Resenha: A Caça - M.A. Bennett - Editora Arqueiro

Título: A Caça 
Autora: M.A. Bennett
Editora: Arqueiro
Ano: 2019
Páginas: 240
Onde Comprar: AMAZON 
Sinopse:

*Livro recebido em parceria com a editora.

O ano letivo começou e Greer ­MacDonald está se esforçando ao máximo para se adaptar ao colégio interno onde ela entrou como bolsista. O problema é que a STAGS, além de ser a escola mais antiga e tradicional da Inglaterra, é repleta de alunos ricos e privilegiados – tudo o que Greer não é.
Para sua grande surpresa, um dia Greer recebe um cartão misterioso com apenas três palavras: “caça tiro pesca”. Trata-se de um convite para passar o feriado na propriedade de Henry de Warlencourt, o garoto mais bonito e popular do colégio... e líder dos medievais, o grupo de alunos que dita as regras.
Greer se junta ao clã de Henry e a outros colegas escolhidos para o evento, mas esse conto de fadas não vai terminar da maneira que ela imagina. À medida que os três esportes se tornam mais sombrios e estranhos, Greer se dá conta de que os predadores estão à espreita... e eles querem sangue.
Que a caçada comece!




Tudo o que Greer MacDonald precisava era de um lugar onde pudesse estudar sem precisar passar pelos cuidados de sua tia. Por isso, quando ganhou uma bolsa de estudos na tradicional escola STAGS, fica aliviada, assim seu pai um cinegrafista que vive viajando captando a vida selvagem mundo a fora em meio aos documentários, não precisaria se preocupar com sua filha estar sendo bem cuidada. 

Claro que o que ele nunca imaginaria era que ao entrar para STAGS, Greer não se encaixaria dentro do sistema porque tudo o que acontece lá dentro não passa despercebido pelos alunos poderosos que compõe a elite daquele local. 

“Na natureza tudo é questão de ordem e equilíbrio. Se uma espécie inferior começar a ficar abundante demais, ela deve passar por abate seletivo."

Por ser um colégio bem tradicional da Inglaterra, tanto os professores quanto os alunos levam a sério a não inserção da modernidade criada ao longo dos anos como: os aparelhos tecnológicos (celulares, tablets, TV), uso desenfreado de internet e tudo o que vem com a facilidade das redes sociais. 

Desde que começaram as aulas, Greer não tinha feito nenhuma amizade, nem com a sua colega de quarto que a desprezava. A partir daí, ela notou que parte da escola seguia essa dinâmica, mas foi em sala de aula que começou notar uma frase aqui e ali destinada a seu colega de classe Shafeen por parte dos alunos que integravam o que eles chamavam de Medievais. 

“A caçada já havia começado.”

Os Medievais nada mais eram que a elite e o centro de toda a STAGS. Ricos, com um passado cheio de títulos e um histórico envolvendo realeza, colocava um dos garotos mais bonitos e populares que Greer ainda não tinha conseguido desvendar, o líder do clã aristocrata, Henry de Warlencourt. 

O Justitium vinha se aproximando e com ele o evento anual “CAÇA TIRO PESCA”, estaria prestes a ter novamente sua edição em uma das propriedades da família de Henry. Dessa vez, três pessoas receberiam o convite para se juntar aos Medievais e Greer, Shafeen e Chanel são os escolhidos da vez. 

Todos com histórico de rejeição desde que ingressaram na STAGS agora teriam oportunidade de se juntar ao clã, passar um final de semana com atividades de sangue e ao final serem aprovados ou não para integrarem ao misterioso grupo.

“Desventura. Era um bom modo de descrever todo o fim de semana em Longcross. Uma aventura que deu errado.”

Mas o que eles não contavam era que todas as atividades em Longcross Hall se mostrariam bem mais que uma simples reunião para caçar cervos, atirar em aves e pescar algumas trutas. Um feriado assustador, com um desfecho trágico e impactos que vão muito além dos portões dessa antiga propriedade. 

“Como bem diz Hannibal em O silêncio dos inocentes, é quando os gritos param que a gente precisa se preocupar.”


Assim que fiquei sabendo sobre esse livro fiquei intrigada e logo solicitei. Com uma proposta de um suspense envolvendo jovens, assim que iniciei a leitura foi difícil parar. 

A autora claramente aborda a diferença de classes sociais, mostra a força e as consequências do bullying, principalmente os realizados por ricos e mesmo que não seja um enredo com elementos inovadores, me surpreendi com o ritmo de leitura. 

De fato, o leitor irá se deparar logo nos primeiros capítulos com um assassinato e os relatos narrados por Greer, que vai nos dar um amplo e atento olhar sobre tudo o que aconteceu desde os dias que antecederam o convite, o feriado, além de todas as descobertas que os três amigos fizeram no decorrer do tempo. 

Tentei fazer um breve resumo para não dar mais spoilers, pois eles estão por toda a parte e vai por mim, vale a pena descobrir e se surpreender com o desfecho sozinho. 

Assim como temos os capítulos que são narrados por Greer, o livro também se divide em partes, mas confesso que as partes que mais me deixou ligada, foram os momentos finais na PESCA e no epílogo, que deixa o leitor com gosto de quero mais e uma possível continuação da trama. 

Um fato curioso são as referências que a autora faz ao longo do enredo. Citações a todo momento de filmes e livros, fica até difícil citá-los de tantos que foram utilizados. 

Um suspense que provavelmente irá dividir opiniões. Apesar de ter gostado de várias partes da como a história foi conduzida, ter bons personagens, trazer à tona algumas críticas sociais, confesso que senti falta de cenas com mais ação, de repente um pouco mais de terror. 

A Caça foi publicado pela editora Arqueiro em fevereiro. Seu projeto gráfico está bonito e não percebi erros de ortografia. Para os fãs de adaptação cinematográficas, o livro de M.A. Bennett teve seus direitos comprados.

DLL19 Abril | Livro mencionado em outro livro.





4 comentários via Blogger
comentários via Facebook

4 comentários

  1. Parece um livro muito bom.
    Abordar a diferença entre classes sociais, é interessante, pois é um preconceito que me incomoda muito.
    Fiquei curiosa em ler, adoro um suspense adolescente

    ResponderExcluir
  2. Oi Camila! Imaginei outra coisa, totalmente diferente, que seria esse livro! E agora, me deparo com quase que uma aventura adolescente! Gostei que a autora aborda vários temas, e que você mesmo pegou várias referências legais durante a leitura. O que me chamou a atenção foi essas turmas diferentes nesse novo colégio, e a maneira como eles se posicionam uns com os outros. Adorei sua resenha!

    Bjoxx ~ Aline ~ www.stalker-literaria.com ♥

    ResponderExcluir
  3. Eu achei essa capa muito caprichosa e o enredo me ganhou. Fiquei curiosa com as referencias que você citou e eu gosto muito quando os autores fazem isso.
    Já quero ler.
    beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi, eu estou bem curiosa para ler esse suspense adolescente. Confesso que só de ler a sinopse eu já tinha suspeitado do rumo que a trama tomaria, nem todos os leitores podem curtir mesmo, mas não diminui minha vontade de ler. Amei sua resenha.

    ResponderExcluir