16 janeiro 2018

Resenha: Alma? - Série O Protetorado da Sombrinha #1 - Gail Carriger - Editora Valentina

Título: Alma? - Série O Protetorado da Sombrinha #1
Autor: Gail Carriger
Editora: Valentina
Ano: 2013
Páginas: 308
Onde Comprar: http://amzn.to/2rdnYic
Sinopse:

Alexia Tarabotti enfrenta uma série de atribulações sociais, quiproquós e saias justas (embora compridíssimas) em plena sociedade vitoriana. Em primeiro lugar, ela não tem alma. Em segundo, é solteirona e filha de italiano. Em terceiro, acaba sendo atacada sem a menor educação por um vampiro, o que foge a todas as regras de etiqueta.
E agora? Pelo visto, tudo vai de mal a pior, pois a srta. Tarabotti mata sem querer o vampiro ― ocasião em que a Rainha Vitória envia o assustador Lorde Maccon (temperamental, bagunceiro, lindo de morrer e lobisomem) para investigar o ocorrido.
Com vampiros inesperados aparecendo e os esperados desaparecendo, todos parecem achar que a srta. Tarabotti é a responsável. Será que ela conseguirá descobrir o que realmente está acontecendo na alta sociedade londrina? Será que seu dom de sem alma para anular poderes sobrenaturais acabará se revelando útil ou apenas constrangedor? No fim das contas, quem é o verdadeiro inimigo, e... será que vai ter torta de melado?
Uma das séries de Steampunk mais cultuada do mundo.




Sempre que via as capas dessa série algo nelas me chamava atenção. E o incentivo para iniciar essa leitura foi que ganhei o primeiro exemplar da série, ou seja, eu precisava conhecer.

A história inicia com Alexia Tarabotti sendo atacada por um vampiro em plena biblioteca. Ao se proteger com a sua sombrinha e usando um grampo afiado de cabelo, a Srta. Tarabotti mata o vampiro em legítima defesa. Mas ao perceber certa aproximação, Alexia não vê outra saída a não ser fingir que está desmaiando.

“A Srta. Tarabotti costumava manter sua condição de não ter alma em segredo, até mesmo para a própria família. Contudo, não era uma morta-viva, e sim um ser humano, que respirava e simplesmente... carecia de algo.”

Socorrida pelos agentes da DAS, entre eles, Lorde Maccon, o macho alfa de sua alcateia, engrenam em algumas teorias e suposições que levaram a Srta. Tarabotti confessar que matara o vampiro e que logo mais descobriria que ele era um vampiro desgarrado.  

Alexia, tem 26 anos, de família italiana, é um ser no qual eles denominam preternatural, ou seja, sem alma, e ela esconde esse fato da sua família. Com um estilo bem à frente do seu tempo se destaca. Algumas das especialidades é o seu poder de neutralizar os ataques de outros seres sobrenaturais, e por isso ela consegue matar o vampiro com uma certa facilidade.

“A srta. Tarabotti não sabia se ficava magoada por ele não se importar nem um pouco com sua segurança ou se exultava por ele confiar em sua competência."


Apesar de ser conhecido de Alexia, o Lorde Maccon, não é o ser mais amistoso devido a acontecimentos do passado que envolvem um grande acidente com um porco espinho. E por isso acabam batendo de frente, uma vez que Alexia não tem papas na língua e fala o que lhe vem à mente.

Maccon não suporta esse jeito de Alexia, e vive lhe chamando de encrenqueira e outros adjetivos. A cada vez que se encontram é um verdadeiro brigueiro e, é impossível não dar boas gargalhadas com esses dois. Certo como dois mais dois são quatro, só poderíamos pressupor que esse casal já vinha de outros carnavais com essa tensão que sentiam um pelo outro, mas é claro que nada aconteceria assim de uma hora pra outra. O que me agrada muito nesse estilo de casal.

Além desse relacionamento e convivência de Lorde Maccon e Alexia Tarabotti, ainda conhecemos mais sobre como eles vivem com outras espécies em sociedade e seguem as regras de cada grupo a que prestam contas, sejam eles, alcateias ou colmeias. 
"O conde segurou o queixo da srta. Tarabotti com uma das mãos enormes e, com a outra, puxou-a pela cintura, com firmeza em sua direção. Seus lábios tocaram os dela quase com violência.
Ela recuou.
- O que está...?
- Só desse jeito você fica quieta!"

E apesar da condição de Alexia ser uma neutralizadora dos poderes, o perigo pode chegar mais rápido, quando descobrem sua forma de defesa, e assim ela passa a ser perseguida, deixando Lorde Maccon e o DAS investigando e vigiando sobre as novas criaturas que estão aparecendo na cidade e protegendo Alexia do perigo iminente e aproximando mais esses dois.

Para minha primeira experiência com livros Steampunk, fiquei simplesmente maravilhada com toda a trama. Desde os primeiros capítulos me vi envolta com esses personagens. A escrita é bem fluida e cativante. Com diálogos inteligentes, o desfecho para esses personagens ficou muito bom, já dando direções para o segundo livro da série. 

Outros personagens também se destacam ao longo da história, como o professor Lyall e o Lorde Akeldama.

A qualidade da produção gráfica e da capa chamam atenção e com uma revisão impecável a editora Valentina se destaca em mais uma de suas publicações.

Se você assim como eu, adora leituras com uma pegada sobrenatural, misturando romance com elementos de época, personagens com humor e  muitas aventuras, minha dica é que leia esse livro. Já adianto que iniciei Metamorfose?, segundo livro da série O Protetorado da Sombrinha, e estou curtindo a leitura.


A Série é composta por cinco livros, sendo: Alma? (#1); Metamorfose? (#2); Inocência? (#3); Coração? (#4) e Eternidade? (#5). 






12 comentários via Blogger
comentários via Facebook

12 comentários:

  1. Oi Camila!

    Tudo bem? Eu nunca li essa série (sei que o quinto foi lançado esse mês!) e apesar de adorar o gênero steampunk não me sinto particularmente atraída por Alma?, mesmo ele sendo um livro muito elogiado.

    Bom, conforme disse eu amo steampunk (recomendo que leia As Peças Infernais da Cassandra Clare!) e acredito que mais pra frente eu possa dar uma chance para a série já que a escrita da Gail é fluida e consegue envolver o leitor.

    Beijinhos
    www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Já conheço a escrita da Cassandra, mas As Peças Infernais ainda não peguei pra ler. Bom saber que segue a mesma linha. Com certeza vou querer conhecer.
      Obrigada pela dica.
      Beijos!

      Excluir
  2. Oie amore,

    Já vi bastante resenha dessa série, e a galera está curtindo heins!
    Adorei essa coisa de vampiro - biblioteca... embora depois de ler crepúsculo pegar uma certa repugnâncias por livros com esses seres.
    Acho que vou dar uma chance por vc ter mencionado que tem pegada sobrenatural e romance, adoro!

    Beijokas!
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  3. Eu nunca li a sinopse desse livro e só de acompanhar sua resenha percebi que é totalmente fora do que eu esperava! Eu não sou muito fã de histórias sobrenaturais mas confesso que essa me deixou bastante encantada, principalmente por ter sido o seu primeiro contato com a autora e ter te deixado tão encantada.

    ResponderExcluir
  4. Pois então esta é uma série que faz tempo que quero ler mas até já tinha me esquecido acredita? Deixei passar e nunca fui atrás e agora lendo sua resenha eu me lembrei novamente. O bom é que você me deixou mais ciente do que esperar porque não lembrava da questão do sobrenatural, mas quero ler mesmo assim.

    ResponderExcluir
  5. Heiii, tudo bem?
    Como vc tb fiquei maravilhada com as capas e já ate comprei os livros haha.
    Sempre quis ler algo da Gail Carriger, sempre tem mtos elogios.
    Fico feliz que tenha gostado do livro, pelo jeito foi algo bem diferente e mto bom.
    Espero ter todos para começar a ler a serie.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  6. Olá Camila, tudo bem?

    Eu até pensei em ler o primeiro logo que ele foi lançado, mas infelizmente essa mistura de seres míticos, junto com um pouco de Steampunk, me fizeram desistir. Já tentei ler algo parecido com a Arqueiro, mas não vai... Quem sabe mais pra frente, não é mesmo?

    Beijos
    @blogodiariodoleitor

    ResponderExcluir
  7. Oi!

    Eu acho a capa desse livro muito bonita e misteriosa. Amo ler Steampunk e essa obra está entre meus desejados, porque vi uma booktuber falar super bem e agora com a sua resenha, só comprovei isso. Adorei a sua resenha e quero muito ler logo!

    beijos!

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bom?
    Já tem algum tempo que quero ler essa série, já tinha visto algumas resenhas desse livro e havia me interessado bastante. Nunca li nada Steampunk, só livros com uma ou outra coisinha. Adorei a resenha.
    Até mais o/

    ResponderExcluir
  9. Eu acompanhei o lançamento desse livro e, assim como você fiquei curiosa para lê-lo. Ainda não tive quem me desse de presente (já que a meta desse ano é comprar menos), mas confesso a você que só agora fui ler uma resenha e perceber do que se trata, até que parece ser legal, rs.

    Beijos,
    http://www.livroapaixonado.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi, Cami

    Eu nunca li um livro do gênero e, para te falar a verdade, essa mistura de gêneros não chama minha atenção, não curto muito. Eu não sou chegada em sobrenatural, nada muito fantasioso me atrai, por isso esse é mais um motivo que faz com que eu fique com o pé atrás. E para terminar ainda tem o fato de eu não curtir a capa e nem essas interrogações no título. Sou chata? hahahahahhaha
    Mas para não ser uma chata completa digo que essa coisa de anulação de ataque da personagem pode ser algo interessante, só que como esse não seria um livro que eu compraria eu teria que ganhar, assim como você. :)

    Beijos
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  11. Olá ♥
    Ao contrário de você não acho as capas bonitas, acho elas engraçadas, não questione por que, para ser bem sincera nem eu sei. Mas o que realmente importa é o conteúdo. Amei a premissa essa pegada meio mística me instiga muito a realizar a leitura.Pretendo em breve poder fazer a leitura dessa serie. Beijos

    ResponderExcluir

© Book Obsession ♥ | Design e Desenvolvimento: JaqueDesign imagem-logo