Resenha: O Lado Obscuro - Tarryn Fisher - Faro Editorial

Título: O Lado Obscuro
Autora: Tarryn Fisher
Editora: Faro Editorial
Ano: 2019
Páginas: 288
Onde Comprar: AMAZON 
Sinopse:

*Livro recebido em parceria com a editora.
Considerada a obra mais visceral de Tarryn Fisher, você entenderá porque leitores de vários países o elegeram como um dos livros mais especiais de suas vidas.Quando a escritora Senna Richards acorda na manhã de seu aniversário, ela não está em seu quarto. Raptada e trancada numa casa em meio a uma tempestade de neve, ela precisa decifrar as pistas ligadas ao seu passado para conseguir fugir. Forjada pela dor, moldada pelo abandono, Senna se tornou uma mulher que destrói antes de ser destruída...Apenas uma pessoa conseguiu atravessar suas barreiras e conquistar sua confiança, mas isso aconteceu há muitos anos...“Isaac era um estranho, mas foi capaz de enxergar minhas feridas mais do que qualquer outra pessoa.”O cirurgião Isaac encontrou Senna em um momento de caos e vulnerabilidade, depois de um furacão que lançava cinzas sobre suas feridas. Ele a ajudou quando ninguém mais pôde, mas agora, tudo está diferente. Depois de tanto tempo distantes um do outro, os dois estão presos na mesma cabana, e podem ser consumidos por recordações que esperavam esquecer. Além do perigo que os cerca, a escassez de comida e água, e os jogos perigosos do raptor, um sentimento antigo começa a despertar, ameaçando romper novamente as defesas de Senna, o que pode ser fatal.




Senna Richards sempre teve como companheira a solidão. Acostumada a afastar aqueles a quem começa a desenvolver algum tipo de laço, sua melhor companhia parece ser sua casa, principalmente seu escritório, onde dedica boa parte do seu tempo a escrita. 

Autora de sucesso, Senna é surpreendida quando no dia do seu aniversário acorda em um local completamente desconhecido. Após se dar conta de que não está sozinha, reconhece Isaac, a única pessoa que conseguiu de certa forma fazê-la sentir emoções que há muito tempo estava adormecido.

“A coragem se resumia a nada mais do que um forte senso de dever que se infiltrava em um senso ainda mais forte de loucura. Todas as pessoas corajosas eram um pouco malucas.”

Isaac tem papel fundamental na dessa mulher que carrega dores marcantes em seu passado não tão distante e agora estão em uma casa no meio da neve, trancados, com suprimentos escassos e terão que usar todos os elementos e pistas deixadas para conseguirem sair dessa situação ilesos físico e emocionalmente. 

Com o passar dos dias, o medo de morrerem de fome, frio e nunca mais saírem desse lugar associado ao estresse nublará algumas informações óbvias, mas se quiserem sair dessa terão que focar e exorcizar os demônios do passado que estão por todos os cômodos da casa. 

“Uma pessoa pode atacar você e usar o seu corpo, bater nele, trata-lo como se fosse lixo; no entanto, o que fere muito mais do que a agressão física em si é a escuridão que esse ataque espalha dentro de você.”

O sequestrador sabe que a fraqueza de ambos são eles mesmos, só que a ligação entre essas almas gêmeas é tão forte que todo esse caos mais o impacto da solidão reverbera transpondo barreiras dolorosas e que se mantinham escondidas.

“O amor não desiste nem abandona. Ele suporta todas as provações.”


Sabe quando terminamos uma leitura e não sabemos como encontrar palavras para descrever as sensações ao longo da trama? Pois é assim que me sinto nesse exato momento. 

Tarryn Fisher trouxe uma história visceral com personagens extremamente complexos e cheios de dores. Sienna é o caos e o mistério em pessoa. Uma mulher marcada com cicatrizes físicas e psicológicas. Em várias partes da história senti raiva por suas reações e seus comportamentos, por ter tido dificuldades de entende-la, mas em outras senti empatia e solidariedade por todos as tristezas e amargos que experimentou como mulher. 

