Resenha: In Flight - Série Nas Alturas #1 - R. K. Lilley - Editora Charme

Título: In Flight - Série Nas Alturas #1
Autora: R. K. Lilley
Editora: Charme
Páginas: 336
Onde Comprar: http://amzn.to/2my5B1W
Sinopse:

Quando Bianca, uma reservada comissária de bordo, vê pela primeira vez James Cavendish, um bilionário proprietário de hotéis, ela perde toda a compostura conquistada a duras penas ao longo da vida. Para uma garota que consegue manejar facilmente uma bandeja com taças de champanhe a trinta e cinco mil pés de altura sobre saltos de oito centímetros, ela se vê surpreendentemente de pernas bambas diante do homem enigmático.
Bianca, sempre imperturbável, agora não consegue mais se desviar daqueles olhos azul-turquesa eletrizantes que apresentam um desafio e uma promessa irresistíveis. Ainda mais para ela, uma mulher acostumada a dizer “não” e a falar sério.
Bianca costuma lidar com supermodelos e estrelas de cinema em seu trabalho, mas James Cavendish coloca todos eles no chinelo quando o assunto é beleza. Se a aparência fosse o único aspecto destoante nesse homem, Bianca até poderia ter ignorado as atenções recebidas. Porém, o que a tenta como nunca antes é a força dominante que a atrai desde o momento em que eles se encontram e a promessa de prazer e dor que ela lê em seus olhos.




O primeiro volume dessa série nos apresenta como se deu a história de Bianca Karlsson e James Cavendish.

Bianca é comissária de bordo, trabalha na primeira classe. Em um dia comum de trabalho a aeromoça atende um dos clientes que está na sua área. Esse cliente nada mais é que o bilionário James Cavendish.

O Sr. Magnífico, presta atenção em Bianca, algo nela o atraí, e seu instinto dominador diz que ele precisa ir mais a fundo e conquista-la pra si. Bianca tenta resistir, mas como dizer não a um homem tão decidido e intimidante como James Cavendish.
“Eu tinha meus próprios demônios para lidar, e esse tipo de coisa era a última na qual eu deveria me interessar...Só que, mesmo assim, apesar do meu bom senso, na realidade, eu achava tudo isso fascinante. E assustador. E excitante.”

E mesmo sabendo o risco que poderia estar correndo, Bianca decide que ter uns momentos de prazer ao lado de James pode ser o que ela estaria precisando para dar uma movimentada em seus dias. Cada vez que se encontram é eletrizante e ao longo da história vamos conhecendo um pouco mais dos sentimentos e o interior desse casal.

Bianca atrás dessa jovem linda esconde marcas de um passado bem conturbado e James também não fica atrás, com seu passado atribulado e que muito explica seu jeito de ser nos dias atuais.
Mas ao contrário dessas mocinhas que vemos, Bianca segue sua vida, mesmo que tenha dificuldade para se abrir tão rapidamente ao amor, afinal, que ser humano mesmo que não passe por nenhum tormento, não tem medo de decepções, de amar e não ser correspondido.

A convivência dos dois é algo bacana de acompanhar. A autora não economizou nos elementos para transformar essa história envolvente. Drama, cenas bem quentes com BDSM, superação, paixão e carinho. Sim, porque na medida que James sabe ser um bom amante, ele também sabe demonstrar carinho e cuidado. E ao contrário do que o leitor possa pensar, o personagem não economizou em dar para sua amada tudo que ela precisava. Ficando impossível resistir aos seus encantos.
"Eu não sabia que meu corpo poderia ser manipulado como um instrumento, até que James pôs suas mãos em mim."
Essa história é para aqueles que curtem romance bem hot. Para aquelas que comparam a história com Cinquenta Tons de Cinza, é até normal, pois a versão em inglês, surgiu mais ou menos no mesmo período que houve uma crescente de leituras com BDSM, mas sinceramente, na minha opinião Cavendish dá de mil em Grey em todos os quesitos.


Além da trama que envolve esse casal, temos outros personagens que se destacam e encantam o leitor.  O melhor amigo de Bianca, Stephan, é figurinha bem marcante na história e ainda terá muito a contribuir ao longo da história. Você entenderá ao longo dos livros.




 A narrativa é feita por Bianca, todos os capítulos trazem uma característica atribuída a James que aparece ao longo do mesmo e os capítulos finais são de deixar o leitor sem fôlego e ansiando por mais ao final. Para nossa sorte, o segundo livro “Mile High” já está disponível nas livrarias e também em ebook. 

