Resenha: Mais lindo que a lua - Julia Quinn - Editora Arqueiro

Título: Mais lindo que a lua - Irmãs Lyndon #1 
Autora: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Páginas: 272
Onde Comprar: http://amzn.to/2nzLkcO
Sinopse:

Mais Lindo Que a Lua, primeiro livro primeiro livro da série Irmãs Lyndon, é uma história irresistível sobre sobre reencontro e desafios, romantismo e perseverança.

Foi amor à primeira vista. Mas Victoria Lyndon era a filha do vigário, e Robert Kemble, o elegante conde de Macclesfield. Foi o que bastou para os pais dos dois serem contra a união. Assim, quando o plano de fuga dos jovens deu errado, todos acreditaram que foi melhor assim.

Sete anos depois, quando Robert encontra Victoria por acaso, não consegue acreditar no que acontece: a garota que um dia destruiu seus sonhos ainda o deixa sem fôlego. E Victoria também logo vê que continua impossível resistir aos encantos dele. Mas como ela poderia dar uma segunda chance ao homem que lhe prometeu casamento e depois despedaçou suas esperanças?

Então, quando Robert lhe oferece um emprego um tanto incomum – ser sua amante –, Victoria não aceita, incapaz de sacrificar a dignidade, mesmo por ele. Mas Robert promete que Victoria será dele, não importa o que tenha que fazer. Depois de tantas mágoas, será que esses dois corações maltratados algum dia serão capazes de perdoar e permitir que o amor cure suas feridas?


Sempre que vejo algum lançamento da diva dos romances de época já fico ansiosa para conhecer. Aproveitei a oportunidade para solicitar em parceria com a editora Arqueiro e conhecer mais das irmãs Lyndon e também completar mais um item do Desafio Históricos e Eu.

Nesse primeiro livro teremos a história da Victoria, irmã mais velha dessa família.

Sempre que pode Victoria passeia pela floresta para contemplar a natureza. Recém chegada a cidade de Kent, Inglaterra, a família Lyndon é representada pelas irmãs, Victoria e Eleanor e o pai, o novo vigário de Bellfield.

Robert Kemble, o conde de Macclesfield, inteligente, bonito. Seu pai, o marquês de Castleford, torce para que ele arrume logo um bom partido para sossegar sua vida e lhe dar herdeiros. 

“- Eu quero a lua! – gritou ela, de repente acreditando que tais fantasias eram de fato possíveis.

- Eu lhe darei a lua e tudo o mais que você quiser – disse ele com intensidade. E então a beijou.”
Mas mesmo que não tivesse essa pretensão, acaba se apaixonando por Victoria assim que a conhece em um desses passeios que a jovem gosta de realizar. A partir daí, todos os dias eles se encontram.

O vigário não vê com bons olhos essa aproximação e insiste que um homem como o conde só pode estar querendo se aproveitar da pureza de sua filha.
Acontece que o marquês também não vê como apropriado essa mudança em seu filho, e dá um ultimato para Robert, se ele casar com essa mulher que não pertence ao ciclo social deles o deserdará.

Temendo a imposição de todos os lados, Robert e Victoria combinam de se encontrarem na floresta à noite para fugirem e casarem longe de Kent. Mas por uma infeliz situação tudo vai por água a baixo, quando Victoria não aparece, dando margem para Robert acreditar que sua amada não passa de uma interesseira. Desolado resolve partir sozinho para Londres e não olha para trás.

“- Aprendi que o coração só existe para sofrer. O amor é o sonho de um poeta, mas a dor... – Seus dedos apertaram os ombros dela. – A dor é muito, muito real.”

Com uma passagem de tempo de sete anos, o que parecia impossível acaba reaproximando o caminho desses dois. A partir desse reencontro a chama que antes parecia ter se acalmado, volta com força total, mas ambos já não são mais os mesmos.
Victoria, tornou-se uma preceptora de um menino de cinco anos, mas se não fosse a crueldade de sua patroa, certamente amaria o trabalho. 
“Que o Senhor lhe ajudasse, porque ele ainda a queria.
Mas também queria vingança.
Só não sabia o que queria mais.”

Robert é convidado na mansão que Torie trabalha e manter tudo guardado durante tanto tempo fica cada veza mais difícil e dividido, o conde não sabe se quer vingança ou reconquistá-la.

