Resenha: O Príncipe Corvo - Trilogia dos Príncipes #1 - Elizabeth Hoyt - Editora Record

Título: O Príncipe Corvo - Trilogia dos Príncipes #1
Autora: Elizabeth Hoyt
Editora: Record
Ano: 2017
Páginas: 350
Onde Comprar: http://amzn.to/2CPCvFw
Sinopse:

Ao descobrir que o conde de Swartingham visita um bordel para atender suas “necessidades masculinas”, Anna Wren decide satisfazer seus desejos femininos... com o conde como seu amante
Chega uma hora na vida de uma dama...
Anna Wren está tendo um dia difícil. Depois de quase ser atropelada por um cavaleiro arrogante, ela volta para casa e descobre que as finanças da família, que não iam bem desde a morte do marido, estão em situação difícil.
Em que ela deve fazer o inimaginável...
O conde de Swartingham não sabe o que fazer depois que dois secretários vão embora na calada da noite. Edward de Raaf precisa de alguém que consiga lidar com seu mau humor e comportamento rude.
E encontrar um emprego.
Quando Anna começa a trabalhar para o conde, parece que ambos resolveram seus problemas. Então ela descobre que ele planeja visitar o mais famoso bordel em Londres para atender a suas necessidades “masculinas”. Ora! Anna fica furiosa — e decide satisfazer seus desejos femininos… com o conde como seu desavisado amante.




Quando comprei esse livro foi uma daquelas aquisições em que você compra pela capa ser tão chamativa, mas aí conversando na Bienal com uma amiga, ela me falou tão bem da escrita da Elizabeth Hoyt que não perdi tempo e já iniciei o ano lendo a trilogia dos príncipes.

A trama gira em tono de Anna Wren. Viúva há sete anos, sem filhos, precisa ajudar a família no sustento da casa. Incumbida de cuidar também da sogra, agora precisam economizar ao máximo até que Anna consiga algum trabalho.
Ela vê uma oportunidade de emprego quando encontra o Sr. Hopple que está atrás de um secretário para o Conde Edward. Logo Anna se candidata a vaga e Hopple fica momentaneamente aliviado, porém teme que o Conde não goste do fato dele ter contratado uma dama. 
“Anna fazia carinho na imensa cabeça e dizia quanto ele era belo e imponente quando ouviu o som de botas no corredor. Ergue o olhar e viu o conde de Swartingham parado na porta, com os olhos quentes de obsidiana sobre ela.”

Os dias se passam e o Conde retorna de sua estadia em Londres. Eles se conhecem e para surpresa de Edward, Anna consegue lidar perfeitamente com o cargo.

Ao longo da convivência percebemos que Edward começa a pensar mais em Anna do que gostaria, porém ele não pode se dar ao luxo de ter nada com ela, pois acredita que não possa lhe dar herdeiros e ele precisa dar continuidade a sua linhagem. E por isso resolve ficar noivo em Londres e mesmo Anna também se sentindo atraída por ele, fica perdida em seus sentimentos e sabe que precisa fazer algo para que esse Conde turrão mude de ideia.

E é aí que Anna decide que irá até o bordel que Edward costuma frequentar e mesmo que ele não tenha ideia de que era sua secretária, que estava ali a sua disposição, essa entrega mexerá com esse homem.
“Enquanto ele a observava, Anna ergueu a mão e, com o dedo mindinho, puxou um cacho de cabelo para trás do ouvido. Ele congelou."

Haveria uma forma desses dois ficarem juntos após a descoberta desse segredo?

Que delícia de romance!

A autora me surpreendeu com seus personagens, foi o primeiro romance de época que li com uma mocinha tão audaciosa e uma narrativa bem diferente daquele modelo que estamos acostumados nesse gênero, onde há festas, debutantes e todas aquelas disputas para fisgar um bom partido.

