Resenha: Intenso Demais - Trilogia Rock Star #1 - S. C. Stephens - Editora Valentina

Título: Intenso Demais - Trilogia Rock Star #1
Autora: S. C. Stephens 
Editora: Valentina
Ano: 2014
Páginas: 464
Onde Comprar: http://amzn.to/2FbkEHA
Sinopse:


Há quase dois anos, o namorado de Kiera, Denny, é tudo que ela sempre quis; apaixonado, carinhoso e totalmente dedicado. Quando os dois se mudam para outra cidade a fim de começar uma nova vida, Denny no emprego de seus sonhos, Kiera numa conceituada universidade, tudo parece perfeito. Mas então, um imprevisto separa o feliz casal. Sentindo-se sozinha, confusa e carente, Kiera se aproxima de Kellan Kyle, o sexy e sedutor vocalista de uma banda de rock. No começo, ele é apenas um amigo em cujo ombro ela pode chorar suas mágoas, mas, à medida que sua solidão aumenta, o relacionamento ganha força. Até que, uma noite, tudo muda... e nenhum deles jamais será o mesmo.



Olá pessoal, tudo bem?

Hoje trago a resenha de Intenso Demais, que é o primeiro livro da trilogia RockStar, que a editora Valentina trouxe para o Brasil em 2014. Já havia feito essa leitura, mas como ainda não tinha o blog e ainda não tinha lido Indomável, livro que conta a história de Griffin, integrante da banda, resolvi contar para vocês um pouco dos livros ao longo da semana. 

Intenso Demais, conta a história de Kellan Kyle, Kiera e Denny. Sim, você não leu errado. Logo de cara você já vai entender o porquê desse triângulo.

Kellan Kyle, é o vocalista da banda D-bags, e fixa sua residência em Seattle, na casa que herdou de seus pais. Acostumado a ter companhias e ceder um quarto na casa para aluguel, infelizmente com um envolvimento com a última morada Joey, Kellan agora fica sozinho na casa. Porém, uma ligação de seu amigo australiano Denny, pode ser a solução, já que ele está vindo para Seattle a trabalho com a namorada. 

Com tudo acertado, Kellan aguarda seu amigo chegar de viagem, mas quando seus olhos batem em Kiera, logo fica atraído por ela.

“Minha nossa, as coisas quase tinham pegado fogo... eu precisava tomar alguma providência... mas não fazia a menor ideia de qual.”

Kiera é uma jovem doce e que resolveu acompanhar seu namorado por quem é apaixonada nessa nova etapa de sua vida. Enquanto os estudos não começam, Kiera decide ocupar seu tempo trabalhando no Pete’s, o bar local mais badalado e que é a segunda casa da banda D-bags. 

Tudo parece correr bem, até que Denny precisa viajar a trabalho por algum tempo. A princípio a rotina se instala e Kellan ajuda a Kiera a se ambientar com a cidade e diminuir a tristeza, porém essa aproximação vai ficando cada vez mais difícil para Kellan manter a promessa de não se envolver com a namorada de seu amigo.

“Ele voltou a olhar para mim com tristeza, uma nova lágrima brotando de seu olho e escorrendo pelo rosto. Eu me inclinei para ele e a beijei. Quando já ia me afastando, ele se virou e nossos lábios se roçaram.”

Entre shows, passeios, conversas e muito café, a atração vai falando mais alto e consequentemente as dúvidas vão surgindo em torno deles. 

Kellan a deseja, mas sabe que não deveria. Kiera não sabe quem escolher, pois para ela a vida já lhe deu um homem maravilhoso. O problema é que ela passa a querer a cada dia mais estar com essa paixão que lhe vem consumindo. E Denny, onde poderia se encaixar nisso tudo? 

Ao longo da história, que é narrada por Kiera, conhecemos suas inúmeras dúvidas e seu jeito de lidar com as situações e sua inconstância em tomar alguma atitude me deixou por diversas vezes com vontade de tacar o livro na cara dela e dizer “acorda, saí de cima desse muro mulher”. 

“Fiquei só observando Kellan com o canto do olho enquanto Denny e eu nos beijávamos. Ele se levantou e, sem olhar para mim, fundou uma única vez e saiu da cozinha a passos duros. Eu me afastei de Denny, sorrindo amorosa para ele ao ouvir a porta de Kellan sendo batida... com força. Secretamente, meu sorriso era de vingança.”

Fica claro o triângulo amoroso nesse primeiro livro. Kellan é um fofo, mas é impossível não ter pena do Denny. Principalmente porque Kiera em muitas situações deixava as coisas acontecerem ora com Kellan, ora com Denny, e me senti em uma partida de tênis, onde a protagonista era a bola e os caras disputando uma mulher bem imatura.

No entanto, Kellan se destaca com seu jeito popular, carismático e deixa a leitura envolvente, assim como o pessoal da banda D-bags que trouxeram bastante humor e amizade. 

Se tudo isso já aconteceu no primeiro livro, o leitor deve se perguntar o que mais tem pra acontecer nos próximos livros. 

Ai é que está. Essa trilogia me surpreendeu de diversas maneiras e ao longo dos livros vamos nos apaixonar, sofrer, amar e odiar vários personagens, por isso que mesmo que Intenso Demais tenha essa indecisão da Kiera, vale a pena a leitura e principalmente entender o grande X da questão. O que fazer quando você se apaixona pelo cara perfeito, mas já está amando o cara certo?

Intenso Demais está disponível em físico, ebook e também pode ser lido pelo Kindle Unlimited. Para fãs de box (compre aqui), assim como eu, a trilogia também conta com a sua, e está lindíssima.










 
7 comentários via Blogger
comentários via Facebook

7 comentários

  1. Oie,
    li esse livro assim que ele saiu e não gostei dele, achei tanto a Kiera quanto o Kellan bem infantis, não consegui me adaptar a história :( E por isso nem li os outros dois livros.
    Mas claro, se é para ter uma leitura de passar o tempo, ele cumpre seu papel

    ResponderExcluir
  2. Oi Camila, tudo bem?
    Eu sempre leio críticas boas com relação a essa série, mas nunca me senti atraída o suficiente para realizar a leitura, pelo menos não até o momento. Achei bem clichê o triangulo amoroso e acredito que teria a mesma reação que você diversas vezes de querer jogar o livro na protagonista, rsrs. Acho que é uma leitura pra ser feita sem grandes pretensões, mas que pode ser boa para o entretenimento, para sair de ressacas literárias talvez.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Sinceramente, não tenho o costume de ler livros desse gênero, para mim, toda vez que leio resenhas de títulos assim, tenho a impressão de que todos são super idênticos, as autoras são diferentes, os nomes das personagens também, mas a essência é sempre a mesma... Não consigo me interessar... =/

    ResponderExcluir
  4. Olá!! :)

    Eu confesso que não conhecia este livro ainda mas também não fiquei com muita vontade de ler...

    Não faz muito o meu género, especialmente com o triangulo amoroso... Ainda bem que o leitor se vai envolvendo nas duvidas de Kiera.

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  5. Eu li esse livro em 2015, infelizmente, não me identifiquei, então, não me interessei pela continuação, mesmo assim, tinha a continuação em casa e dei uma chance, continuei não gostando.

    ResponderExcluir
  6. Olá
    infelizmente é um livro que não chama minha atenção já pela capa pois é um gênero que passo longe por sentir muito repetitivo e pouco original, ainda assim, vi muitos elogios das fãs e sua resenha está ótima

    beijos
    http://www.prismaliterario.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem?
    A sua resenha ficou muito boa Camila, eu sei que esse livro faz sucesso e que a trilogia encanta diversas leitoras, a Grazi lá do blog inclusive fala muito bem do livro, mas infelizmente o livro não desperta muito a minha atenção, por isso os romances vão para as meninas!
    Abraço!

    ResponderExcluir