Resenha: Quando A Bela Domou A Fera - Eloisa James - Editora Arqueiro

Título: Quando a Bela domou a Fera 
Autor: Eloisa James
Editora: Arqueiro
Ano: 2017
Páginas: 320
Onde Comprar: http://amzn.to/2mjlsBb
Sinopse:

Piers Yelverton, o conde de Marchant, vive em um castelo no País de Gales, onde seu temperamento irascível acaba ferindo todos os que cruzam seu caminho. Além disso, segundo as más línguas, o defeito que ele tem na perna o deixou imune aos encantos de qualquer mulher.
Mas Linnet não é qualquer mulher. É uma das moças mais adoráveis que já circularam pelos salões de Londres. Seu charme e sua inteligência já fizeram com que até mesmo um príncipe caísse a seus pés. Após ver seu nome envolvido em um escândalo da realeza, ela definitivamente precisa de um marido e, ao conhecer Piers, prevê que ele se apaixonará perdidamente em apenas duas semanas.
No entanto, Linnet não faz ideia do perigo que seu coração corre. Afinal, o homem a quem ela o está entregando talvez nunca seja capaz de corresponder a seus sentimentos. Que preço ela estará disposta a pagar para domar o coração frio e selvagem do conde? E Piers, por sua vez, será capaz de abrir mão de suas convicções mais profundas pela mulher mais maravilhosa que já conheceu?




Estava muito curiosa para ler esse livro e assim que surgiu a oportunidade quis solicitar a editora esse exemplar para leitura. Mês passado fiz a leitura do segundo livro, Um beijo à meia-noite, que faz parte dessa trilogia de contos.

A história como o próprio título já menciona, faz uma releitura de A Bela e A Fera, um dos contos mais amados e que até hoje faz muito sucesso entre várias idades.

Nossa Bela é representada por Linnet. Uma jovem atraente, destemida, mas que acaba se metendo em uma grande enrascada ao ter seu nome envolvido em um escândalo. Após ter sido descartada pelo príncipe que a cortejava, as pessoas começaram a espalhar uma possível gravidez, já que o vestido que ela usava dava impressão, por ser muito volumoso de que ela estaria esperando um filho.

Aflita com esses rumores, ela sabe que dificilmente conseguirá fazer com que acreditem que não teve nada mais íntimo com o príncipe, e até seu próprio pai não hesitou em julgá-la, uma vez que sua mãe também não tinha uma fama bem quista na sociedade.

“- Você é sempre sarcástica assim?

- Não. Sou uma dama bastante doce. Mas você faz despertar o pior em mim.”

A solução então seria que Linnet deveria se casar, mas até ai tudo bem, porém as ideias que estariam por vir por parte de sua tia, não agradaria de imediato a sua sobrinha que partiria para o País de Gales para conhecer seu futuro marido.
A nossa Fera, ou seja, o noivo nada mais é que Piers Yelverton, o conde Marchant, um homem rico, médico que ajuda a todos quando precisam, possui temperamento difícil, com respostas sempre ácidas e devido as dores que sente em sua perna vive ostentando um péssimo humor. 
“Ela é como minha metade. Minha outra maldita metade, como uma espécie de piada que Platão inventou. Como algo que nunca quis e, então lá estava ela.”

Assim que encontra com Linnet percebe algumas de suas qualidades e sabe que terá uma grande dificuldade para lidar com uma mulher tão diferente e inteligente a qual está acostumado. No início ele não deseja casar e Linnet sabe que também vai ser difícil conseguir chegar mais próximo desse coração duro.

Se o segundo livro já tinha me conquistado, eu só posso dizer que “Quando a Bela domou a Fera”, entrou para os favoritos. 
“- Ninguém gosta de moças que têm mais cérebro que cabelo, mas, por outro lado, nunca ouvi falar de alguém que tenha subido na vida que leia como milady.”

Eloisa James nos encanta logo nos primeiros capítulos, trazendo uma proposta diferenciada para um clássico. Com muito humor, diálogos inteligentes e perspicácia, esses personagens nos encantam com suas excentricidades e fica difícil parar a leitura tamanha fluidez ao longo das páginas. Amei tanto essa história que se deixar colocaria muito mais quotes.

Linnet representa bem as mulheres com sua inteligência e ainda chama atenção aos leitores vorazes por seu amor a leitura. 
''- Eu leio romances demais para não ser romântica.
- Romances não têm nada a ver com a vida real.
- São melhores que a vida real.''

Em nota da autora, Piers vem caracterizado através da inspiração do médico Gregory House, do famoso seriado Dr. House. Seus trejeitos físicos e seu humor ácido estão impressos neste personagem. Se você não conhece o seriado precisa assistir uns episódios, certamente você vai entender a correlação e a paixão de Piers pela medicina.

Se você ama romances de época, repleto de mensagens e de situações divertidas, aquele verdadeiro gato e rato dos casais, essa leitura irá fazer seu dia muito melhor.


Só de olhar a capa já faz referência a esse clássico, com a rosa perdendo as pétalas. A diagramação é simples e bonita, seguindo o padrão das edições das Editora Arqueiro.


