Resenhas: Ele: Quando Ryan conheceu James - Elle Kennedy & Sarina Bowen - Editora Paralela

Título: Ele: Quando Ryan conheceu James #1
Autora: Elle Kennedy & Sarina Bowen
Editora: Paralela
Páginas: 256
Onde Comprar: AMAZON 
Sinopse:


James Canning nunca descobriu como perdeu seu melhor e mais próximo amigo.
Quatro anos atrás, seu tatuado, destemido e impulsivo companheiro desde a infância simplesmente cortou contato.
O maior arrependimento de Ryan Wesley é ter convencido seu amigo extremamente hétero a participar de uma aposta que testou os limites da amizade deles.
Agora, prestes a se enfrentarem nos times de hóquei da faculdade, ele finalmente terá a oportunidade de se desculpar. Mas, só de olhar para o seu antigo crush, Wes percebe que ainda não conseguiu superar sua paixão adolescente.
Jamie esperou bastante tempo pelas respostas sobre o que aconteceu com seu relacionamento com Wes, mas, ao se reencontrarem, surgem ainda mais dúvidas.
Uma noite de sexo pode estragar uma amizade? Essa e outras questões sobre si mesmos vão ter que ser respondidas quando Wesley e Jamie se veem como treinadores no mesmo acampamento de hóquei.





Confesso que estava muito curiosa para saber mais desse livro. Com o crescimento de livros publicados pelas editoras, a aposta no gênero romance LGBT tem sido muito bem aceito entre os leitores e algumas obras se destacam pela capacidade de seus autores criarem enredos bem trabalhados e personagens que viram queridinhos. 

Ele, traz a história de Ryan Wesley e Jamie Canning. Os dois se conheceram em um verão no acampamento de hóquei que frequentavam. A partir daí sempre que chegava essa época, sabiam que se encontrariam para passarem as melhores semanas regadas a diversão e com as melhores lembranças. Porém, quando afastados, se comunicam de uma forma bem inusitada, enviando caixas com surpresas dentro, algumas legais, outras constrangedoras, mas sempre os divertia, firmando assim suas afinidades, pois ambos se conheciam muito bem. 

“Minha fraqueza, é ele.”

Há quatro anos atrás, na última noite deles no acampamento antes de ingressarem na universidade, James e Ryan entram em uma disputa com direito a aposta e o resultado acaba sendo o motivo para que Ryan se afastasse, cortando a comunicação durante todo esse tempo. 

Os dois partiram para universidades diferentes, mas nem por isso deixaram de lado o amor pelo hóquei e com os resultados que seus times obtiveram seguem para as disputas que irão classificar para as finais. 

Wes quer aproveitar a oportunidade de reencontrar James para se desculpar, afinal ele segue sentindo-se culpado por ter forçado que a aposta acontecesse, mas será que James conseguirá entender os motivos e desculpar seu amigo por ter se afastado por quatro anos? 

“Você está dizendo que não me quer?” Inferno. "Não, eu estou dizendo que isso é uma má ideia." "Você é o rei das más idéias", ele me lembra. "Pelo menos este termina com ambos nos sentindo bem."

E é a partir desse reencontro que a história ganha força e temos a construção do romance de Ryan e James. 


Esse foi o meu primeiro livro de romance erótico com casal gay e achei a trama extremamente envolvente e bem escrita. Como já conhecia a escrita da Elle Kennedy, confesso que fiquei curiosa para saber mais dessa parceria com a Sarina Bowen. As duas simplesmente arrasaram. Porque quando pensamos em atletas já temos a visão de um cenário extremamente machista e dá para ver que no ambiente descrito demonstra respeito e uma boa interação com o time que sabe da opção sexual de Wes e não o tratam com o mínimo de diferença, porém o mesmo não se reflete com algumas pessoas mais próximas. 

Outro ponto super positivo dessa história, foi que as autoras não colocam os personagens como coitadinhos. Eles mesmo com alguns receios, não ficam se lamentando e isso só dá mais força para irem em busca dos objetivos. Vemos Ryan e James entrando de cabeça em um relacionamento e fica impossível não se envolver com os personagens. 

A narrativa é feita em primeira pessoa e de forma alternada, ajudando a entrar no íntimo de cada um dos personagens. As cenas eróticas para minha surpresa são intensas e muito bem trabalhadas. A escrita é fluida e muito rápida, quando nos damos conta já estamos finalizando a leitura. 

Ele, faz parte de uma duologia. Publicada no Brasil pela editora Paralela, espero que não demore a surgir o segundo livro. Mas o leitor poderá ler sem problemas esse primeiro livro que mesmo com alguns clichês dos romances se mostrou um bom entretenimento e terminou bem fechadinho.






0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário