Resenha: Simplesmente o Paraíso - Julia Quinn - Editora Arqueiro

Título: Simplesmente o Paraíso - Quarteto Smythe-Smith #1
Autora: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Ano: 2017
Páginas: 272
Onde Comprar: AMAZON 
Sinopse:


Honoria Smythe-Smith sabe que, para ser uma violinista ruim, ainda precisa melhorar muito…
Mesmo assim, nunca deixaria de se apresentar no concerto anual das Smythe-Smiths. Ela adora ensaiar com as três primas para manter essa tradição que já dura quase duas décadas entre as jovens solteiras da família. Além disso, de nada adiantaria se lamentar, então Honoria coloca um sorriso no rosto e se exibe no recital mais desafinado da Inglaterra, na esperança de que algum belo cavalheiro na plateia esteja em busca de uma esposa, não de uma musicista.
Marcus Holroyd foi encarregado de uma missão…
Porém não se sente tão confortável com a tarefa. Ao deixar o país, seu melhor amigo, Daniel, o fez prometer que vigiaria sua irmã Honoria, impedindo que a moça se casasse com pretendentes inadequados. O problema é que ninguém lhe parece bom o bastante para ela. Aos olhos de Marcus, um marido para Honoria precisaria conhecê-la bem (de preferência, desde a infância, como ele), saber do que ela gosta (doces de todo tipo) e o que a aflige (como a tristeza pelo exílio de Daniel, que ele também sente). Será que o homem ideal para Honoria é justamente o que sempre esteve ao seu lado afastando todo e qualquer pretendente?
Com seu estilo inteligente e divertido, Julia Quinn enfim apresenta ao público o Quarteto Smythe-Smith, o terrivelmente famoso e adoravelmente desafinado grupo musical que conquistou os leitores antes mesmo que as cortinas se abrissem para ele.



O primeiro livro da série Quarteto Smythe-Smith, traz a história de Honoria e Marcus.

Honoria Smythe-Smith, é a caçula dessa família, sendo a única solteira entre suas irmãs, sua maior distração é junto de suas primas. 

Seguindo a tradição de família, Honoria não vê a hora de se casar e passar o bastão para uma de suas primas e também a oportunidade de deixar o marasmo que tornou seu lar após a partida obrigatória, justamente por um grande escândalo, de seu irmão da Inglaterra. 

O casamento seria uma ótima solução, mas algo não parecia normal em sua busca, pois seus pretendentes acabavam sumindo sem motivos aparentes. 

“Não ocorrera a Marcus até aquele momento, mas Honoria era a única mulher conhecida que falava francamente com ele, inclusive com algumas saudáveis doses de sarcasmo.”
Marcus Holroyd, nosso mocinho, sempre foi muito dedicado a amizade de seu grande amigo Daniel, irmão de Honoria. Sempre muito cobiçado e dono de uma beleza que atraia muitas pretendentes, estar nos bailes da sociedade londrina só acontece para não deixar de cumprir com sua promessa de cuidar da irmã de seu amigo dos temíveis caçadores de fortuna.

“Passou a vida inteira sendo um perfeito cavalheiro. Nunca foi um paquerador. Nunca foi um malandro. Odiava ser o centro das atenções, mas por Deus, queria ser o centro da atenção dela.”
Para Marcus essa missão não seria tão difícil de realizar, visto que Honoria era também uma boa amiga e sempre dividiram bons momentos desde a infância. Mas essa relação de amizade tende a mudar quando Marcus adoece e Honoria passa a ser frequente na vida desse homem e decisiva em sua recuperação.

“— Talvez você seja meu porto seguro.”



Ahh o que dizer dessa série?! 

Julia Quinn nos traz a leveza e graça de uma personagem como Honoria. Mesmo com um quarteto tão desastroso é impossível não se encantar pelos gestos dessa jovem, dar risadas por suas tramoias em conseguir arrumar um marido para se casar, para ter enfim sua tão desejada família e se apaixonar com a relação que começa com amizade de Marcus e Honoria, evoluindo pouco a pouco até se tornarem um casal.

Mas o que mais chamou minha atenção em relação a eles, foi perceber o conflito dos sentimentos de Marcus à medida que a leitura avançava, visto que sempre teve a família dela como uma espécie de família adotiva na qual sempre admirou e não teve por ser um membro solitário da sua.

Simplesmente o paraíso tem uma capa bonita, diagramação simples e fonte confortável para leitura. O leitor pode adquirir o box completo com os quatro volumes, mas há também kits disponíveis com um preço mais acessível em alguns sites. 

Repleto de diálogos inteligentes, com muito bom humor, o primeiro livro já nos dá uma ideia do que esperar ao longo da série. Um romance de época espirituoso, leve, com cenas sutis entre os casais e ainda matamos as saudades de alguns integrantes de Os Bridgertons.

Conclusão: Julia Quinn é sempre uma ótima pedida!