Depois de tanto tempo separados haveria chance para mais promessas? A vingança e a mágoa cederiam espaço para o amor?

Diferente dos livros anteriores, o casal da vez engata em um relacionamento logo no primeiro capítulo, mas por causa de um mal entendido o destino acaba os separando.
Achei bem interessante como foi retratado sobre a independência feminina, mas confesso que ao longo da narrativa, Victoria tornou-se repetitiva com esse assunto, como se o fato de amar alguém abriria mão da independência dela agora conquistada e a leitura acabou ficando mais arrastada, apesar do início fluido.

Robert é aquele personagem que vai em busca do que deseja. Sua determinação fez toda a diferença para trazer sua amada para seu lado e ajudá-la a compreender que podemos e devemos ter pessoas ao nosso redor para sermos felizes. Seu carinho e cuidado ao mesmo tempo que colocava Victoria em situações loucas, era o mesmo que amparava em seus momentos de perigo.




No geral, foi uma leitura agradável e com um casal cheio de química. Uma dinâmica engraçada, com diálogos inteligentes e boas gargalhadas. Como é comum nos livros da Julia Quinn, temos a presença de personagens já mencionados em outras publicações, não que altere a dinâmica da leitura, mas traz aquela boa e velha nostalgia.

A capa é linda. Amo azul e lua, por isso ficou uma combinação bem bacana e ao longo da leitura entendemos o porquê da lua ser parte da capa e título. A Arqueiro está de parabéns e não vejo a hora de ler o próximo lançamento, Mais forte que o sol, que contará a história de Ellie e promete ser bem audacioso, visto que sua personalidade é forte e sua capacidade de ser articulada é impressionante.








24 comentários via Blogger
comentários via Facebook

24 comentários

  1. Adoro esses reencontros e esse me deixa de queixo caído, em um romance de época a mocinha não pode ser amante kkkk. Uma pena ter se arrastado com um enredo repetitivo, mas como você disse, no geral valeu a pena. Quero ler.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Com toda certeza esses livros de reencontros são fantasticos, nos dão tanta emoção que é impossível ler e não finaliza-lo o mais rápido possível. Amei

    ResponderExcluir
  3. Sempre vejo muitos títulos da Julia e acho as capas um charme só, até porque quem não ama um romance de época? Mas confesso que ainda não parei para ler nenhuma de suas obras hahaha, por conta do blog acabo dando mais espaços para nacionais do que para best sellers, mas pretendo ler ao menos um dos livros dela!

    Parabéns pela resenha!


    /Juliane
    Ler, Resenhar e Postar

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem Camila?
    Eu nunca li os livros da Julia Quinn, como romances e romances de época não são o meu forte, eu acabo passando os livros do gêneros para as meninas do blog. Achei o projeto gráfico bem legal, a Arqueiro caprichou na capa, fico feliz que a leitura tenha te agradado!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  5. Heiii, tudo bem?
    Eu amei demais esse livro.
    Foi um dos melhores livros da Julia Quinn, fiquei na torcida pra eles se resolverem logo e que a Victoria nao ficasse tão medrosa que se decepcionaria de novo.
    Amei a capa e quero mto o segundo pra saber mais da irmã.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  6. Olá!

    Gente, quantos livros a Julia Quinn tem?
    E eu ainda não li nenhum, acredita?

    Tenho alguns na lista, mas ainda não tive a oportunidade. É que eu tenho um problema com o tipo de arquétipo de protagonista masculino parecido com o desse livro, mas não dispenso diálogos divertidos e boa química.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oiee Camila ^^
    Assim como você eu fico doida quando vejo mais algum romance de época sendo lançado, principalmente se for da Julia Quinn ♥ estou esperando o meu exemplar ansiosamente. Uma pena que alguns aspectos a respeito da Victoria tenham se tornado repetitivos :/
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi, Camila. Essa capa é mesmo muito linda e a premissa do livro me desperta muito interesse. Eu adorei a sua resenha e fiquei ainda mais curiosa, eu morro de vontade de ler os livros dessa autora.

    ResponderExcluir
  9. Oi. Essa capa é interessante, apesar de não ser leitora da Julia, pois já me decepcionei nos primeiros livros, não nego que ela tem boa escrita, que prende o leitor, então imagino sua alegria com esse lançamento.

    ResponderExcluir
  10. Eu acho essa capa tão linda! Essas cores ganham qualquer um. Quando paro para pensar no próximo livro e sua capa já fico cheia de expectativas! Adorei sua resenha, estava curiosa sobre sua opinião a respeito da obra, pelo jeito não te decepcionou nadinha.

    ResponderExcluir
  11. Olá...
    Adorei sua resenha!
    Já solicitei esse livro pra editora, mas, ainda não li ;)
    Gostei demais de seus comentários e fiquei feliz em saber que o casal é cheio de química e um pouco engraçado <3
    Bjo

    ResponderExcluir
  12. Oi.

    Não curto romances de época, mas esse achei interessante. Já li outras resenhas sobre esse livro e todas falavam muito bem, acho que vou dar uma chance e vou começar a ler.

    ResponderExcluir
  13. Olá Camila,
    Atualmente tenho ficado bem curiosa para ler as obras da Julia, pois li algumas e me encantei completamente com elas. Fiquei muito curiosa para ler esse, em particular, por conta da passagem de tempo que temos na obra. Acho isso muito bacana e gostei da determinação do mocinho.
    Claro que vou anotar a dica.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Ola, eu amo romance de época e eu li esse livro e amei essa historia muito mesmo se eu não tivesse lido esse livro antes eu com certeza leria agora depois da resenha amei sua resenha

    ResponderExcluir
  15. não curto muito romance ainda mais romance de época mas achei sua resenha muito interessante
    quem sabe um dia nao passo a gostar

    ResponderExcluir
  16. Oi.

    Eu li umas resenhas negativas sobre o livro, e fiquei com medo de acabar não gostando da leitura. Mas a sua me deixou alegre por saber que o livro não é ruim. Agora estou mais ansiosa e com mais vontade ainda de ler. Será uma das minhas próximas leituras.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  17. Poxa, fiquei triste por eles não terem conseguido fugir juntos. Mas aí seria fácil demais haha. Estou curiosa para saber como eles irão lidar com esse reencontro. A sua resenha está ótima e vou adicionar esse livro na minha lista, bjss!

    ResponderExcluir
  18. Olá!

    Adoro romances de época e essas mocinhas para frente. Ainda não li o livro e posso está falando besteira, mas essa coisa da independência pode ser uma critica da autora para as pessoas que acham que ser independente é o mesmo que não precisar de ninguém. Enfim, adorei a resenha e coloquei mais um livro na lista.

    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Olá, tudo bem? Fã de romances de época, e fãs de Julia Quinn, este volume já está na minha listinha de leituras próximas. Adorei as suas impressões, e de fato não tinha entendido muito da capa, mas saber que tem ligação com conteúdo me deixou feliz. Siiiiim esse tom de azul é LINDO. Adorei e quero me surpreender com os personagens <3
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Oi, que bom ver que você gostou desse livro! Tenho visto diversas opiniões a respeito, sendo que algumas são boas, e outras nem tanto, e esse tem sido o livro mais debatido, amado e odiado da julia. Admito que eu acho a premissa interessante, mas sei onde os romances de época dão, e como eu li vários seguidos em 2016, enjoei de um modo que não tenho lido nenhum desse gênero, mas, certamente se um dia voltar ler Julia estará de novo na minha lista.

    ResponderExcluir
  21. Oi! Tenho muita curiosidade e conhecer um romance de época escrito por um(a) autor(a) atual. Mas embora a Júlia Quinn pareça ter esse dom de cativar leitores com sua escrita leve e descontraída, o livro me pareceu um pouco meio parecido com a maioria que vejo por aí. É sempre aquele choque entre realidades, a questão social e econômica dos personagens impedindo a união dos mesmos. Enfim, dessa vez não me senti atraída. Mas sua resenha foi conduzida de forma impecável.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  22. Olá, eu amo os livros da Julia Quinn e fiquei mega curiosa para esse lançamento, mesmo vendo alguns comentários ruins, ainda quero ler, eu adoro essas histórias em que eles se separam e depois de anos aquela paixão ainda está lá.
    Adorei sua resenha, parabéns.

    Beijos
    Leitora dramática

    ResponderExcluir
  23. Olá confesso que nunca li nenhuma obra da autora, gosto da temática e acredito que iria curtir a leitura. Minha mãe é louca pelas obras da Julia...eu sempre dou livros da autora para ela de presente.

    Abraços

    ResponderExcluir