O leitor não precisa ficar preocupado com a ordem de leitura, já que cada história traz casais e releituras de contos diferentes. O último livro que fecha essa tríade é A Duquesa Feia, não vejo a hora de ler e me encantar por mais um casal. 







21 comentários via Blogger
comentários via Facebook

21 comentários

  1. Eu amei este livro, a forma como o médico trata a Linnett e o final dele? Gente que coisa mais amada e maravilhosa? Adorei todo o livro e me encantei pela autora. E eu dava umas boas risadas também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Achei a escrita espetacular. Eu gostei do segundo livro, mas o primeiro virou queridinho.

      Excluir
  2. Heiii, tudo bem?
    Eu amei mto quando li esse livro, primeiro que amo Romances de época e esse eu achei diferente por causa da personalidade de Piers Yelverton e por ele nao ser todo maravilhoso.
    Adorei demais como tudo aconteceu e foi um final tao lindo e feliz.
    Só acho as capas dessa série feias demais, sei que a ideia é lembrar os contos de fadas, mas as capas parecem que foram feitas no paint.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é aquele mocinho que até na fase mais rabugenta consegue nos fazer torcer por ele.
      Adorei essa história.

      Excluir
  3. Oiee Camila ^^
    Eu gosto bastante de releituras, mas fiquei receosa em relação a esse livro por um tempo, pois ficava imaginando se ele fugia um pouco para o erótico. Eu amo romances de época, mas peguei ranço de personagens (sempre são os masculinos) arrogantes, misteriosos e tudo o mais. Mas se tem uma coisa que eu amo no gênero, são as personagens femininas <3
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      A escrita da autora tem sim um pouco de erotismo, mas é muito bem estruturada, mas entendo completamente sua ressalva pela personalidade do protagonista.

      Excluir
  4. Ah, que maravilha!
    Sou apaixonada por dr. House e já tinha ouvido falar de que o personagem foi inspirado nele, o que só me deixou com muito mais vontade de ler este livro e conhecer esta história. Os livros desta autora estão na minha meta de leitura deste ano e dependendo do andar da carruagem posso começar a lê-los ainda no próximo mês.

    Abraços!
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh tomara que você se encante com os personagens, a história é linda!

      Excluir
  5. Eu não sabia que essa série era da arqueiro, bacana saber disso! Essa autora vem sendo muito bem comentada, minha vontade de ler só aumenta. Adoro romances de época e ela me parece ter tudo para me agradar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina a Arqueiro tem séries maravilhosas de época. Depois da uma olhada no site deles.

      Excluir
  6. Oie, tudo bom?
    Ai menina, tô doidinha pra ler esse livro!
    Amo releituras, amei essa capa, e tô mais curiosa ainda pra ler a continuação, que é o da Cinderella! KD DINHEIRO?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu li ao contrário, mas amei o primeiro mais que o segundo que também é bom. Esse ano promete ser uma loucura, haja dinheiro pra tantos livros hahaha

      Excluir
  7. Olá!
    Já li várias resenhas sobre esse livro e a sua não é diferente ao dizer que é uma ótima história. Ele está na minha meta de leitura, espero conseguir ler logo!
    Bjos
    Lucy -Por essas páginas

    ResponderExcluir
  8. Olá Camila, tudo bem?

    Menina, eu contei isso em uma outra resenha desse livro. Eu cheguei a solicitá-lo pra Arqueiro logo que ele lançou, mas acredita que a anta aqui não percebeu que era uma releitura de A Bela e a Fera? Eu fiquei passada quando vi, porque eu odeio a bendita, ahahaha. Sério. Desde que era criança, a única "princesa da Disney" que conseguia me identificar era a Branca de Neve. Acho que se a autora fizer algo com ela, aí sim eu leio, rs.

    Beijo
    @blogodiariodoleitor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha
      Que pena! Ahh eu adoro essa personagem, mas acho que com a Branca de Neve seria interessante também.

      Excluir
  9. Olá!
    Eu AMO esse livro, quando o li eu fiquei super encantada e não consegui largar a leitura. Fico feliz que gostou também da obra, Eloisa James é maravilhosa ❤️

    Um beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse livro foi uma experiência maravilhosa. Não vejo a hora de ler o terceiro livro dessas releituras.

      Excluir
  10. Oi.
    Eu já queria ler esse livro, mas depois da sua resenha fiquei com mais vontade ainda.
    Quando você descreveu o Piers eu pensei no House na hora, por causa das dores na perna e do mau humor e por ser médico. E adorei saber que a autora realmente se inspirou nele.
    Pretendo ler em breve.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela foi genial em seguir essa linha, dentro da trama ficou muito bem desenvolvida e nada forçado. Espero que você goste dessa leitura.
      Beijos!

      Excluir
  11. Olá...
    Quem me conhece sabe que estou numa fase multo romance de época, então, é claro, que estou mega ansiosa para ler essa série! Essa premissa é bem legal e acho que tem tudo para me agradar <3
    Espero poder estar lendo em breve...
    Bjo

    ResponderExcluir