Resenha: Loucamente Sua - Rachel Gibson - Editora Jardim dos Livros

Título: Loucamente Sua - Série Truly, Idaho #1
Autora: Rachel Gibson
Editora: Jardim dos Livros (Geração Editorial)
Ano: 2012
Páginas: 344
Onde Comprar: AMAZON
Sinopse:



De volta à sua cidadezinha para atender ao funeral do seu padrasto Henry, a bela cabeleireira Delaney é surpreendida com uma cláusula do testamento dele: se quiser receber a sua herança, ela deverá permanecer um ano inteiro na cidade e não ter "contato sexual" algum com o bad boy Nick, filho bastardo de Henry. Acontece que, dez anos antes, ela e Nick viveram uma paixão, e embora ele seja um mulherengo incorrigível, a proximidade de ambos reacende a antiga chama. Será Delaney capaz de resistir ao motoqueiro de conversa fiada?




No primeiro livro da série Truly, Idaho, conhecemos a história de Delaney Shaw e Nick Allegrezza. 

Delaney é uma mulher que tem uma beleza estonteante. Ruiva, com olhos expressivos e perto de completar trinta anos, vê sua vida ficar tumultuada ao precisar retornar para Truly. Cabelereira, ainda batalhava para ter seu próprio salão.

"Ele era proibido para ela por toda a vida, e ela foi atraída a ele como um inseto a uma luz. Delaney foi uma boa garota que desejava se libertar, e tudo que ele tinha que fazer era estalar o dedo e dizer quatro palavras. Quatro palavras provocativas de seus lábios mau."

Nick Allegrezza, desde a infância sofreu várias decepções. Sua mãe se envolvera com Henry, mas nunca foi reconhecido pelo pai, porém com o passar dos anos ele conseguiu obter sucesso em seus negócios e tinha uma vida estável, confortável. 

Com a morte de seu padrasto e a vinda para a pequena cidade, só restava aguardar a leitura do testamente para voltar pra sua vida, mas ambos, Delaney e Nick, são surpreendidos com os itens do testamento que deveriam cumprir para terem direito à herança. Delaney precisaria ficar na cidade e cuidar de sua mãe durante um ano e Nick, que agora reconhecida a paternidade, precisaria se manter longe dela.

"Alguém já te beijou, pergunta Nick a Delaney, até que você se sentisse tão excitada como se estivesse em brasas? Até que não ligasse para mais nada?"

Tudo seria fácil se Nick e Delaney não tivessem um passado. E estar perto do homem com quem teve um passado e que ainda mexe com seus sentimentos sem quebrar as cláusulas do testamento não será fácil. 

"— Eu menti para você ontem.
Ela olhou para baixo, porém não conseguia vê-lo.
— Quando?
— Quando eu disse que poderia ser qualquer uma. Eu a reconheceria de olhos fechados. — A voz profunda dele passava pela escuridão de forma mais íntima que um sussurro. Ele acrescentou:— Eu reconheceria você Delaney."


O enredo em si não é surpreendente, mas convence, os personagens são trabalhados com calma, de forma gradativa e vamos encaixando as peças desse romance pouco a pouco ao longo dos capítulos, porém em alguns pontos pode se tornar cansativa. 

Os personagens precisam passar por algumas situações que acabam contribuindo para que entrem naquelas trocas de farpas em meio aos diálogos. Delaney tem medo de se abrir para novas chances no campo sentimental por tudo o que sofrera no passado, já Nick demorou a me ganhar por suas atitudes nada bacanas ao longo da história, mas ao final foi se redimindo e me conquistando. 

Sobre a edição: Tendo sua primeira edição publicada em 2012 pelo selo Jardim dos Livros (Geração Editorial). A capa e a contracapa são bonitas, tem um colorido que me agrada muito. A diagramação é simples e o tamanho da fonte usada é confortável para leitura. 

Rachel Gibson tem uma escrita de fácil leitura, sem complicações, cativante e traz em seu enredo vários clichês, deixando o romance divertido, encantador e com algumas passagens bem sensuais.







6 comentários via Blogger
comentários via Facebook

6 comentários

  1. Olá Camila! Eu já tinha visto essa capa por aí, mas nunca tinha lido uma resenha. No entanto, parece bem aqueles romances clichês da mocinha apaixonada pelo badboy, e sua resenha confirmou isso. rs É um tipo de leitura que tende a ser agradável, mas geralmente me irrito com certas atitudes (como você parece ter se irritado também). Ultimamente não ando com muita paciência para esse gênero, mas que bom que curtiu a leitura.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Oiee!

    Não conhecia a história e nem a autora, mas já amei!!
    AMO romances, principalmente quando envolve um "romance proibido" e um passado que não teve seu desfecho e ainda deixou feridas abertas.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bem?!

    Poxa cara, eu amei essa premissa! Imagina que doidera você não poder reviver o seu passado pra ficar rica?! Acho que pra mim seria fácil, mas fiquei curiosa pra saber o que acontece nesse livro, quero muito mesmo!! ADOREI essa resenha!!!

    ResponderExcluir
  4. Olá, apesar de não ser meu gênero de leitura gostei muito da premissa do livro, acredito ser um romance bom para nos tirar de uma ressaca literária ou algo parecido, beijos!

    ResponderExcluir
  5. Achei o testamento muito hilário e meio incomum, só de ler a premissa já estou rindo rsrs Parece ser uma leitura bem gostosa, e talvez seja um pouco lenta por ser uma série, então é compreensível. Gostei da dica, e nunca imaginava do que se tratava a história.

    ResponderExcluir
  6. Eu adoro a escrita da autora exatamente por isso, é sempre leve e envolvente. Esse livro ainda não li da Rachel, mas já tenho na estante, só falta um tempinho. kkkk
    Adorei sua resenha!
    beijos

    ResponderExcluir