Resenha: Canta Comigo - Kristen Proby - Editora Charme

Título: Canta Comigo - Série With me in Seattle #4
Autora: Kristen Proby
Editora: Charme 
Páginas: 320
Onde Comprar: AMAZON 
Sinopse:


O ​homem do momento, Leo Nash, da mundialmente famosa banda de rock, Nash, é a última pessoa na face da ​T​erra em que Samantha Williams confiaria. Ela já aprendeu, da maneira mais difícil, o que é amar uma celebridade, e não deseja passar por isso novamente.
Toda vez que Sam é rude com Leo, ele quer impedi-la de continuar com aquela atitude. O que ele fez com ela, afinal? Leo não está acostumado com as mulheres tratando-o como se fosse venenoso e não permitir​á​ que Sam fuja cada vez que ele chega perto. Leo já teve o suficiente de pessoas correndo dele por uma vida inteira.
E quando Sam quer fugir, ele quer persegui-la.
Mas será que Sam é tão difícil quanto Leo pensa?
A atração sexual entre eles é tão palpável que Sam pode praticamente segurá-la em sua mão, e não há como ela resistir à promessa de prazer que estar com Leo lhe proporcionaria​.
O problema é que o prazer sempre vem com a dor e​,​ quando os segredos são revelados e a confiança é desafiada, a pegunta que fica é: quem vai correr e quem vai perseguir?




Depois do empolgante livro do Will e Meg, estava curiosa para ler Canta Comigo. 

Para quem não leu nenhum dos livros anteriormente lançados, Canta Comigo traz os personagens Sam e Leo. 

Leo é vocalista da super banda Nash. Sua infância não foi nada fácil com a perda de seus pais e por ter ido morar em um orfanato, lá conheceu Meg. A história deles é iniciada em Joga Comigo, ficamos sabendo um pouco sobre os laços que uniu esses dois personagens. 

Dono de uma beleza e de um talento inegável, Leo é conhecido por ser determinado e insistente quando quer algo, relacionamentos duradouros nunca foi sua pretensão, mas foi só Samantha cruzar o seu caminho para perceber que Seattle teria muito mais a oferece-lo do que apenas uma pausa para ele curtir sua irmã. 

“Estou completamente apaixonado por ela. Só não sei como lhe dizer, porque tenho medo de que, assim como eu faria antes, ela vá correr a toda velocidade na direção oposta.”

Samantha ou Sam, é a irmã de Luke (protagonista do primeiro livro Fica Comigo). Por crescer em uma família com famosos, acabou optando por não ter uma carreira que tivesse qualquer envolvimento nesse segmento. Mesmo trabalhando em uma revista, se recusa a invadir a privacidade de seu irmão e muito menos de seus amigos celebridades. 

Infelizmente o fato dela não querer abrir mais da vida pessoal deles, acaba perdendo o emprego e por vergonha esconde de todos, deixando apenas Leo saber de sua nova condição. 

Com a frequência que a família de Sam e a relação com os Montgomerys, eles passam a se encontrar mais vezes e apesar de ambos serem teimosos e com personalidades fortes, acabam se entregando a atração que sentem e engatam um relacionamento. 

“— Eu te chamo de Raio de Sol – ele sussurra, e acaricia meu rosto – porque, quando sorri, você ilumina por dentro.”

Porém Sam já sofreu bastante com um relacionamento tóxico e por isso ergue seus muros ao menor sinal de que está se afeiçoando a alguém e não seria diferente com Leo. Mas o que essa bela mulher não contava é que Leo não a deixará ir assim tão fácil. 

“— Uma das coisas que você vai aprender sobre mim – ele beija minha testa suavemente – é que sempre vou ter no meu coração o que for melhor para você.”

Leo tem marcas de um passado doloroso e teme que ao abrir suas feridas isso possa afastar Sam. E enquanto não se sentir pronto para falar abertamente sobre tudo o que lhe atormenta ambos vão bater cabeça até que um deles dê o primeiro passo, saindo de cima do muro. 



Sabe quando o enredo é clichê mas mesmo assim te deixa empolgada? É o que acontece em Canta Comigo. 

Kristen Proby traz dois personagens muito parecidos em personalidades, gostos e juntos são implacáveis. Porém mesmo sendo tão idênticos, é inegável que Leo chama mais atenção por sua entrega, sua proteção, suas tiradas engraçadas. 

O fato de Leo ser cantor e compositor ajudou muito a cativar o leitor, afinal qual mocinha não quer ser inspiração de suas canções. 

Outro ponto positivo da trama é o fato da autora conseguir trazer sempre a interação dos personagens dos livros anteriores de forma dinâmica, divertida. É impossível não se sentir no meio de cada reunião, cada confusão, ou seja, uma verdadeira família. 

A narrativa é alternada entre Sam e Leo, talvez se tivesse uma dose um pouquinho menor de cenas eróticas viraria meu favorito, mas ainda assim a leitura é bem fluida, com cenas envolventes, dramas bem explorados e personagens bem construídos. 

Canta Comigo é o quarto livro da série With me in Seattle e pode ser adquirido em físico ou lido em ebook (também pelo Kindle Unlimited). Mesmo sendo feita a leitura pelo ebook, a editora Charme se diferencia com sua diagramação. A capa é linda e o marcador dessa edição é especial, uma guitarra, tudo a ver com a trama. 

Uma leitura extremamente agradável, romântica e muito envolvente. Com um mocinho bem diferente do estereotipo a qual estamos acostumadas quando se trata de famosos, Leo certamente irá te conquistar logo nas primeiras páginas.






3 comentários via Blogger
comentários via Facebook

3 comentários

  1. Olá Camila,
    parece ser uma boa história. Eu também tenho dessas e não raramente me vejo apaixonada e instigada por uma trama clichê. Fiquei interessada em saber mais sobre as dores que Leo guarda para si, e suas impressões positivas estão me instigando a quem sabe dar uma chance a este romance.

    Abraços!
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
  2. Sinceramente adoro um clichêzão romântico. Personagens como o Leo me instigam muito a ler o livro. Sem falar que a trama gira em torno de música, eu amo.

    ResponderExcluir
  3. Confesso que estou um pouco cansada destes romances envolvendo cantores e bandas de rock, mas gosto quando os personagens tem bagagens emocionais intensas e tenho quase certeza que vou curtir.
    beijos

    ResponderExcluir