Resenha: Impecáveis - Sara Shepard - Editora Rocco Jovens Leitores

Título: Impecáveis - Pretty Little Liars #2
Autora: Sara Shepard
Editora: Rocco Jovens Leitores
Ano: 2011
Páginas: 336
Onde Comprar: AMAZON 
Sinopse:


A trama se inicia no ponto onde Maldosas, o primeiro livro, terminou: após uma cerimônia em memória de Allison DiLaurentis, a amiga cujo corpo foi encontrado três anos após seu desaparecimento, as garotas descobrem que todas estavam recebendo mensagens de texto e emails assinados por “A”, ameaçando revelar seus mistérios mais íntimos. Como desconfiavam que Ali poderia estar viva e ser a responsável pelos recados, elas sentem uma mistura de muita tristeza e alívio com a confirmação de sua morte. Mas “A” continua a atormentar cada uma das meninas e, desesperadas para descobrir a verdade, elas ficam chocadas ao ver que Toby Cavanaugh voltou à cidade: irmão de Jenna, do terrível segredo “A Coisa com Jenna”, ocorrida ainda no sétimo ano, seria ele “A”? Ou o assassino de Ali, que vivia maltratando-o? Ou os dois?



Dando sequência nas resenhas da série Pretty Little Liars, o segundo livro inicia justamente onde parou o anterior. 

Temerosas com as mensagens anônimas de A, as amigas, Emily, Aria, Spencer e Hanna, não veem a hora de descobrirem quem está por trás de tantas ameaças. 

Algo nas ameaças acaba fazendo com que as garotas comecem a perceber que tudo isso está longe de terminar. Principalmente quando tudo parece piorar e as chantagens se tornam direcionadas, revelando os segredos mais obscuros de cada uma dessas amigas. 

“P.S.: Você está se perguntando quem eu sou, não está? Eu estou mais perto do que você imagina. – A”

Mas como alguém pode saber tanto da intimidade dessas meninas? Por isso, partindo do princípio que esse alguém teria que estar convivendo diariamente com elas, uma onda de desconfianças começa a se instalar, colocando uma amiga contra a outra, transformando-as em um prato cheio para a manipulação de A, mas também vamos combinar que essas meninas só fazem besteiras, o que fica extremamente fácil para serem chantageadas. 

A cada livro mais segredos dessas garotas vão sendo desvendados e sempre que pensamos que estamos perto de descobrir quem é A, logo temos reviravoltas, seguimos no suspense, inclusive a autora está ficando mestre em matar personagens, mas é claro que não vou contar que é o cadáver da vez. 

“Oi de novo, Hanna! Quero que você leia para Naomi e Riley as frases abaixo, exatamente como estão escritas. Sem trapaças! E se você não fizer isso, todos vão saber a verdade sobre você-sabe-o-quê. E isso inclui papai. – A.”

No entanto, a leitura se mostra instigante e ágil. Arestas do primeiro livro vão sendo desvendadas nesse enredo, assim, personagens como Jenna e a tal Coisa da Jenna, bem como a porquê dela ter ficado cega e através de quem isso aconteceu, Toby e os dramas envolvendo esse núcleo são esclarecidos.



Impecáveis é um livro que nos deixa eletrizado e mostra a competência da autora de dar sequência e contar várias histórias ao mesmo. Espero que continue assim no decorrer da série, afinal são inúmeros livros. Apesar de ter a sua adaptação, que no caso eu já tive oportunidade de assistir, quis me aventurar na leitura justamente para conferir o que tem de diferente entre livro e série. E vai por mim, tem várias coisas que não encaixam, mas adaptação tem dessas coisas mesmo. 

Alguns personagens aparecem menos, como o caso do Ezra, mas até ai tudo bem, porque ainda não senti tanta empatia por ele. Hanna em boa parte da história se torna o foco da obsessão de A. 

Uma trama cheia de segredos, muitas reviravoltas. Personagens instigantes, que nos deixa curiosos o tempo todo, o enredo é bem construído, os capítulos chamam atenção por seus títulos e com um final bombástico. 

Impecáveis foi publicada pela Editora Rocco Jovens Leitores em 2011 e está disponível em físico ou ebook (também pelo Kindle Unlimited).





0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário