22 dezembro 2017

Resenha: Cretino Abusado - Penelope Ward & Vi Keeland - Editora Essência

Título: Cretino Abusado - Cocky Bastard #1
Autora: Penelope Ward & Vi Keeland
Editora: Essência
Ano: 2017
Páginas: 272
Onde Comprar: http://amzn.to/2BQkwvH
Sinopse:

Após ser traída pelo ex-namorado – chefe da firma de advocacia em que trabalhava – Aubrey decide que precisa de um recomeço. Deixa tudo para trás e aceita um emprego em uma startup na Califórnia, Estados Unidos, e parte em uma viagem de carro que mudará toda a sua vida.
Em uma parada na estrada, Aubrey conhece Chance, um homem atraente que viajava de moto. Com o corpo perfeito e sotaque australiano, o ex-jogador de futebol era bem convencido e arrogante. Quando sua moto quebra, Chance precisa da ajuda de Aubrey. Ele promete levá-la em segurança até seu destino em troca de uma carona, e os dois decidem seguir viagem juntos.
Aubrey está traumatizada após seu último relacionamento, mas sente uma atração incontrolável por aquele cretino abusado. Apesar da ligação cada vez mais forte entre os dois, Chance guarda um segredo que poderá separá-los para sempre.




A história inicia com Aubrey em uma viagem para mudar os rumos de sua vida.

Desapontada por ter sido enganada por Harry, seu noivo, ela decide cair fora do escritório de advocacia em Chicago e tentar a vida na cidade de Temecula, em plena Califórnia.
Com sentimento de mudanças e confiante de que sua vida pode melhorar, segue rumo em sua viagem. Mas ao parar para comprar comida e esticar um pouco as pernas, essa advogada se depara com nada mais nada menos que Chance.

Chance é lindo, não perde oportunidade de tirar sarro das coisas e logo no primeiro olhar atrai atenção de Aubrey. Porém, seu jeito peculiar e sem filtro acaba tirando a moça do sério.
Eles se provocam e quando ambos se esbarram do lado de fora no estacionamento, Aubrey descobre que Chance é o dono da moto que ela tanto admirou assim que pousou os olhos e deixou a imaginação vagar.

Chance e Aubrey descobrem que estão com problemas e esperar alguém rebocar sua moto demoraria demais. E Aubrey ao se dar conta de que não sabe trocar um pneu se desespera e resolve aceitar a proposta dele trocar o pneu em troca dela lhe dar uma carona.

“Às vezes é preciso perder tudo para perceber do que realmente precisa.”
Ao longo da viagem, os dois começam a conversar, em alguns momentos a se zoarem e até Chance pega seu telefone, deixando uma Aubrey furiosa por tomar tal liberdade para falar com seu ex-noivo que ela vinha evitando.
Aubrey passa a fazer um esforço para não cair nas provocações e Chance com seu sotaque australiano vai ganhando terreno e a deixando cada vez mais atraída. Porém, nem tudo serão flores e essa viagem poderá marcar de vez o caminho desses dois. 
“Não me importei com o quanto esse último comentário tinha sido inadequado. Eu precisava falar. Engolindo minha dor, atravessei o gramado sem olhar para trás. Eu não podia. Depois que virei a esquina, entrei na caminhonete e acelerei.”

Quando vi que teríamos mais um livro dessa dupla Penelope Ward e Vi Keeland, sabia que uma história envolvente e bem divertida. O riso é fácil nas cenas, principalmente nos primeiros capítulos onde Chance desafia Aubrey quase que o tempo todo.

Com um ritmo bom, de leitura fluida, li esse livro bem rápido. Mas não temos apenas cenas de humor e de embates. As autoras imprimiram intensidade e a história de vida dos personagens me cativou.

A história é dividida em duas partes, assim temos a primeira com a narração de Aubrey e a segunda com a narração de Chance, o que ficou bem interessante. Na verdade eu prefiro a narrativa alternada a cada capítulo, mas aqui foi essencial para entendermos o drama, as escolhas e a retomada de cada personagem ao longo das partes.

E quem diria que uma simples carona pudesse mudar tanto o rumo da vida desses personagens.

“Eu te odeio. Eu te amo. Eu te odeio. Eu te amo. Merda. Ainda te amo muito.”


Aubrey é aquela mocinha que mostra seus dois lados, inicialmente parece frágil e desprotegida, mas ao longo da narrativa temos uma mulher determinada e luta para dar a volta por cima e colar os cacos de seu coração partido.
Assim como Chance que só pelo nome e suas tiradas já causa um sorriso bobo no rosto. O personagem combinou demais com a mocinha, trazendo assim um jeito leve, irreverente que deu o tom na trama. Ainda estou me recuperando da cena da Cabrita, acho que nunca ri tanto com esse tipo de situação e com um animal tão inusitado de estimação. 


A edição da Essência, que pertence ao grupo Planeta de Livros, traz na capa uma referência ao personagem. Cretino Abusado é o primeiro livro da série Cocky Bastard, num total até o momento de quatro livros. Os outros três ainda não foram divulgados pela editora, mas acredito que no próximo ano pelo menos o segundo livro deverá ser lançado. Só nos resta esperar! 


Uma trama com muitas nuances e repleta de sentimentos. Se você gosta de leituras divertidas, mas que também trazem à tona o drama em algum ponto da leitura, essa certamente é pra você. 






8 comentários via Blogger
comentários via Facebook

8 comentários:

  1. Oi, tudo bom? ❤
    Infelizmente, acho que você mesma sabe, eu não curto muito livros de romance, porém eu sempre acabo indicando suas resenhas para alguns amigos que curtem esse gênero literário. Acho que essa série parece ser bem interessante para quem curte e vi vários outros canais literários comentando a respeito dela e elogiando! É uma boa saber que você gostou do livro :)

    Abraços,
    www.residiu.tk

    ResponderExcluir
  2. Gostei da história desse livro e de saber que existem cenas divertidas e cenas mais dramáticas também.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  3. Olá, mais um romance pra eu ficar doida pra ler, rsrs. Pela sua ótima resenha, já fiquei super interessada no livro e em conhecer esse casal que se une nessa viagem de carro.

    ResponderExcluir
  4. nao sou muito fã desse tipo de livro, mas sem duvida é uma otima indicação para quem curte

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem? Eu adoro estas leituras divertidas que trazem algum drama no meio, então já fiquei bem curiosa para ler o livro. Obrigada pela dica!

    Beijos,
    https://duaslivreiras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. As vezes um cretino abusado é bom para nos abrir os olhos dos mocinhos que estão aí para nos fazer de bobas, Não conhecia o livro, mas me identifiquei bastante com Audrey e Chance, já shippo sem ler o livro rsrs.
    Só fico triste de ser uma série, sempre dou preferencia para livros únicos, mesmo assim não deixa de ser uma boa pepida.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. O livro realmente dá a impressão de ser uma leitura divertida, descontraída, o que preciso no momento, outra coisa que curtir foi o fato de a capa não ser apelativa, ficou bonita.

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Fico feliz que tenha gostado da obra e realmente parece ser um livro leve e divertido. Gostei de conhecer a história melhor e acho que vou adicionar a listinha.

    beijinhos!

    ResponderExcluir

© Book Obsession ♥ | Design e Desenvolvimento: JaqueDesign imagem-logo