18 novembro 2017

Resenha: Lady Whistledown Contra-Ataca - Julia Quinn, Suzanne Enoch, Mia Ryan & Karen Hawkins - Editora Arqueiro

Título: Lady Whistledown contra-ataca - #2 Lady Whistledown
Autora: Julia Quinn, Suzanne Enoch, Mia Ryan & Karen Hawkins
Editora: Arqueiro
Ano: 2017
Páginas: 352
Onde Comprar: http://amzn.to/2zeWk80
Sinopse:

Com a participação especial da famosa cronista da sociedade criada por Julia Quinn, Lady Whistledown Contra-Ataca é formado pelas narrativas curtas de quatro escritoras consagradas, tendo como fio condutor o roubo de uma pulseira milionária. Seus contos são como pérolas que se unem e formam uma peça de valor inestimável.
Quem roubou o bracelete de lady Neeley?
Terá sido o caça-dotes? O apostador? A criada? Ou o libertino? Londres está fervendo com as especulações, mas, se ainda restam muitas dúvidas, pelo menos uma coisa é certa: um desses quatro está envolvido no crime.
Crônicas da sociedade de lady Whistledown, maio de 1816
Julia Quinn encanta...
Um belo caçador de fortunas foi enfeitiçado pela debutante mais desejada da temporada. Agora ele precisa provar que o que deseja é o coração da jovem, não o dote dela.
Mia Ryan delicia...
Uma criada adorável e espirituosa está deslumbrada com as atenções românticas que tem recebido de um charmoso conde. Mas um relacionamento entre eles seria escandaloso e poderia arruinar a reputação dos dois.
Suzanne Enoch fascina...
Uma jovem inocente que passou a vida evitando escândalos de repente se vê secretamente cortejada pelo maior libertino de Londres.
Karen Hawkins seduz...
Um visconde que vaga sem destino volta para casa para reacender o fogo da paixão de seu casamento, mas descobre que sua linda e decidida esposa não será conquistada tão facilmente.




Nunca vou me cansar de ler Julia Quinn!

A personagem mais ousada da autora retorna mais afiada do que nunca.

Dessa vez o mistério ronda, já que a joia, mais precisamente o bracelete de lady Neeley que some em pleno evento realizado em sua residência.

Em uma reunião de quatro contos, Lady Whistledown com suas crônicas rouba a cena a cada notinha lançada e as risadas são garantidas.

Já no primeiro conto, O Primeiro Beijo, Julia Quinn inicia a trama com a história de Lady Mathilda e Peter.
Lady Mathilda é a mais cobiçada debutante da temporada. Ainda triste pela perda do seu irmão, acaba passando seus dias em companhia de Peter, amigo e soldado que lutou ao lado do seu irmão. Entre muitas conversas o sentimento começa a aflorar entre eles, mas a temida Lady Whistledown não vê com bons olhos e acaba dando-lhe a fama de caçador de dotes.
Peter realmente precisa realizar um bom casamento devido sua condição precária, mas o envolvimento dos dois poderá ser o refrigério que ambos necessitam. 

“A vida era boa. Não, era mais do que isso.


A vida era espetacular.”


O conto é bem divertido e romântico, mas não se engane, pois Lady Whistledown está à solta e tudo pode acontecer quando se tem um dedo dessa danada cronista.

O segundo conto, A última tentação, foi uma boa surpresa, já que ainda não conhecia a escrita da Mia Ryan.  

Conhecemos então a personagem Isabella Martin, uma determinada e empenhada mulher. Como é acompanhante de Lady Neeley, acaba sendo enviada para ajudar o pai de Lord Roxbury a organizar uma festa para que ele consiga assim encontrar uma esposa. 

“Estranho. Em toda a sua vida, nunca encontrara uma mulher com quem quisesse estar sozinho porque desejava conversar com ela.”

Um dos mais engraçados contos, a autora trouxe situações e cenas além de ilárias, desconcertantes para os personagens principais da trama. Me diverti muito lendo, por isso não vou contar o desfecho dele, pois vale a pena ler!  

O terceiro conto, O melhor dos dois mundos, já sabia que teria uma ótima leitura, até porque gosto muito da escrita da Suzanne Enoch, que trouxe uma personagem bem protegida por todos de sua família.

Charlotte é o tipo de menina doce, mas que acaba sendo atropelada em suas escolhas. Seus pais morrem de medo de escândalos e de que ela faça escolhas que possa manchar o nome da família como sua prima Sophia fez anos atrás.

