Resenha: Ainda há uma chance - Paula Mesquita

Título: Ainda há uma chance - Trilogia Chances #1
Autora: Paula Mesquita
Editora: Amazon
Ano: 2016
Páginas: 71
Onde Comprar: AMAZON 
Sinopse:


Roberta Amaral, mineira, trinta e cinco anos, agente de turismo, amava sua liberdade acima de tudo. Sua profissão era perfeita para sua vida intensa.
Ela viveu grandes paixões e não se arrependia de nada... Até que se deparou com seu passado e percebeu que existiam relações mais intensas do que aquelas vividas.
Recomeçar é o que ela queria, somente não sabia como...
Mauro Castro, carioca, trinta anos, repórter de turismo, amava sua liberdade acima de tudo. Sua profissão era perfeita para sua vida mais que intensa.
Ele foi casado e entregou seu coração e sua vida a esposa... Até descobrir que dedicou sua vida a pessoa errada que não era digna confiança.
Deleitar-se era o que ele queria e isso sabia muito bem como fazer...
O amor pela liberdade... A profissão ligada ao turismo... E vida vivida intensamente... São tudo que eles têm em comum, porém quando se encontram em Porto Seguro irão descobrir que têm mais em comum do que imaginam...
Que tal nós embarcamos juntos com essa dupla... Rumo ao mundo!
A vida nos dá muitas oportunidades e por vezes as perdemos. Se ainda há uma chance que tal agarrar para não perdê-la?


Roberta sempre teve uma vida que muitas mulheres almejaram. Um emprego estável, um noivo dedicado e trabalhador, amigos, mas mesmo com todas essas coisas, sentia que faltava algo. E aí que sua vida deu uma virada rumo ladeira abaixo. 

Com uma nova mudança na direção da empresa onde trabalhava, o atual diretor geral, abria o cargo para seu filho Murilo, para enfim se aposentar de suas funções. A atração entre os dois é imediata e com as constantes viagens a trabalho acompanhando-o e o fato de Leo, seu noivo trabalhando em outra cidade, facilitou o caso deles. O problema estava quando Murilo decide revelar que estaria apaixonado por Roberta, mas resolve terminar o caso, assim como o noivado e ainda se envolve com seu amigo Caio, mas sempre que os relacionamentos vão ficando mais sérios, ela resolve cair fora justamente por defender a sua liberdade. 

Passados alguns anos, Roberta se dá conta de que tudo o que jogou para fora de sua vida lhe faz muita falta, principalmente quando se depara com esses três homens que os fez sofrer no passado, porém casados, felizes e com filhos, ao contrário dela, sozinha, triste e amargurada. 


“E assim eu vivo até hoje. Percebo que a minha tão sonhada liberdade magoou mais pessoas do que eu gostaria e deixou-me um vazio na alma, sedenta de algo que eu não fazia ideia ainda.”


Pensando sobre seus erros do passado, Roberta quer dar um novo rumo a sua vida e aproveita seu trabalho na empresa de turismo para viajar e colocar os pensamentos em ordem. Mas o destino parece-lhe pregar uma peça, quando surge em seu caminho. 

Mauro sempre foi muito apaixonado por sua esposa e filha, até que um dia a filha adoece e morre, como se não bastasse a dor de perde-la, descobre que tudo aquilo que imaginava ter conseguido era fruto de uma traição. Amargurado, se separa e resolver fechar seu coração para o amor. 

Logo que Roberta e Mauro se conhecem, a atração é mútua e a viagem segue desfrutando da companhia um do outro, dentro e fora da cama, mas ambos sabem que esse relacionamento não seguirá adiante, pois moram em estados diferentes e também porque Mauro não quer relacionamentos, por isso resolvem manter contato como amigos. Mas Roberta está em fase de mudanças e deseja algo mais e sua apaixonite a leva insistir magoando cada vez mais a si mesmo. 

Até que o destino resolve que é a hora de lhe dar mais uma chance e coloca em seu caminho um homem que a faz perceber que sua companhia pode ser agradável e que o amor pode ser construído e fortalecido dia após dia. Mas será que isso seria o suficiente para o coração e a mente inquieta de Roberta?



Ainda há uma chance, é uma história curtinha com apenas 70 páginas, o que dá para ler em uma tacada só. O romance traz à tona as dúvidas sobre se ter um relacionamento, sobre escolhas erradas que tomamos na vida e que podem influenciar muito o futuro. 

A escrita da autora é fluida, conhecemos vários lugares do Brasil devido as profissões dos personagens. Gostei do desenrolar da trama, porém me incomodou muito o jeito da Roberta, que no passado mostrou não ter amor ao próximo e nem amor próprio quando se envolveu com Mauro. 

Porém, o final destinado a ela me agradou com sua redenção e retomada de vida, assim como buscar o perdão de quem magoou para conseguir viver em paz e mostrar o quanto todos tem direito a ter uma chance. 

Ainda há uma chance, faz parte de uma trilogia que está disponível em ebook na Amazon e no Kindle Unlimited, mas poderá ser lido de forma independente uma vez que o final é bem amarradinho.

*Resenha participando do DLL2018 de junho, no item: livro ambientado no Brasil.






16 comentários via Blogger
comentários via Facebook

16 comentários

  1. Ahhhhh! Pensa numa pessoa sorrindo para a tela do celular, enquanto lê essa resenha? Emocionada!!!! Obrigada Camila!

    ResponderExcluir
  2. Oi Camila! Achei bem curtinha mesmo, a história, e embora não goste muito de romances atuais, achei legal os personagens trabalharem com turismo e jornalismo, duas coisas que eu quis fazer por muito tempo.. Achei a ambientação de viagens pelo país super legal também! Obrigada pela dica!


    Bjoxx ~ www.stalker-literaria.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado Aline.
      Espero que dê uma oportunidade em algum momento.
      Beijos!

      Excluir
  3. Nossa! Esse é o valor de uma história. O valor da identificação com situações reais e também de nos trazer reflexão.
    Lembrei de uma amiga que se lamentava muito pelo fato dela ter abandonado um relacionamento com um rapaz que foi seu noivo e depois de mais de 20 anos ela ainda se lamenta por não ter ficado com ele.
    Enfim... A arte imita a vida! Quero esse livro pra ontem.
    Grata pela dica!

    Eliziane Dias

    ResponderExcluir
  4. Oi Camila, tudo bem?
    AMEI a resenha, adorei a capa e a proposta do livro, amo romances desse tipo!
    Toda essa temática ligada ao turismo me deixou bem empolgada, além disso a autora é brasileira, então com certeza vou ler hahahaha
    Obrigada pela dica!

    Beijão

    ResponderExcluir
  5. Oi Camila tudo bem? Gostei muito do enredo, adoro livros que tem reviravoltas e tem sempre uma lição a mostrar, não conhecia esse conto, mas vou procurar pra ler. Parabéns pela resenha, obrigado pela dica, bjs!

    ResponderExcluir
  6. oiii, tudo bem?
    parabéns pela resenha. gostei da ideia de ser bem curtinho por isso irei anotar a dica.

    abraços.

    ResponderExcluir
  7. Oiiii,

    Nossa a história é bem curtinha mesmo, não dá uma sensação de que queria mais umas 200 páginas não? Me pareceu ser bem aquele tipo de história leve e apaixonantente que quanto mais você lê mais páginas quer! Fiquei curiosa para saber quem é este homem do passado que vai causar uma reviravolta.

    Beijinhos...
    http://www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  8. Olá, gostei de conhecer essa história, ficou ótima a sua resenha. Ao que me parece, a protagonista mudou de opinião sobre relacionamentos com o tempo, e na vida acontece isso mesmo, daqui a uma década podemos não ter a mesma visão que temos hoje.

    ResponderExcluir
  9. Olha, eu achei bem interessante a temática até porque dá para entender o desejo dele não querer mais se envolver depois de ser magoado, e dá para entender ela também porque mulher insiste em querer se iludir mesmo que o cara se mostre já um tremendo babaca. Não sei se eu vou querer ler porque eu não sou muito de histórias curtas, eu sou meio travada porque eu já leio muito rápido, quando é pequeno então... Mas acho que a curiosidade vai me vencer e lerei, espero gostar!
    Um super beijo
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  10. Oi.
    Fiquei dividida com esse enredo.
    Por um lado achei que a protagonista teve chances demais. Por outro, parece ser um enredo mais realista, mais próximo do que encontramos na vida real que aqueles romances utópicos que costumamos ler. Sigo dividida, mas fiquei curiosa.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Oi,Cami

    Não conhecia o livro e não curti a capa, mas gostei da proposta. Costumes curtir histórias sobre segundas chances (mais do que segunda no caso da Roberta hahahah) então creio que eu iria aproveitar esta história. Assino o KU, qualquer dia desses vou ver se leio.

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Olá Camila, tudo bem?
    Cada vez que leio uma resenha de nacional, fico ainda mais feliz pelo qualidade das histórias, e estaesérie é mais um exemplo disto. Gostei dos livros poderem ser lidos independentes por terem finais fechados, isso facilita muito. Não conehciaa autora e sua obra, mas já anotei a dica.

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bem?

    Já conheço esse livro pois fui parceira da Paula por um tempo. Não gosto de ler ebooks, prefiro livros fisicos mesmo hahaha!

    Beijos!

    www.resenhasetudomaisbr.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Oii.
    Não conhecia esse livro, mas já gostei bastante da sinopse. Esse mês o blog vai se dedicar aos livro nacionais, então talvez eu consiga fazer a leitura desse livro, já que ele é bem curtinho.
    Amei a resenha.
    Bijitos, Mary.

    ResponderExcluir