14 comentários via Blogger
comentários via Facebook

14 comentários

  1. Olá Camis, amei as fotos.. Não sou muito de romances de época, as vezes até saio da zona de conforto e me aventuro em algo do gênero.
    Uma coisa que costumo dizer é que as capas são sempre belas.

    Beijos.

    www.alempaginas.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, Camila! :D
    Ouço tanta gente falando bem dos livros da Julia Quinn que às vezes até sinto uma curiosidade. Geralmente não curto muito histórias românticas, mas amo histórias de época, então não é impossível que eu possa gostar de algum deles. Acho que eu adoraria ler as partes engraçadas do livro que falam sobre concerto. Também estou tentando aprender violino e sou um desastre, provavelmente pior do que Honoria. hahaha Amei a resenha! Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Olá, Camila.

    Eu sou louca para ler os livros dessa autora, as histórias dela parecem ser um tanto clichê, mas eu sou apaixonada por romances de época.
    O desenrolar do romance entre os personagens parece ser bem gostoso, o que anima mais ainda para a realização de leitura. Dica anotada!

    ResponderExcluir
  4. Julia quase nunca decepciona, que mulher, né? Eu ainda não li essa série, e acho que a capa deixa um pouquinho a desejar, sabe? Não tem um padrão Julia Quinn, ainda assim, só vejo comentários positivos a respeito da construção dos personagens e da história em si, vou acabar me rendendo uma hora ou outra. Dica anotada!

    ResponderExcluir
  5. Oi Camila! Gostei do mocinho não ser tão confiante, o que já traz um diferencial na história. Sem contar esse humor das apresentações dos personagens. Adorei a história de amor desse casal, amo quando o romance é construído assim, um amor que desabrocha da amizade. Gostei do Marcus, um cavalheiro bem diferente do que estamos acostumadas a encontrar nos romance de época; um mocinho tímido e inseguro. Obrigada pela dica!

    Bjoxx ~ www.stalker-literaria.com ♥

    ResponderExcluir
  6. Oi Camila, amo Julia Quinn de paixão, a escrita dela é sensacional e você acaba dando muitas risadas. Tenho o quarteto, mas ainda não peguei para ler mas depois da dua resenha, acho que vou pegar o meu para ler.

    Amei a sua foto. Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Ola,

    Essa série é cheia de altos e baixos pelo que conferir dos comentários alheios. Apesar disso, estou bem curiosa para ler, pois adoro os livros da Julia e essa família (por pior que sejam) são músicos haha. Creio que será uma leitura rápida e muito gostosa de se fazer.

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oii Camila, tudo bem? Gostei muito da sua resenha. Li esse livro assim que foi lançado e lembro que curti muuito a leitura! Foi meu terceiro livro da Julia Quinn. Não dei continuidade a série, mas é algo que quero fazer no futuro. Essa autora é maravilhosa!

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi querida,
    eu li esse livro em dois dias e acabei me viciando na série. Sei que muitos não curtiram os personagens, mas vamos ser sinceros a autora não ia trazer os mesmos personagens e cenários. Eu fiquei feliz que vc tenha gostado da história e espero ler as resenhas dos próximos livros em breve. Porque após ler a sua resenha contando os detalhes do enredo e da escrita da autora, saiba que acabou de ganhar uma leitora nova!

    Beijoss, Enjoy Books

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?
    Eu confesso que não costumo ler romances de época, mas tenho certa curiosidade com as obras da Julia, pois todo mundo fala tão bem que e´impossível não querer ler algum dia. Bom, gostei de conferir suas impressões sobre a obra e principalmente em ver que é uma história repleta de diálogos inteligentes e com muito humor.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  11. Oiii tudo bem??

    Sou louca com esse box, e pretendo ler Julia Quinn em breve, faz muito tempo que não pego um livro dela.
    Esse quarteto eu quero muito ler, e sempre bom saber que a autora não se perdeu, que manteve a qualidade.
    Adorei a resenha.
    Bjus Rafa

    ResponderExcluir
  12. Oi Cami,

    Eu amo a Julia Quinn demais e adorei esse livro também. Achei muito fofa a Honória e o Marcus, o casal principal me deixou bem feliz, sabe? Adoro essa leveza, essa coisa gostosa que a autora nos passa. Eu não vejo a hora de continuar com a série! <3

    beijos!

    ResponderExcluir
  13. Olá Camila,
    Adorei conhecer suas impressões sobre esse livro, pois estou muito ansiosa para ler. Fiquei muito contente por os protagonistas terem esse sentimento de amizade entre eles e gostei da forma como eles se aproximaram. A Honoria parece ser maravilhosa e espero que eu consiga me encantar tanto quanto você com esse livro.
    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  14. Já estou com essa série na estante, prontinha pra começar a ler, mas esperando o momento certo porque quero começar e terminar. O que me chamou a atenção na sua resenha foi ter diálogos inteligentes, porque eu adoro isso nos romances.
    beijos

    ResponderExcluir