Resenha: Sem Escolha - Abbi Glines - Editora Arqueiro

Título: Sem Escolha - Série Sea Breeze #2 
Autora: Abbi Glines 
Editora: Arqueiro
Ano: 2018
Páginas: 224
Onde Comprar: AMAZON 
Sinopse:


* Livro recebido em parceria com a editora
Está cada vez mais quente na cidade litorânea de Sea Breeze, e Marcus Hardy encontrou o abrigo perfeito para passar os próximos meses de calor: o frequentado apartamento de Cage York.
As garotas estão sempre entrando e saindo de lá, em sua maioria mulheres lindas que nunca ficam mais de uma noite. Quando Marcus chega, está apenas buscando curar seu coração ferido. Só que uma das frequentadoras mais assíduas da nova casa logo chama sua atenção.
Willow – ou apenas Low – é a mulher com quem Cage pretende se casar. Mas os dois são completamente diferentes, e Marcus não entende como ela pode lidar tão bem com a infidelidade de Cage.
No fundo, Low precisa mesmo é de um homem de verdade... bonito e sensível como Marcus. Porém, as coisas não são tão simples, e esse relacionamento vai se complicar de um dia para o outro, assim que um grande segredo for revelado.
Em Sem Escolha, segundo livro da série Sea Breeze, Abbi Glines continua a atiçar a imaginação dos leitores com personagens sedutores e romances apimentados.



Ahh eu estava doida para conferir a edição nacional do segundo livro da série Sea Breeze. Uma das minhas preferidas da autora Abbi Glines e a Arqueiro não demorou em lançar a história de Marcus e Willow. 

Após ter sofrido a decepção de não ser o escolhido por Sadie que se apaixonou por Jax Stone no primeiro livro, Sem Fôlego (confira a resenha aqui), Marcus resolve se mudar para o apartamento de Cage, continuar seu curso com as matérias on-line e dar um tempo para sarar suas feridas. Mas não será tão fácil ter a paz que precisa, já que sua família está enfrentando uma tempestade com a descoberta do seu pai ter uma amante. 

Tendo que lidar com a crise de sua mãe e sua irmã Amanda, Marcus ainda terá que controlar a raiva para não descontar sua raiva em cima do pai, mesmo que em muitas situações ele quase chegue as vias de fato. 

“O rosto dele pareceu relaxar um pouco quando eu falei isso, e ele sorriu, mas ainda dava para ver a preocupação em seu olhos. Meu Deus, ele ia me fazer baixar a guarda. Eu precisava colocar alguma distância entre nós.”

Chateado e decepcionado por sua mãe não conseguir tomar uma atitude mais drástica em relação ao seu casamento, Marcus pelo menos tem como contar com o apartamento para ser seu refúgio e um lugar calmo para pensar. 

Calmo até certo ponto, já que Cage não poupa uma noite sem estar ao lado de uma companhia feminina. Tudo parecia tranquilo, até que uma visitante resolve aparecer a procura de seu colega de quarto. 

Willow e Cage cresceram juntos e sempre puderam contar um com o outro. O passado da jovem é repleto de marcas e coleciona decepções familiares. Deixada por seus pais e com uma irmã extremamente odiosa, Low está sempre voltando para o apartamento de Cage para ter onde dormir. 

“Willow me deu um sorriso triste.

— Um dia, o que quer que seja isso vai acabar. Relacionamentos sempre acabam. E você vai me abandonar também.”

Logo que Low e Marcus se conhecem, ela acabou de brigar com a irmã e está atrás de abrigo e tendo mais em comum do que parece, os dois se entendem, afinal famílias problemáticas eles sabem bem como pode ser difícil de encarar.

Atraído pela simplicidade e a beleza da jovem, Marcus tem certeza de que não pode deixar passar batido os sentimentos que Low tem despertado em si e mesmo com receio de ter uma nova decepção, não irá poupar esforços em mostrar o quanto a deseja e que poderá confiar em si.

“Senti dois braços quentes me envolverem, e senti o peito de Marcus me pressionando. Sorri sozinha enquanto ele apertava o nariz contra minha nuca.

— Eu não vou magoar você, Low – prometeu ele.

E eu assenti. Porque acreditava nele.”

Porém, o destino lhes reservaria uma grande reviravolta e quando os segredos viessem à tona, mostraria que suas vidas estão entrelaçadas por caminhos bem tortuosos. 

Será que o sentimento resistirá a essa avalanche de complicações?



Eu amo esse livro. Apesar de ser um new adult e sabendo que em se tratando de Abbi Glines sempre teremos uma dose de pimentinha nas cenas, Sem escolha se mostra intenso, com dramas familiares bem reais que merecem atenção, assim como personagens apaixonantes e muitas demonstrações de companheirismo e amizade.