Mas até que em seu caminho surge Lord Matson que mesmo tendo um passado nada exemplar, está agora a procura de um casamento para como todo homem daquele tempo faz, em continuar a linhagem da família. E mesmo com a não aprovação dos seus pais, Charlotte mostra que é hora dela se fazer ouvida e ter seus desejos realizados. De um destino que ela mesmo escolheu. E mesmo sendo um conto, o que mais curti foi o fato de não ter sido aquele amor imediato, comum na maioria das histórias.

“E daquele momento em diante, qualquer um que dirigisse uma palavra indelicada a ela teria que se ver com ele.”


E para fechar a trama, temos o último conto, O único para mim, da autora Karen Hawkins.

Conhecemos mais de Sophia e entendemos a dor e a raiva que ela sente após ter sido abandonada por Max e de agora precisar lidar com o seu retorno, e o pior, dele querer reconquistá-la.
Em um verdadeiro jogo de gato e rato, vamos acompanhar Sophia que quer se divorciar e um Max disposto a tudo para ter sua redenção. 

“Sophia o observou partir, o coração já transbordando com as lágrimas que os olhos não podiam chorar.”


Haveria chance para a reconciliação desse casal? Será que valerá a pena esquecer tudo o que aconteceu e dar uma chance mesmo que o medo e o pavor de ser abandonada retorne?

Esse foi um outro conto que muito chamou minha atenção e me deixou em dúvidas sobre se torcia ou não para que encontrassem seu “Felizes para Sempre”. Será que tudo deu certo afinal?

Assim que vi esse anúncio no catálogo da editora Arqueiro, sabia que teria que pedir para ler. Pois quando você se depara com um livro como esse já sabe que pode esperar além de muita qualidade em todo projeto, mas também personagens que irão ficar guardados na memória e no coração do leitor.

Em todos os contos como havia dito temos um pouco de Lady Whistledown, ainda temos mistérios e deixa pontas para entrelaçar o conto a seguir. Uma leitura dinâmica, fluida, envolvente e bem divertida. Como grande admiradora dos romances de época foi maravilhoso ter mais da Julia Quinn, Suzanne Enoch e poder ainda conhecer a escrita da Mia Ryan e da Karen Hawkins.

  




8 comentários via Blogger
comentários via Facebook

8 comentários:

  1. Eu amo romances de época e não sabia que se tratava de contos. Achei bem inovador e quero logo conferir essa leitura.
    Parabéns pela resenha Ca..bj

    ResponderExcluir
  2. Julia Quinn sempre se reinventando! Só ela pra trazer contos de uma personagem como Lady Whistledown e ainda cair nas graças dos leitores. Estou louca pra ler.
    Dica anotada!

    ResponderExcluir
  3. Achei muito legal histórias da Lady Whistledown ♥ A fofoqueira mais amada da literatura.
    Imagino que as histórias sejam ótimas, estou aguardando meu exemplar chegar.

    ResponderExcluir
  4. Acho que eu li esses contos em inglês, mas já faz muito tempo. Lendo seu post, fiquei com muita vontade de ler tudo de novo, para lembrar melhor das histórias.
    Amo Julia Quinn!
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  5. E quem é que se cansa dos enredos dessa #Diva?
    Eu amo, e sempre me encanto mesmo com alguns clichês. O que mais me agrada em seus livros é essa pegada divertida.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi, Camila!
    Eu adoro contos exatamente para conhecer a escrita dos autores. Ainda não li nenhumas dessas autoras, apesar de ter muita vontade de começar uma das séries da Julia Quinn.

    Beijos!
    Gatita&Cia.

    ResponderExcluir
  7. De inicio achei que o livro era escrito por todas essas autoras e me assustei. Mas contos é mais tranquilo hahaha
    Não sou fãa de romance de época, sempre tem coisas que me incomodam nesse genero e para não "destilar ódio" eu acabo nunca lendo.

    ResponderExcluir
  8. Oie
    que bom saber que é uma leitura tão gostosa, nunca li nada da autora mas ainda assim adorei a dica pois as vezes é bom arriscar apesar de não curtir romances de época

    beijos
    http://www.prismaliterario.com.br/

    ResponderExcluir

© Book Obsession ♥ | Design e Desenvolvimento: JaqueDesign imagem-logo