Resenha: O Segredo do Conde - Lorraine Heath - Editora Gutenberg

Título: O Segredo do Conde - Os Sedutores de Havisham #2
Autora: Lorraine Heath
Editora: Gutenberg
Ano: 2018
Páginas: 284
Onde Comprar: AMAZON
Sinopse:


Numa noite de verão, Edward Alcott cede à tentação e beija Lady Julia Kenney em um jardim escuro. No entanto, a paixão que ela agita dentro dele, deve ser deixada nas sombras, isto porque ela ama seu irmão gêmeo, o Conde de Greyling. Mas quando a tragédia ataca, para honrar o voto que ele faz ao seu irmão moribundo, Edward deve fingir ser Greyling até a condessa entregar seu bebê.
Depois que seu marido retorna de uma estada de dois meses, Julia o encontra mudado. Mais ousado, mais atrevido e mais perverso, mesmo que ele limite seus encontros para beijos. A cada dia que passa, ela se apaixona mais profundamente.
Para Edward, as brumas do desejo provocadas naquela noite há muito tempo são rapidamente reavivadas. Ele anseia ser o marido dela de verdade. Mas se ela descobrir sua artimanha, ela o desprezará - e a lei inglesa o impede de se casar com a viúva de seu irmão.
No entanto, ele deve se atrever a arriscar tudo e revelar seus segredos se ele realmente deve levar tudo.




Edward Alcott, vem nutrindo uma paixão por Lady Julia, mas o fato de ser casada com seu irmão gêmeo, Albert, o Conde de Greyling, fez com que ele precisasse deixar esse sentimento escondido para não causar problemas. 

Com a convivência constante, afinal são irmãos, companheiros, resolvem passar algum tempo fora em uma viagem à África, porém, o pior acontece, Edward presencia a morte de seu irmão. 

Arrasado, esse libertino que vive se metendo nas maiores enrascadas e escândalos, não pensa duas vezes em conceder um último desejo de seu irmão e vai se passar por Albert, uma vez que são idênticos nas características físicas, para preservar a gravidez que tanto Lady Julia tem se esforçado para segurar. 

“– Eu senti falta de abraçar você.

Ela lhe deu aquele sorriso outra vez, aquele que abria um buraco no peito de Edward enquanto, ao mesmo tempo, conseguia deixa-lo feliz por tê-lo recebido. Antes que isso tudo acabasse, ela seria a destruição dele.”

Por causa desse pedido, assim que regressa ao convívio ao lado de Julia, Edward precisa tomar cuidado para não deixar sua personalidade e seus hábitos estragarem seu disfarce. 

A princípio, Julia pensa que seu marido está um pouco diferente porém acredita que essa distância pode ser por causa do luto e mesmo que para Edward seja cada vez mais difícil segurar seus sentimentos, em um dado momento, acaba deixando tudo ir por água abaixo. 

“– Se você me beijar, vou me perder – ela disse.

– E eu vou encontrar você, para trazê-la de volta.”

Julia fica arrasada com a descoberta de que seu verdadeiro marido, o Conde de Greyling, está morto e muito triste com Edward por ter seguido os conselhos de Albert. Mas Julia se sente diferente em relação ao tempo que passaram juntos e a culpa por ter vivido, sentido com seu cunhado e despertado para emoções antes vividas só aumentam seu pesar. 

Será que em algum momento os dois conseguiriam se encarar sem a culpa que os atormenta? 

"Ele não sabia dizer quando tinha se apaixonado por ela. Só sabia que isso aconteceu. Sem dúvida. E ele receava que ela fosse ocupar para sempre aquele lugar em seu coração."


Logo que terminei Codinome Lady V, comprei O segredo do Conde, tamanha fluidez do primeiro livro e por já ter uma iniciação do que estaria por vir em relação aos sentimentos de Edward por Julia. Mas jamais imaginei que a história seguiria tais rumos. 

Diferente de muitos romances de época, a autora não poupou em um drama, mas soube com maestria conduzir as dificuldades vividas pelos personagens. O romance do casal chama atenção por ele ter sido estruturado em um ambiente conhecido, já que eram cunhados, por isso achei bem interessante os elementos usados para dar força a trama. 

É palpável as dores de ambos os personagens, um perdeu o irmão de forma brutal e ainda precisou conceder um último desejo de um moribundo, enquanto, Lady Julia precisou encarar o luto, o sentimento de abandono e a culpa por estar se apaixonando por seu cunhado. 

Julia e Edward com todos os problemas e seus dramas, também conseguiram me encantar com seu romance. O carinho e devoção de Edward, assim como a intensidade dos seus sentimentos são bonitos de acompanhar. Julia, por sua vez, se mostra ao contrário de que todos imaginavam, não era uma moça frágil, ficou triste sim quando tudo veio à tona, mas amadureceu bastante e aos poucos foi se abrindo para a descoberta desse novo sentimento. 

Lorraine Heath não me decepcionou com essa história, pois ao dar fim a um personagem importante, fez com graciosidade (se é que matar alguém pode ser considerado gracioso...rs), mas o que quero dizer é que para trazer um novo relacionamento, não precisou fazer com que o leitor passasse a odiar o Albert e isso é mérito de poucos autores, por isso, vale a pena ressaltar. 

Os personagens secundários, são extremamente importantes em algumas cenas e podemos também matar as saudades de Ashe e Minerva. 

A edição da Editora Gutenberg está linda demais. A capa é um arraso, a diagramação é bonita, a fonte é confortável para leitura. 

O segredo do Conde tem narrativa em terceira pessoa e faz parte de uma trilogia. Um romance de época envolvente, com personagens bem construídos, diálogos inteligentes, repleto de cenas de entrega, amor e companheirismo. Mais uma história para se apaixonar e colocar na lista de favoritos.






6 comentários via Blogger
comentários via Facebook

6 comentários

  1. Tudo bem?
    Esse não é um tipo de leitura que me encante muito. Bem raro de eu ler. Mas já ouvi falar bem do livro e sua resenha foi mais uma das muitas positivas que eu já vi na blogosfera.
    É muito bom quando encontramos uma leitura que nos agrada.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem? Ainda não conhecia essa tirologia, mas pelo o que tu disse desse livro ela parece ser ótima... Adorei a resenha, com certeza irei ler!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  3. Oi Cá!
    Sou apaixonada por romances de época e a história de Julia e Edward é linda. A entrega e o amadurecimentos dos personagens é uma coisa absurda. Não vejo a hora de trazerem mais livros da autora para cá.
    Adorei a resenha!
    Bjo!

    ResponderExcluir
  4. Olá Camila, tenho bastante curiosidade de ler essa trilogia, pelos seus comentários o enredo desse livro ficou bem bacana e com uma boa dose de drama, gostei de saber que os personagens secundários também foram bem desenvolvidos *-* Espero poder lê-lo em breve *-*

    ResponderExcluir
  5. olha, pra quem curte o gênero esse deve ser um livro e tanto, achei a premissa bem densa... imaginei ficar no lugar da protagonista, sinceramente não saberia como agir a tudo isso... xD

    legal vc ter aproveitado a leitura...
    bjs ^^

    ResponderExcluir