Marcus é o tipo de personagem que nos encanta de cara e se você leu o primeiro livro, certamente já se sentiu atraída por sua personalidade, seu carinho e cuidado para com aqueles que precisam de seu apoio. Willow apesar da inocência relacionada a vida a dois, é uma sobrevivente e suas marcas não a impediu de seguir em frente, de ser doce, inteligente e se abrir para o amor. 

Em relação a Cage, mesmo com a possessividade em relação a Willow, foi um dos grandes destaques dessa leitura. Mulherengo, festeiro e um verdadeiro promíscuo, mas em se tratando de Willow, mudava da água para o vinho e seu jeito de ser nada mais era uma forma de proteger sua amiga de sofrer qualquer tipo de decepção, até porque a coitada já tinha sofrido por algumas reencarnações e se dependesse dele ela jamais sofreria. 

A narrativa é intercalada entre Willow e Marcus. O que sempre me agrada bastante pois podemos conhecer mais de cada um dos personagens, assim como suspiramos e sofremos por cada experiência vivida por eles.

Sem escolha é o tipo de leitura que te prende. Você certamente lerá em uma tacada só. Os dramas foram bem explorados, apesar de não serem complexos, deixaram a leitura ainda mais instigante. Assim como a interação dos protagonistas, é legal acompanhar a evolução deles, a descoberta de Willow com suas primeiras experiências como casal. 

Sobre a edição, a editora Arqueiro manteve as capas originais da série. O que me agrada muito. A diagramação e fonte são simples, mas muito confortáveis de ler. 

Abbi Glines traz um romance gostoso, com personagens cativantes e ao final da leitura nos faz ansiar pelos próximos volumes dessa calorosa série.










9 comentários via Blogger
comentários via Facebook

9 comentários

  1. Oi.
    Eu tenho alguns livros da Abbi Glines em casa, mas ainda não li. Confesso que tenho um pouco de receio de serem parecidos demais com a série Belo Desastre. Não que eu não tenha gostado, mas acabei enjoando, sabe?
    Mas gostei dos dramas familiares e fiquei curiosa para saber o que veio a tona.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Eu gosto de livros que tratam de dramas familiares e tem histórias intensas. Mas como eu não curto muito ler hot nunca sei quando arriscar em um livro dessa autora ou não rs. Os Delírios Literários de Lex

    ResponderExcluir
  3. Olá, Camila.

    Também adoro quando a narração é intercalada entre os personagens, assim podemos ver o ponto de vista de todos.
    As séries da Abbi são muito longas, por isso desanimo de ler os livros dela, mas os que eu li, confesso que gostei bastante. Essa nova série dela tem sido alvo de críticas super positivas, então futuramente irei pensar em começar a ler.

    Beijo,
    http://pactoliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi! Bom, preciso ser sincera, eu não tenho vontade nenhuma de ler essa série de livros dessa autora. Nenhum pingo de curiosidade. Entendo que tem muitos fãs, como você, que gostam e esperam sempre por uma continuação. Ainda que o romance seja agradável e que os personagens sejam cativantes, eu passo a dica! Obrigada!


    Bjoxx ~ www.stalker-literaria.com ♥

    ResponderExcluir
  5. Olá, o Marcus e a Low estavam passando por situações familiares super complicadas, hein?! Até fiquei curiosa para dar um conferida nessa história e ver como eles vão passar por tudo isso, mesmo que tenha receio das seres enormes da autora.

    ResponderExcluir
  6. Oi Cami! Eu desisti da Abbi lá na série Rosemary Beach hahaha porque pra mim foi muito sem sentido ela escrever um romance pra Nan, de verdade, nao consigo aceitar. Acho que o ranço foi tao grande que tentei ler esse livro e simplesmente nao rolou, acho que foi coisa da época mesmo, espero que em uma próxima retomada a experiencia seja melhor.

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem?
    Eu tenho um probleminha com essa autora, normalmente não consigo gostar dos seus personagens masculinos, sempre me dao certo nervosinho. Ainda não teve um livro dessa série que me chamou atenção ou me empolgou o suficiente para ler. Mas é coisa minha mesmo porque sei que a Abbi tem uma legião de fãs fiéis! Beijos
    falandodemais.com.br

    ResponderExcluir
  8. Eu parei com a Abbi Glines lá no começo da Rosemary Beach e acho a escrita dela muito forçada, além de cenas de sexo exageradérrimas. Mas sei que ela tem muitos fãs e seus livros vendem bem!
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Olá,
    sinceramente não fico muito atraido por este tipo de romance, apesar da maneira encantada que você o resenhou, não encontrei nenhum ponto forte que se diferenciasse de outras publicações do gênero. Já vi que a autora é muito bem quista, mas dessa vez passo a dica

    ResponderExcluir