Lançamento: A Guardiã do Reino - Beatriz Andrade

Título: A Guardiã do Reino
Autora: Beatriz Andrade
Editora: Independente - Amazon
Onde Comprar: AMAZON 
Sinopse:



Seres humanos e mágicos já viveram em harmonia, mas isso não é mais possível. A fúria de um rei acabou com a paz e os dividiu em dois mundos, o contato entre eles é proibido e somente a guardiã tem a liberdade de transitar pelos dois.
Séculos depois, a princesa Pietra descobre um segredo que sua família vem guardando há gerações e ela será a responsável por mantê-lo em segurança. No entanto, uma promessa de vingança foi cumprida e ela precisará manter-se a salvo, se falhar todo o reino estará perdido. Sozinha e amedrontada, Pietra passará por universos desconhecidos e terras fantasiosas na tentativa de fugir de um inimigo poderoso e de seres horripilantes. Sobreviver é um dever que talvez ela não consiga cumprir.







Confira outros quotes de A Guardiã do Reino

Pietra estava assustada, sozinha e como seu vestido estava molhado ela sentia muito frio, mas nada disso poderia pará-la, quando escutou um uivo horripilante, se pôs a correr ainda mais rápido e suas esperanças estavam desmoronando. Enquanto corria, ela chorava desesperadamente, de medo, de tristeza, mas principalmente por sentir que seu fim estava próximo.

Pietra sabia que, para ser rainha, precisava passar por cima de todos os seus medos, até aquele momento nunca tinha sentido medo maior (até aquele momento), mas precisava demonstrar confiança. Esse seria o seu primeiro teste para ser a rainha que todos esperavam. Aguardou alguns segundos para criar coragem e, tomada por impulso, foi para a batalha. 

De repente, viu seu mundo desmoronar quando sentiu as mãos por trás de sua boca, o coração congelou, mas ainda assim tentou lutar e se defender, porém era tarde demais, eles a pegaram. 

Pietra levantou-se da cama, as lágrimas que rolavam pela sua face, secaram no mesmo instante em que seus olhos viram o inimigo. Seu semblante transformou-se em uma expressão dura, de desgosto e fúria.

Enquanto estava perdida em seus pensamentos, Pietra sentiu a primeira onda de dor, muito mais forte e intensa do que jamais sentira antes. Não queria, mas foi obrigada a abrir os olhos ao mesmo tempo em que urrava de dor.

Oruam sentia-se livre, estava em êxtase com seu ataque, nunca se sentira dessa maneira. Mostrou ser um dragão temido, com toda a sua fúria, sua garra.



 
1 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Um comentário