Resenha: Você - Caroline Kepnes - Editora Rocco

Título: Você - #1
Autora: Caroline Kepnes
Editora: Rocco
Ano: 2018
Páginas: 384
Onde Comprar: AMAZON 
Sinopse:


Bestseller do The New York Times, o romance de estreia de Caroline Kepnes ganhou elogios de escritores do calibre de Stephen King e Sophie Hannah, além de resenhas estreladas, e deu origem a uma série de TV homônima que estreia neste primeiro semestre nos EUA. Não é para menos. Hipnótico, assustador, brilhante são alguns dos adjetivos usados para descrever este thriller sobre um amor obsessivo e suas perigosas consequências. A trama tem início quando Guinevere Beck, que deseja ser escritora, entra na livraria do East Village onde Joe Goldberg trabalha. Bonita, inteligente e sexy, Beck ainda não sabe, mas é a mulher perfeita para Joe, que, a partir do nome impresso no cartão de crédito de sua cliente, passa a vasculhar sua vida na internet e a orquestrar uma série de eventos para garantir que ela caia em seus braços, fazendo com que tudo pareça obra do acaso. À medida que o romance entre os dois engrena, porém, o leitor descobre que Beck também guarda certos segredos e os desdobramentos desse relacionamento mutuamente obsessivo podem ser mortais.




Guinevere Beck, ou só Beck, entra em uma livraria procurando algo que chame sua atenção. Entre as estantes se depara com um rapaz disposto a ajudá-la em sua busca. O vendedor em questão é Joe Goldberg, que de cara demonstra interesse por ela.

A partir daí, Joe passa a stalkear Beck quando pega as informações de seu cartão contendo nome todo e para um rapaz inteligente foi um prato cheio sua vítima ser fanática por expor uma vida bem fantasiosa nas redes sociais. Assim, Joe não perde tempo e passa a reunir informações que possa utilizar a seu favor, aproximando-se cada vez mais de sua obsessão por aquela mulher.

“Você não entrou aqui por causa dos livros, Beck. Você não precisava dizer meu nome. Não precisava sorrir, escutar ou me dar atenção. Mas fez isso. Sua assinatura está no recibo. Essa não foi uma transação em dinheiro e não foi um débito. Isso foi real. Eu aperto o polegar na tinta fresca de seu recibo e a tinta de Guinevere Beck suja minha pele."

Joe é um cara que tem um passado bem complicado e já se envolveu em outro relacionamento com um término que aos poucos vamos ficando por dentro do que realmente veio acontecer. 

Com um temperamento que beira a insanidade, ele não demonstra arrependimentos em tirar do seu caminho, qualquer obstáculo que possa a vir atrapalhar seu sucesso com Beck e aí mora todo o perigo para os que cruzam seu caminho.

"A única coisa mais cruel que uma gaiola tão pequena que um pássaro não consiga voar é uma gaiola tão grande que um pássaro pense que pode voar. Apenas um monstro trancaria um pássaro lá dentro e diria ser amante dos animais."

Obsessivo, sua loucura em seguir os passos de Beck vai desde fuxicar suas redes sociais até invadir sua casa para buscar elementos que possa fazê-lo notar e vir a precisar de estar cada vez mais em sua companhia. 

Beck tem seus próprios demônios para enfrentar e tudo parece ser um obstáculo para se entregar a escrita e conseguir alcançar seus objetivos como uma renomada escritora. Assim que Joe entra em sua vida, parece que as coisas começam a funcionar de certa forma e vai criando cada vez mais laços com o rapaz, utilizando a bel prazer, mas com a convivência vai se tornando um caminho sem volta e quando a verdade toda vem à tona pode ser tarde demais.

“Você é um doce. Você vê o melhor nas pessoas. Você me complementa."


Confesso que achei Joe um psicopata meio atrapalhado. Com planejamentos loucos, o que salva é que a narrativa feita por ele se mostra interessante, deixando uma certa curiosidade para saber se realmente conseguirá chegar as vias de fato e como todo suspense, impossível não sentir vontade de saber como será o final.

Beck é aquela personagem que podemos chamar de ok. Não tem muitos atrativos, eu diria até que é bem chatinha. Sem personalidade, fútil e que gosta de viver de aparências, sua vida é completamente uma farsa e por incrível que parece deu uma certa melhorada após Joe se instalar na sua vida. 

O enredo é curioso, a autora nos mostra as duas faces do personagem e isso deixa a história mais instigante e envolvente, pois não vemos seu arrependimento e a todo momento em seus relatos, fica nítido o quanto suas ações, para Joe é normal e tem uma justificativa de estar fazendo para o bem da vítima e por amor.

Com um final previsível, Você é uma leitura que chama atenção pelas atitudes comportamentais do protagonista. Nos faz questionar o ser humano, as consequências e até que ponto elas são capazes de chegar usando o amor para justificar seus atos insanos.






13 comentários via Blogger
comentários via Facebook

13 comentários

  1. Li esse livro antes de assistir o seriado e já tinha curtido bastante. Mas a série, na minha opinião superou o livro, olha que isso quase nunca acontece. Apesar do livro ter sido muito bom, o seriado conseguiu captar ainda melhor a personalidade de Joe e até confundir quem estava assistindo e não lei a história, pensando que o "jeito que ele persegue" é justificável por conta de certas coisas que supostamente aconteceram com ele e que não é bem assim.

    Concluindo.. Adorei demais.

    ResponderExcluir
  2. Eu só vi a série e na verdade, ainda não a conclui, mas gostei demais do ritmo que ela tem. Quanto ao protagonista, fico muito angustiada quando começo a torcer para o vilão e isso me afasta um pouco da experiencia de leitura, por isso não sei se o livro funcionaria pra mim.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Estou curiosa tanto pela leitura, quanto pela série.. Gostei de saber um pouco mais sobre a trama. Imagino que ambos devem ter algumas diferenças entre eles, e isso me deixa mais animada ainda para conferir os dois.
    beijos

    ResponderExcluir
  4. Vi várias divulgações da Netflix sobre a série "Você", descobri há poucos dias sobre o livro! Sinceramente, achei a adaptação mais atraente do que o texto original, mas pretendo lê-lo em algum momento. =)

    ResponderExcluir
  5. Oi, Cá.
    Li um livro da Intrínseca com uma ideia parecida com essa e achei ótimo.
    Agora estou super curiosa para saber se essa narrativa vai me conquistar também. Essa coisa de gente obsessiva é muito doida!!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  6. Olá!

    Eu li o comecinho dele, mas desisti.. prefiro a série em si, o tema e forma demais para me aventurar na leitura.

    ResponderExcluir
  7. Oi! Eu tinha me interessado neste livro há um tempão atrás, quando nem tinham sonhado em fazer série. Aí fui pesquisando um pouco mais, lendo algumas resenhas e acabou que perdi total a vontade. Além do tema que precisa de visibilidade e discussão, essa maneira doentia que alguém fica obcecado por outra pessoa, eu meio que achei o enredo fraco. A série também não está me interessando, quem sabe em algum momento futuro. Obrigada pela resenha!


    Bjoxx ~ http://www.stalker-literaria.com ♥

    ResponderExcluir
  8. Oi Camila, tudo bem?
    Eu comecei a assistir a adaptação desse livro e estou curtindo bastante. Pelo que percebi, esse livro parece ser tão angustiante quanto a série. O Joe é um personagem doentio, mas a gente começa a torcer para que as coisas deem certo para ele.
    Vou me arriscar em ler esse livro também!
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi, Camila!
    Assisti a série e achei a forma como a história vai se desenvolvendo muito bem encaixada, o que me deixou bem interessada no livro (eu tinha planejado ler primeiro, mas não deu certo haha). A construção do Joe me deixou um tanto incomodada, principalmente porque começamos a querer torcer por ele mesmo sendo completamente insano, mas acho que essa era a intenção né?
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Oi tudo bem? Eu não li o livro, mas assisti a série e gostei bastante, já notei algumas diferenças entre a série e o livro pela sua resenha, e fiquei bem curiosa para conferir o livro
    bjos
    Pah
    Lendo e Escrevendo

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem Camila?

    Eu quero ler o livro, o seriado ainda não assisti, a minha namorada está assistindo e curtindo muito, mas quero passar primeiro pelo livro. Gostei da sua resenha e impressões, a foto também ficou legal. Dica anotada!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  12. Olá, eu vi um pouco da série e já deu pra notar que o Joe tem umas atitudes bem duvidosas, gostei de saber um pouco sobre o livro pelo seu post, é uma leitura que tenho vontade de fazer.

    ResponderExcluir
  13. Olá
    Eu assisti a série e só fiquei sabendo que tinha livro quando eu estava quase terminando. Eu tenho que confessar que amei a série, mesmo sendo algo que muitas pessoas julgam que não acontece eu acredito que existe pessoas como o Joe. A premissa é fantástica o que eu mais fiquei impressionada é como ele pensa e articula as coisas. Quero muito ler o livro para poder entrar um pouco mais na cabeça do Joe. Na série eu não fui muito com a cara da protagonista acho que ela se esforça demais par ser aceita pelas amigas que tem um alto padrão de vida e acho que ela se faz de pobre coitada demais.

    ResponderExcluir