Isaac me surpreendeu desde o início por sua bondade. Mas engana-se quem possa imaginá-lo como um coadjuvante, pelo contrário, os fragmentos de sua vida e de seu comportamento foram de suma importância para a força da trama. 

É difícil falar sobre um enredo onde qualquer frase a mais pode revelar peças chaves importantes e estragar a surpresa que se esconde nessa teia complexa que foi O lado obscuro. 

Me senti tão envolvida com o enredo que não consegui parar a leitura, pois tudo que envolve o comportamento humano, o mergulho interno no desconhecido, das emoções me atrai, me coloca para refletir. Eu quis tanto extrair e entender o que se passava no íntimo desses personagens que pela primeira vez escutei diversas vezes a música Landscape enquanto o enredo da Tarryn falava comigo. É uma coisa muito louca, mas amo quando as histórias me absorvem dessa forma. 

Sobre a edição: A Faro Editorial sempre arrasa nas suas publicações. A qualidade de seus projetos, a diagramação deixa o leitor ainda mais conectado ao enredo e a capa tem tudo a ver com a história. 

Até que ponto a mente consegue anular e anestesiar as sensações, nos impedindo de afundarmos em nós mesmos? É possível ser luz quando tudo parece ser só escuridão? 

Uma leitura intrigante, angustiante e surpreendente que mexe não só com o nosso imaginário, trazendo à tona um misto de sentimentos nada agradáveis, mas que mesmo assim te fará não querer largar o livro até que acabem suas páginas.





6 comentários via Blogger
comentários via Facebook

6 comentários

  1. Oi! Nunca li nada dessa autora, e fui muito aconselhada a começas por este livro, que dizem ser um dos melhores dela. Gosto de livros nessa pegada, de suspense psicológico, e sei que vou ficar surpreendida com essa trama. Me lembrei um pouco de Misery, do King, que tem algo parecido, mas lá é bem mais punk esse sequestro. Adorei a resenha!

    Bjoxx ~ Aline ~ www.stalker-literaria.com ♥

    ResponderExcluir
  2. Olá, Camila.

    Pois eu tive o mesmo sentimento que você teve quando finalizou o livro. Fiquei pensando a respeito da história durante um bom tempo.
    Eu amo a escrita da Tarryn e adorei esse livro, a autora tem se saído muito bem em escrever livros desse gênero.
    O único defeito do livro foi que eu já tinha descoberto quem havia feito aquilo tudo, acho que se a autora tivesse revelado algumas coisas a menos, seria bem mais impactante.

    ResponderExcluir
  3. Cada resenha que leio deste livro fico com ainda mais vontade de ler. Gosto de histórias assim, com mistério e suspense, e que despertam em nós vários sentimentos, principalmente quando vem de uma protagonista mulher. Tô sentindo falta de leituras assim,vou dar uma chance pra esta história. Gostei bastante da sua resenha. Abraço :)

    ResponderExcluir
  4. Oi, Cá.
    Estou animadíssima para ler esse livro.
    Sou grande fã da autora e quero muito saber como essa história se desenvolve. Adoro essa capacidade dela em abordar assuntos que incomodam, mas fazem a gente grudar no livro!
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  5. Minha vontade de ler este livro só aumenta conforme eu vou lendo mais resenhas incríveis! Quero muito conhecer esta trama através de minha própria leitura, para tentar desvendar os mistérios, descobrir porque os dois foram trancados juntos e que jogo doentio é este que mais parece aquela série de filmes de jogos mortais. Como se trata de um thriller eu desconfio até da sombra dos personagens.kkkkkkk... Não vou confiar nem no Isaac, mas torço para que ele não tenha nada a ver com isso e que ambos consigam escapar com vida.

    ResponderExcluir