Resenha: Prelúdio do Cinismo - Sue Hecker - Editora HarperCollins

Título: Prelúdio do Cinismo - Série Mosaico #1
Autora: Sue Hecker 
Editora: HarperCollins
Ano: 2016
Páginas: 103
Onde Comprar: AMAZON 
Sinopse:



Antes da traição, houve o desejo...
Controle.
Para Caio, esta é a palavra que faz tudo à sua volta funcionar. Senhor de suas ambições,
descarta o que não lhe convém com uma frieza absoluta, inclusive as paixões. Acostumado desde jovem aos benefícios proporcionados pela alta posição social e dinheiro, sabe atuar com desenvoltura em um mundo onde a aparência é a moeda mais valiosa.
Liberdade.
Este é o sentimento que move Bárbara. Dona de suas vontades, sempre soube correr atrás daquilo que lhe encanta, de um lugar no mundo. Apesar de ter nascido em uma família abastada, fez o seu próprio caminho, tornando-se contadora, com uma promissora carreira. Impulsiva e batalhadora, lida com cada situação guiada pelas
emoções, prezando aquilo que lhe faça feliz.
Um encontro inesperado em um bar de São Paulo une estas duas pessoas tão opostas,
dando início a um sedutor jogo cujos corações são o principal prêmio.
Mas, mesmo que alguém vença este duelo de beijos intensos e gemidos sussurrados,
será que existirá entre esses dois um “Felizes para Sempre”?
Sue Hecker presenteia os seus leitores com o delicioso e esperado prequel de O lado bom de ser traída. Descubra como a história de Caio e Bárbara começou e permita que estas linhas deixem os seus sentidos à flor da pele.
Estão preparados?
Prelúdio do cinismo é o sensacional prequel do best-seller O lado bom de ser traída, da autora com mais de 16 milhões de leituras na internet, Sue Hecker, disponível em setembro de 2016 pela HarperCollins Brasil.



No livro que dá início a série Mosaico, conheceremos a história de Caio e Bárbara. 

No prequel de O lado bom de ser traída, temos um vislumbre sobre como Caio se encantou por Bárbara e engataram um noivado.

Bárbara é independente, sabe o quanto é boa em seu trabalho e dona de uma beleza estonteante. 

Caio é um empresário bem sucedido, trabalhador, mas não dispensa a oportunidade de estar ao lado de uma boa companhia, principalmente se for para passar uma noite. 

O que Caio não estava preparado é que em seu caminho cruzaria o de Bárbara, mas a forma como ele se aproxima dela, a faz recuar e mostrar quem dá as cartas. Mesmo se sentindo muito atraída por esse homem que exala perigo e sensualidade, ela decide mostra-lo que não se pode ter tudo a hora que quer. 

“Quando se está amando, não há sentimentos contraditórios. A gente não pensa, contesta ou hesita. Simplesmente sente.”

Mas Caio não é do tipo que desiste fácil e faz de tudo para conquista-la. A partir daí, Bárbara não consegue mais resistir ao charme dele e à medida que vão se conhecendo, além da química absurda, ambos conseguem mostrar suas personalidades e afinidades. E o que seria uma atração vai dando lugar ao amor. 

Tudo parecia estar caminhando muito bem... até o momento em que Caio começa as suas escorregadas e em uma tentativa de consertar as coisas cada vez mais colocava os pés pelas mãos. 

Bárbara o perdoará? Será que Caio quer se redimir ou seguirá seu caminho com suas últimas escolhas?

“Nossa história reúne todos os ingredientes para um bom relacionamento. Ela é pólvora, eu sou o fogo. Ela gosta de adrenalina e eu sou a personificação da aventura e ação. Tudo está sempre a nosso favor para a explosão voluptuosa.”


Esse prequel me deixou tão curiosa que parti para Amazon e comprei o kit da série Mosaico, porque se não for para ler tudo eu nem começo. 

Por ser um livro curtinho, dá para finalizar em questão de duas ou três horas, dependendo da sua disponibilidade de tempo. A narrativa é realizada por Caio e Bárbara, deixando o ritmo de leitura muito bom.

Confesso que me surpreendi com os rumos que a trama tomou, o que justifica o fato do primeiro livro levar o título de O lado bom de ser traída. 

Os personagens são intensos, envolventes e mesmo com raiva das atitudes de Caio, me vi presa à leitura o tempo todo. Sua personalidade chama atenção, mas torço para que ele padeça um bocado no próximo livro. 

Sobre a edição: disponível apenas em ebook, a diagramação é simples, a fonte é confortável para leitura e a capa faz alusão ao personagem Caio. Consta uma prévia do próximo livro, deixando o leitor com gostinho de quero mais.

Prelúdio do Cinismo é o tipo de leitura para os amantes de romances intensos com cenas bem quentes. Com uma escrita muito envolvente, Sue Hecker traz na série Mosaico personagens bem construídos e de tirar o fôlego. De fácil leitura, esse certamente é o primeiro de muitos suspiros que ainda estão por vir. 

** Você pode conferir a ordem de leitura da série que está disponível no blog (clique aqui).







2 comentários via Blogger
comentários via Facebook

2 comentários

  1. Vi algumas chamadas desse livro, mas não me atendei a sinopse, agora lendo sua resenha achei a série bem válida, ainda mais com esse prequel, que eu fiquei curiosa para saber a explicação para o primeiro livro levar o nome que leva o fato de trazer personagens bem construídos e ter uma escrita envolvente só reforma minha curiosidade.

    Abraços.
    https://acabinedeleitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Cá.
    Eu até curto esse tipo de romance, mas no momento estou com tantos livros do tipo aqui na fila de espera que vou guardar essa dica para depois.
    É uma pena que a gente não tenha um vira-tempo só para poder ganhar algumas horas de leitura a mais, né?! Rs...
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir