Resenha: Ilha de Vidro - Nora Roberts - Editora Arqueiro

Título: Ilha de Vidro - Trilogia Os Guardiões #3
Autora: Nora Roberts
Editora: Arqueiro
Ano: 2018
Páginas: 288
Onde Comprar: AMAZON
Sinopse:

*Ebook recebido em parceria com a editora.
Nerezza, a deusa da escuridão, ainda não desistiu de obter as Estrelas da Sorte e destruir todos os mundos. As Estrelas de Fogo e de Água já foram recuperadas pelos seis guardiões, mas resta a Estrela de Gelo, e a batalha atingirá seu clímax.
Doyle McCleary, o espadachim imortal, prometeu nunca mais voltar para casa. No entanto, quando a procura pela última estrela o leva ao condado de Clare, na Irlanda, ele deve encarar o passado. Três séculos atrás, uma tragédia o obrigou a fechar o coração para o amor, sobrando em seu peito apenas morte e solidão. Sua natureza selvagem só não é mais intensa que a de Riley... e da loba que há dentro dela.
Arqueóloga e licantropa, a Dra. Riley Gwin não se rebaixa a ninguém. Fechada em sua biblioteca, em busca da misteriosa Ilha de Vidro, ela tenta negar a forte atração que sente por Doyle. Afinal, a última coisa de que precisa é uma distração.
À medida que o último desafio dos guardiões se aproxima, a loba e o imortal têm que unir forças pela vida de seus amigos. Com Nerezza recuperada e furiosa, os dois vão descobrir que a melhor arma para dar fim à escuridão talvez seja o amor.



Assim que terminei Baía dos Suspiros, fiquei contando os dias para o último livro da trilogia Os Guardiões e como a editora Arqueiro não decepciona, trouxe em seu lançamento de novembro esse tão aguardado desfecho.

Em Ilha de Vidro, teremos o confronto final dos guardiões com Nerezza e a busca pela terceira Estrela da Sorte.

De cara, temos nossos personagens tentando reunir forças e se recuperarem da última batalha e assim como nos livros anteriores, o casal protagonista se dá através de Doyle e Riley.

Doyle McCleary, conhecido como o espadachim imortal, se vê de volta ao condado de Clare, na Irlanda, toda essa coincidência, o fará encarar suas memórias do passado, suas dores e algumas descobertas a partir de reencontros com antepassados, principalmente com o lugar onde estão abrigados.

“Haverá mais uma batalha, mais sangue será derramado. Nerezza e o demônio que ela criou querem mais do que as estrelas, mais do que a morte dos guardiões. Querem aniquilação.”

No outro lado, temos Dra. Riley Gwin, a Arqueóloga e Licantropa, ou seja, sua capacidade de se transformar em loba faz dela um ser único entre seus amigos. Observadora e muito estudiosa, não vai parar enquanto não conseguir descobrir o paradeiro da terceira e última estrela, mas a companhia constante de Doyle acaba afetando seus sentimentos, muito mais que ela gostaria de admitir.

Nerezza é esperta e tem sede de destruição. Ela está recuperada e ficando cada vez mais forte, sua gana em levar o mundo à escuridão é tão grande que os Guardiões irão lutar até o fim e enquanto se fortalecem para o confronto final e das armadilhas criadas por Nerezza, a junção desse imortal com a loba trará à tona o mais belo e puro sentimento capaz de mudar de uma vez por todas os rumos dessa história e salvá-lo de toda destruição. 

“– O coração de Riley começou a bater com força enquanto ela ia na direção dele – Você disse ‘Eu estou com você’.”


Terminei essa leitura com a sensação de dever cumprido. A história desses personagens me conquistou desde o primeiro livro e em seu desfecho, Nora Roberts conduziu com maestria as aventuras e batalhas travadas. O envolvimento de Doyle e Riley se dá de forma crescente e nos envolve a medida que a trama avança.

Riley é uma personagem destemida, estudiosa, um pouco cabeça dura, mas capaz de se doar ao extremo para o próximo. Doyle por sua vez, foi me encantando gradativamente. Seus medos em se abrir para o novo, mostra que até um imortal também pode ter dificuldade em enfrentar seus próprios fantasmas. 

Sobre a edição: não tenho muitos detalhes a dar, pois recebi o ebook em parceria com a editora Arqueiro. A diagramação é simples, não percebi erros de ortografia e a capa é muito bonita.

Uma trilogia para quem gosta de fantasia, muitas aventuras, batalhas. Um romance sobre amizade, descoberta do amor, a luta do bem contra o mal.







8 comentários via Blogger
comentários via Facebook

8 comentários

  1. Morro de curiosidade para conhecer a escrita da Nora. Deve ser uma leitura com boas aventuras mas tenho receio por ser fantasia.

    ResponderExcluir
  2. Oi Cá!
    A Nora passeia fácil entre os gêneros. Essa é uma série muito interessante. O que mais gostei foi da forma como os casais foram formados e o final foi bem satisfatório.
    Sua resenha está muito boa!
    Bjo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Monica!
      Nora vai do romance, sobrenatural, fantasia com bastante facilidade, ainda tem outras leituras para conhecer mas essa trilogia me surpreendeu bastante.
      Espero que goste.
      Beijos!

      Excluir
  3. Queria ler ebooks com a mesma frequencia que você lê! Hahaha quase nunca para, ne? Eu nunca li nada da Nora mas morro de curiosidade porque ela é uma autora de tanto renome e que produz tanto que fico bastante curiosa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dayhara!
      hAHAHA Eu leio bastante físico ou ebooks, na verdade o digital se tornou queridinho pela praticidade de poder levar várias leituras sem precisar ocupar tanto espaço. O Kindle é uma ferramenta maravilhosa!
      Beijos!

      Excluir
  4. Oi, Camila! Tudo bem?
    Acredita que eu nunca li nada da Nora Roberts? Porém, sempre me surpreende ver que ela consegue escrever livros de diferentes gêneros e é sempre bastante elogiada.
    Eu ainda não conhecia essa série, mas parece ser uma leitura bastante envolvente e interessante. Pelo que eu percebi, você gostou muito desse livro e me anima saber que a série foi encerrada tão bem.
    Adorei a resenha e já vou procurar saber mais sobre os primeiros livros.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Malu!
      Nora realmente consegue nos envolver com seus enredos. Se gostar de fantasia com romance essa trilogia tem tudo para agradar.
      Beijos!

      Excluir