Torço muito para editora Charme, que detêm os direitos de publicação da série Nas Alturas (Up in the air – título original) aqui no Brasil, adquirir também da minha trilogia favorita -Tristan e Danika - que são os amigos de James e Bianca. 








24 comentários via Blogger
comentários via Facebook

24 comentários

  1. Só eu achei o livro com pegada 50 tons de cinza? Não gostei de 50 tons livro. A sinopse parece ser legal. Eu gostei do personagem James mas quando li dor junto de prazer perdi as espectativas. Não gosto de lovros assim, mas quem gost deve ser bem legal. Ótimo post ^^ bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro tem toda uma história por trás, mas entendo completamente que não sendo o gênero preferido assusta um pouco.
      Beijos!

      Excluir
  2. Eu só vejo comentarios positivos sobre esse livro, ler sua resenha e saber que é melhor que 50 tons me deixa super animada, sou apaixonada por romances desse gênero e já sei que vou me apaixonar. Espero que a editora siga com a série dos amigos porque certamente irei querer ler também;

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh leia sim, é uma história bem interessante e envolvente.
      Beijos!

      Excluir
  3. Oi, Camila! Tudo bem?

    Pois é, eu fiquei um pouco receosa em adquirir esse livro quando tive a oportunidade, justamente por conta da parte da "dominação" que é dita na sinopse. Por conta mesmo de 50 tons eu andei "fugindo" de livros com BDSM (mas não dos hot kk). Acho que ainda não estou pronta para arriscar, mas eu adorei a sua resenha e tenho certeza que quando eu estiver pronta pra arriscar, esse entra na lista!

    Beijinhos,
    Fer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando puder ler me conte o que achou!
      Acho que vai te surpreender.
      Beijos!

      Excluir
  4. Camila, sua linda, por mais que eu goste desses livros eu fico meio saturada com a base dos romances. Sempre temos um homem rico tentando levar a moça da classe operária pra cama e no fim ele se apaixona por ela. Mas é claro que se ler vou me deliciar com a história, mesmo estando sempre em buscas de novidades nesse meio literário.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As vezes cansamos mesmo de determinados assuntos ou estilos de personagens, mas quando quiser se aventurar, pode ler sem medo.
      Beijos!

      Excluir
  5. Olá, tudo bem? Eu não curto muito leituras hots, mas tirando isso a estória parece ser legal. É uma ótima dica para quem gosta do gênero. Adorei a resenha!

    Beijos,
    https://duaslivreiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Eu ainda não conhecia a série e já gostei desse primeiro volume, começando pela capa. Não é um tipo de leitura que me atrairia facilmente, mas eu gosto do gênero e a sua resenha me deixou com uma baita curiosidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gosto das capas também. Se você gosta do gênero, certamente essa leitura vai te conquistar Beatriz!
      Beijos!

      Excluir
  7. OIieee

    Tomare que a editora escute os apelos e publique a outra série da autora. A capa desse livro é maravilhosa, deixa a gente super curioso. Apesar de não ser o meu tipo de leitura, acredito que pra quem curte o gênero é uma dica imperdivel.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, estou torcendo pra que tenha os livros de Tristan e Danika!

      Excluir
  8. Oi Camila! Você começou seu ano com uma saga hein? Pois eu estou fugindo de sagas, essa ainda tem um agravante, não é o gênero literário que gosto. Beijos

    Nara Dias
    Viagens de Papel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa série já tinha lido, mas amo reler livros, sempre me trazem boas recordações.
      Beijos!

      Excluir
  9. Olá Camila, apesar da sua ótima resenha não é um livro que me deixou curiosa para lê-lo, prefiro outros gêneros literários.

    ResponderExcluir
  10. Olá, faz algum tempo que não leio um romance assim. Que bom saber que o mocinho é melhor que o Grey, fico mais animada para ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu adoro James Cavendish, na minha opinião da de mil no Grey
      Beijos!

      Excluir
  11. Oie, tudo bem?
    Eu não curto romances hot, é sempre essa mesma história: Um cara rico, uma garota que o conheceu enquanto trabalhava, no começo é só pegação e o romance surge. Ta aí o roteiro de 80% de todas essas histórias, rs. Passo a dica ^^

    ResponderExcluir
  12. Fui lendo sua resenha e fiquei pensando... Não vai rolar! Mas aí, vejo que a trama não se concentra só nos personagens principais e que Cavendish é melhor que Grey, aí fiquei curiosa.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tammy o dia que quiser se aventurar vale a pena essa leitura.
      Beijos!

      Excluir