uns trocados.

“- Quando eu era pequena, eu tinha um sonho. O mesmo sonho, todas as noites. Usava um vestido verde e uma mulher estendia o braço para pegar na minha mão. Ela dizia: ‘Vamos Lauren, não podemos nos atrasar.’ Quando acordava, estava sempre chorando.
- Por que você chorava?
- Porque ela era a mãe que eu não conseguia ter.”


Lauren, uma jovem estudiosa, têm um sonho de conseguir uma boa bolsa de estudos para seguir para uma universidade de renome. Amante do jornalismo, ela almeja um dia seguir na profissão, mas para isso ela economiza cada troco que conseguia na farmácia em que trabalhava, antes de ser demitida. Dividida entre fazer feliz seu namorado que têm uma classe social bem diferente da dela, enquanto ela economiza cada tostão para pagar o aluguel e sua mãe não faz absolutamente nada a não ser, se jogar no alcoolismo e se entregar a sua frustração de ter perdido a liberdade e as oportunidades da vida por ter engravidado ainda muito nova.

A jovem só gostaria de uma vida normal, ser amada por sua mãe, mas como toda tragédia é pouca, o último dinheiro que ela tinha para comprar comida, a mãe rouba e gasta com bebidas.

Lauren consegue uma oportunidade de trabalhar como garçonete no restaurante das DeSarias e surge uma grande amizade entre ela e Angie.
Suas irmãs e a mama temem que pode ser perigosa essa aproximação, mas Angie não consegue recuar e quando o mundo de Lauren desaba com a constatação de que sua mãe lhe abandonara na mesma época que ela descobre a gravidez com David e se desespera.
Na cabeça de Angie passa um filme, mas o incrível que hoje não sente mais as dores que antes.

“O amor pode nos ajudar a passar por dificuldades.”


Estaria dando a vida uma oportunidade a essas mulheres tão marcadas em seus destinos?
Kristin mostra como só ela sabe fazer o drama de suas personagens, mas as coloca em constante desenvolvimento e crescimento pessoal de forma incrível.
Fica impossível não se emocionar com o tamanho amor e generosidade de Angie com Lauren, seus cuidados e ainda mais sentir Lauren tendo e ainda ser amparada em um momento tão fabuloso na vida de uma mulher.




Uma leitura rica de sensações e que faz jus ao título. Somos levados a nos emocionar, a sorrir e torcer por essas personagens com histórias tão sofridas de vida, mas que tiveram oportunidade de amadurecer e ainda exercerem a sua fé.

Kristin transforma o drama de duas famílias. A leitura é fluida e muita intensa. Esse livro me deixou tão satisfeita que me fez ansiar por mais páginas de tão gostosa a leitura.

Se você ama livros com dramas familiares, certamente vai amar essa história de superação.







8 comentários via Blogger
comentários via Facebook

8 comentários:

  1. Se eu quero ler esse livro? Quero muito e quero agora! Nossa, logo no início da sua resenha eu já vi que é o tipo de livro que eu amo e algo me diz que estou certa. Anotei a dica e vou ficar de olho para conseguir adquirir um exemplar.

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem? Quanto vi esse lançamento já fiquei curiosa logo de cara por causa da capa e por ser dessa autora, que todos falam bem. Parece ser um história muito interessante, com certeza irei ler!

    https://duaslivreiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito do seu post, fiquei com vontade de ler esse livro e conhecer melhor essas duas mulheres.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  4. Que livro lindo. Eu como fã dessa autora tenho certeza que vou amar essa história. A Kristin sabe como nos colocar no olho do furacão em sua trama.
    Dica anotada.
    Bj

    ResponderExcluir
  5. Eu sou muito fã dessa autora e estou louca para ler esse livro, tenho certeza que vai me deixar com lágrimas nos olhos e amando cada página dele. Eu gostei muito da sua resenha e de poder ver um pouco mais sobre a trama.

    ResponderExcluir
  6. apesar de nao ser mto meu estilo de leitura, eu curto a escrita da autora, um dos livros dela que li, inclusive, me fez chorar litros...gosto da manmeira como ela insere personagens femininas fortes em suas narrativas...
    esse dela não conhecia mas leria de boas...
    bjs...

    ResponderExcluir
  7. Camila, eu nunca li nada da autora, mas confesso que essa história particularmente achei muito forte e impactante.
    Fiquei bem curiosa para ler e ver a força dessas mulheres.

    ResponderExcluir
  8. Oi Camila,
    Gostei muito da sua resenha. sempre ouço falar bem da Kristin Hannah, mas até hoje não li nada da autora, principalmente por não me interessar pelo gênero.
    Vou deixar a dica passar desta vez.
    Beijos
    Blog Relicário de Papel

    ResponderExcluir

© Book Obsession ♥ | Design e Desenvolvimento: JaqueDesign imagem-logo