Anna não é mais tão jovem e chama atenção por sua garra, determinação e porque não sua doçura. Sua entrega e cuidado aos que ama foi especial de acompanhar.
Edward é destemido e mesmo tendo sido vítima ao longo da vida do repúdio das pessoas por causa das sequelas que a varíola deixou em seu corpo não se tornou uma pessoa ruim. Pelo contrário, em vários momentos ele demonstra se importar com as pessoas e seu cuidado com Anna é notável.
“Ora, um homem pode visitar uma cortesã regularmente, todos os dias da semana até, e ainda ser perfeitamente respeitável. Mas a pobre garota que se envolver no mesmo ato é considerada suja.”
Com narrativa em terceira pessoa, a trama é repleta de humor e tiradas inteligentes. Além de muito romance e doses de erotismo, mostrando que naquele tempo também a mulher pode e dever explorar seu corpo em momentos de intimidade com seu parceiro. A leitura é bem fluida e os capítulos passam tão rápidos que só nos damos conta quando estamos próximos de finalizar esse livro.





As capas dos próximos volumes seguem esse padrão, mudando apenas a cor do livro. A trilogia dos Príncipes conta ainda com O Príncipe Leopardo e O Príncipe Serpente, ambos já lançados pela editora Record. 




13 comentários via Blogger
comentários via Facebook

13 comentários

  1. Olá, tudo bem? As capas desta triologia são realmente muito lindas, hehe. Eu não leria o livro agora pela parte do erotismo e tal, mas tirando isso parece ser uma estória muito boa!

    Beijos,
    https://duaslivreiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Gostei muito desse livro e estou adorando a segunda história. Espero que o último casal do livro também seja cativante.
      Beijos!

      Excluir
  2. Oiiee, tudo bom?
    Amei a resenha e as capas, mas confesso que não é tipo de livro que me chama muito a atenção ou me interessa pelo erotismo também. Mas o post está ótimo ^^

    ResponderExcluir
  3. Ah, romances de época são minha maior fraqueza e amor. Simplesmente adorei a premissa desse e acho que vou adorar a história. Adorei a sua resenha, apenas me deixou com mais vontade de conhecer a história. Li apenas mais um livro de romance de época com uma "mocinha" não tão "mocinha", ou seja, que tem garra e determinação. Chama-se "O refúgio do marquês", se ainda não conhece, fica a dica, gosto muito também! Quanto a sua dica, está super anotada!

    Abraços,
    https://literaleitura2013.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oba! Adoro dicas de romance de época. Anotadíssima!
      Espero me encantar!
      Beijos!

      Excluir
  4. Oi, Camila! Eu tenho a trilogia, mas ainda não li! São muitos livros e sempre fica aquela compulsão de adquirir mais livros do que podemos ler no momento. @__@ rsrs
    Em todo o caso, faz tempo que essa trilogia chamou minha atenção. Na verdade, tenho a sensação de já ter lido esse romance antes...
    bjs
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  5. Confesso que só li o finalzinho da resenha, onde você fala sua opinião sobre a leitura, pois estou com essa trilogia na minha estante e pra ter ideia eu não leio nem sinopse, gosto de me surpreender com a história. Mas espero gostar tanto quanto você, e como gosto de humor ácido e fluído, tenho quase certeza que vou amar.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha você é igual a mim, não curto ler sinopse. Gosto mesmo é de pegar além dos autores que já curto, também me arrisco em algumas leituras.
      Espero que você goste dessa leitura.
      Beijos!

      Excluir
  6. Olá, amei sua resenha. Como apaixonada por romances de época que sou, não podia ficar sem ler esse. Amei termos uma protagonista viúva e um mocinho marcado.

    petalasdeliberdade.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Esta trilogia veio para arrebatar corações. As resenhas que li sobre os livros foram bem positivas e encantadoras. A colaboradora lá do blog também leu e amou. Adorei sua resenha, ficou super convidativa.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Essas edições são lindíssimas! A sua resenha está ótima e me deixou curiosa para ler essa trilogia. Parece ser uma história apaixonante, gostei logo de cara dos personagens principais e espero conferir essa obra em breve. Bjss!

    ResponderExcluir
  9. A editora arrasou nessa edição né?
    Estou babando nessa capa.
    Não conhecia o livro, essa é a primeira resenha que leio e fiquei bem curiosa, principalmente em saber que o livro está tão bem recheado e com tudo na dose certa. Amei sua resenha.

    ResponderExcluir
  10. Olá, as capas dessa série são lindas. Adorei a resenha e quero conferir a obrea também, parece ser uma ótima leitura.

    Abraços

    ResponderExcluir