Resenha: A Busca - Lisa Kleypas - Editora Gutenberg

Título: A Busca - Série The Travis Family #3
Autora: Lisa Kleypas 
Editora: Gutenberg
Ano: 2018
Páginas: 288
Onde Comprar: AMAZON 
Sinopse:


ELA NÃO ESPERAVA ESSA MUDANÇA EM SUA VIDA. ELE NÃO ESPERAVA ESSA MULHER.
Após uma infância cheia de traumas, tudo o que Hannah Varner deseja é viver bem longe da mãe problemática e das complicações que a irmã, Tara, despeja em seu colo. Hannah quer algo que nunca teve: uma vida tranquila. Mas um telefonema muda todos os seus planos… Tara teve um filho e desapareceu, deixando o bebê aos cuidados de Hannah.
Desesperada, a jovem decide investigar tanto o paradeiro da irmã quanto a identidade do pai da criança. E descobre que um membro da família Travis pode ser o responsável por aquela confusão em sua vida. Jack Travis, um milionário de uma das mais importantes famílias do Texas, amante das mulheres e do prazer, nunca pensou que encontraria em seu escritório uma jovem irritada e extremamente sexy segurando um bebê que pode ser seu filho.
Nesta envolvente trama, com personagens densos e uma história familiar inesperada, Lisa Kleypas nos leva a conhecer mais um membro da família Travis e a descobrir o verdadeiro significado das palavras amor e entrega.




Hannah Varner tem uma vida pessoal conturbada, completamente diferente da sua vida como colunista de uma revista sob o codinome de Srta. Independente. Morando em Austin com seu namorado Dane, ela se molda na forma como ele conduz sua vida no maior estilo vegano, defensor dos animais e do meio ambiente e avesso a qualquer forma de criar laços familiares.

“Eu não acreditava que teria sobrevivido à infância sem minha irmã, nem ela sem mim. Nós éramos, uma para a outra, o único elo com o passado... Essa era a força da nossa ligação, e também a fraqueza.”

Quando Hannah é surpreendida com o telefone de sua mãe desesperada por sua irmã Tara ter fugido e deixado o bebê em seus cuidados, ela não vê outra saída a não ser retornar ao Texas e salvar o pequeno Luke das garras de sua mãe até que Tara seja encontrada e ela possa voltar para a calmaria de sua vida. 

Tudo seria tranquilo se sua irmã não tivesse entrado em colapso e se internado em uma clínica por três meses. Hannah sabe que Dane não quer crianças no apartamento e por isso resolve investigar sobre o paradeiro do pai de Luke para que se responsabilize pelos cuidados com o filho. Sua prima lhe dá uma pista do possível pai e Hannah confronta para que faça o DNA. 

"— Eu gosto de você, Hannah. Respeito o que está fazendo por sua irmã. A maioria das pessoas, na sua situação, pularia fora em vez de enfrentar o problema. Não me incomoda ajudar alguém que está tentando fazer a coisa certa."

Esse cara é Jack Travis. Poderoso filho de Churchill, uma das famílias mais conceituadas do Texas, Jack optou por se firmar em algo independentemente do legado do pai e hoje tem uma grande imobiliária e empresa de construção. Bonito, divertido e sexy, Jack assim que é confrontado por Hannah, sabe que não é o pai biológico, mas seu instinto de proteção e algo naquela determinada mulher faz com que ele queira ajudar, tornando-os cada vez mais próximos. 

Jack deseja mais, porém respeita as decisões e sabe que Hannah tem alguém em Austin, mesmo que ele não suporte a ideia do namorado não aceitar as bagagens familiares dela e ser egoísta por se manter longe, não deixará que Hannah fique sem suporte e muito menos deixará a mulher que depois de muitos anos começa a derrubar os muros erguidos dentro do seu peito retornar para Austin. 

Mas será que Hannah também deseja abandonar os medos do passado para enfim fincar raízes e construir um relacionamento sólido com Jack?!

"Eu entendi, finalmente, que a coisa que eu mais devia temer não era a perda, mas nunca amar."


Ahh como não amar a escrita dessa autora?! 

Ler Lisa Kleypas é saber que teremos uma trama gostosa, com personagens que tem uma química muito envolvente, sem esquecer de trazer um bom romance, dramas familiares e com ele abordar assuntos sérios de uma forma delicada. 

Como foi o caso das irmãs Varner que tem seus problemas familiares e uma mãe que negligenciou o crescimento delas por egoísmo e vaidade, acarretando na falta de envolvimento e dificuldade em criarem laços em seus relacionamentos. 

Já Jack mesmo com suas marcas do passado, ele é doce, divertido, companheiro, um exímio cavalheiro e a escolha do casal não poderia ter sido mais acertada, ficou encantador. 

Apesar do enredo não ser tão inovador e de fato termos muitos dos clichês que se é esperado nos romances contemporâneos, foi o tipo de história que lemos numa tacada só. Porque quanto mais vemos as interações de Jack com Luke, do casal e até mesmo dos outros Travis fica impossível largar para fazer qualquer outra coisa. 

A busca é o terceiro livro da Família Travis. Repleto de cenas fofas, de fazer o leitor suspirar, Lisa aproveita para dar um gancho para a história de Joe Travis, protagonista do próximo livro, assim como não economiza em seus momentos finais de deixar o leitor com o coração na mão em uma cena eletrizante. 

Uma história romântica sobre transformar os dias ruins em alegres. Sobre amadurecer e encarar os medos e apostar que no final tudo vai dar certo, basta acreditar.






0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário