Resenha: Corte de Gelo e Estrelas - Sarah J. Maas - Editora Galera Record

Título: Corte de Gelo e Estrelas - #3.1
Autora: Sarah J. Maas 
Editora: Galera Record
Ano: 2018
Páginas: 238
Onde Comprar: AMAZON
Sinopse:


O aguardado spin-off da série Corte de Espinhos e Rosas.
Feyre, Rhys e seu círculo íntimo de amigos ainda estão ocupados reconstruindo a Corte Noturna e tentando manter a paz, conquistada a base de muito esforço e perdas pessoais, após a queda da muralha.
Mas o Solstício de Inverno finalmente está próximo e, com isso, um alívio merecido. Compras, festas, celebração e a promessa de dias tranquilos. A atmosfera festiva não consegue, entretanto, impedir que as sombras da guerra se aproximem.
Em seu primeiro Solstício como Grã-Senhora, Feyre ainda lidando com os horrores do passado recente, e percebe que seu parceiro e sua família têm mais cicatrizes do que ela esperava – cicatrizes que podem impactar o futuro, e a paz, de sua Corte.



Nossos personagens estão tentando lidar com as consequências ocasionadas pela guerra com rei de Hybern e a queda da muralha. Grande parte das famílias tiveram seus entes queridos afetados de alguma forma por essa terrível tragédia e estão tentando reconstruir partes das cidades, suas casas, lidar com perdas e ainda continuar treinando, pois nunca se sabe o que pode ocasionar um novo confronto. 

Alguns estão insatisfeitos e uns rumores tem sido motivo de pequenos ciclos querendo se rebelar, porém, Cassian, Azriel e Rhysand, estão monitorando afim de encontrar o foco e minimizar as consequências. 

Paralelo a isso, a cidade se prepara para o Solstício de Inverno, e é tempo de muito frio e neve incessante, deixando Velaris ainda mais bonita. 

“Às estrelas que ouvem – e aos sonhos que são atendidos.”

Assim como todos estão tentando encarar esse evento uma forma de manter todos unidos e confraternizando, como manda as tradições, Feyre ainda lida com os horrores das lembranças de olhar no espelho Uróboro, da perda de seu pai e sua falta de traquejo em tentar compreender suas irmãs. 

Elain é um pouco mais tranquila, mas está tendo dificuldades de aceitar sua nova condição e ter seu noivado arruinado. Ela não quer saber de Lucien e não aceita o laço da parceria, porém, ao lado de Azriel, ela consegue mostrar um pouco mais de segurança e até mesmo conversar. 

Nestha é rebelde assumida. Depois de roubar mais poderes do Caldeirão, ver seu pai morrer e ainda lidar com sua nova condição de ter sido transformada em feérica, decidiu se manter afastada de todos principalmente de Cassian, levando uma vida solitária e obscura. 

"Ela rasgou a escuridão com garras e dentes. Dilacerou e destruiu. A escuridão eterna ao redor dela estremeceu e se debateu. Ela riu enquanto aquele poder tentava recuar."

Cassian, Azriel, Mor, são fortes e destemidos, sofreram muito e ainda lidam com a carga após tantos anos. Roubam a cena a cada vez que aparecem e espero que nos próximos livros a autora traga mais de suas vidas e que tenham um final feliz. 

Rhysand é incansável na luta pela paz. Está sempre indo de um lado para o outro, tentando articular, liderando novas frentes. Ele ainda precisa coordenar a família, mas nunca esquece de seu carinho e amor por Feyre, a quem se dedica com afinco. 

E Tamlin... bom... há quem torça para que ele consiga se reerguer. Porém, ainda segue solitário em uma corte destruída.

“– Amo você – sussurrou ele. – Mais do que a vida, mais do que meu território, mais do que minha coroa.”


Corte de Gelo e Estrelas é uma extensão da trilogia. Diferente dos livros anteriores, aqui temos as narrativas alternadas pelos personagens a cada capítulo. Isso nos dá um vislumbre de seu passado e de tudo o que enfrentaram até os dias atuais. 

Algumas partes realmente são interessantes. As minhas favoritas estão relacionadas as aparições de Azriel e Cassian. Confesso que estou ansiosa para um desfecho na vida deles e uma redenção das possíveis parceiras. 

Lucien na trama mais uma vez ficou esquecido e continuo aguardando que alguém lhe revele alguns de seus segredos de sua origem. 

Nestha é chata demais, até entendo sua dificuldade em lidar com as coisas, mas vai ser mal agradecida assim lá longe hein. Elain é boazinha, mas bem sem açúcar. Quero uma reviravolta e uma injeção de ânimo nessas personagens no próximo livro. 

Feyre e Rhys, viraram coelhos. A autora começa a ficar repetitiva em relação a eles e tudo acaba em sexo ou diálogos sexuais. 

Mas Feyre, apesar de já estar há quase dois anos vivenciando todas as experiências desde p dia que foi levada por Tamlin, aqui perdeu um pouco o senso e se mostra um pouco chatinha e egoísta em dar liberdade para que as pessoas também entendam o que se passou com elas. 

A edição é linda. A editora Galera Record está de parabéns pelas capas. A diagramação é bonita e sempre temática. A fonte é confortável para leitura. 

Corte de Gelo e Estrelas vem para matar um pouco das saudades dos personagens e mostrar um pouco mais de outros tantos que se destacaram e caíram no apreço dos leitores ao longo da trilogia. É bem esclarecedora, mas não vá lendo achando que terá batalhas pela frente e grandes aventuras, porque não acontece aqui. Mas já fica aquela sementinha de que essa onda de paz pode mudar a qualquer instante e se teremos grandes confrontos entre Cortes, humanos e até mesmo novas criaturas, vamos ter que aguardar os próximos livros. 

Uma leitura rápida, envolvente. Um ponto de vista mais romântico de nossos personagens. Com demonstrações de união, fé e esperança de dias melhores. Amigos que se tornam família.







4 comentários via Blogger
comentários via Facebook

4 comentários

  1. Hey Camila! Tudo bem?
    Preciso terminar Corte de Asas e Ruínas pra poder ler esse, super ansiosa.
    Obrigada por comentar lá no blog.
    Volte sempre!

    ~ Blog Misto Quente
    ~ Siga no Instagram
    ~ Curta no Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh termine a leitura. O livro tem um desfecho incrível.
      Vale a pena!

      Excluir
  2. Oi Ca!
    Me parece que esse livro conta um pouco mais dos personagens secundários dessa série. Gosto desse vislumbre deixando a leitura ainda mais cativante.
    Agora quero tempo pra conseguir ler esses livros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pri.
      É exatamente isso. Mas a autora deixa aquela sementinha de que mais coisas virão por ai.
      Vale a pena conhecer!

      Excluir