Resenha: Imperfeitos - Lauren Layne - Editora Paralela

Título: Imperfeitos - Recomeços #2
Autora: Lauren Layne
Editora: Paralela
Ano: 2019
Páginas: 280
Onde Comprar: AMAZON 
Sinopse:

*Livro recebido em parceria com a editora.


Será que Michael conseguirá encontrar um final feliz depois de ser rejeitado por Olivia? Uma comédia romântica surpreendente sobre como recomeços podem ser a cura para um coração partido.
Quantas vezes um mesmo coração aguenta ser despedaçado? Essa é a pergunta que atormenta Michael St. Claire, o ex-bon vivant que, após ser rejeitado por Olivia e abandonado pelo melhor amigo, deixa o glamour nova-iorquino para trás e vai trabalhar num clube de tênis numa cidadezinha no Texas. Há um motivo secreto por trás dessa escolha geográfica: é lá que se encontram seu pai biológico e seu meio-irmão, Devon, que não fazem ideia de sua existência. O que o plano de Michael não previa era conhecer Chloe, a garota mais inteligente, sarcástica e original que ele já vira. Em pouco tempo, eles se tornam grandes amigos, e quando Michael descobre que Chloe é apaixonada por Devon ele resolve que irá ajudá-la. Mas será que dois corações rejeitados conseguem, juntos, construir um recomeço? Ou irão apenas se machucar, perdidos na eterna busca por aceitação e pertencimento?





Michael St. Claire largou a comodidade de sua vida em Nova York após colecionar algumas decepções. Ainda sem se refazer da perda da amizade de Ethan e de ter sido rejeitado por sua amiga Olivia, agora ele descobre que não é filho legítimo do homem casado com sua mãe, então resolve se instalar no Texas para descobrir mais sobre Tim Patterson, seu pai biológico. 

Sem levantar suspeitas, Michael se divide entre seus empregos, dentre eles como professor de tênis. Bonito, bom de papo, esse cara não tem a menor dificuldade em atrair olhares femininos e passa o tempo entre uma aula e outra com suas alunas, porém o foco está na namorada de Devon, seu meio-irmão. Mas ao se deparar com a personalidade de Chloe Bellamy, Michael percebe que será mais fácil apostar nesta irmã, uma vez que ela dá claros sinais de ser apaixonada por Devon.

“É esquisito como sinto falta daquela garota quando ela não está por perto.”

Chloe é o tipo de pessoa cheia de personalidade. Inteligente, não liga para sua aparência, mas à medida que obtém alguns resultados com o apoio de Michael, começa a atrair atenções que antes não as tinha. 

Mas ao passo que ela desabrocha, percebe que esse cara também tem um passado cheio de marcas e quanto mais a convivência se instala, mais fácil é para serem espontâneos um com o outro, mas as decepções sofridas com o passado dão lugar ao medo e para conseguirem seguir em frente será preciso uma dose extra de coragem, afinal se apaixonar novamente não estava em seus planos.

"Chloe é leveza, risada, bondade. Não posso lidar com a ideia de arrastá-la para minha escuridão."


Lauren Layne não poderia fechar essa trilogia de forma mais encantadora. Claro que o enredo é repleto de clichês e para muitos pode não ser inovador, mas o que transforma a leitura prazerosa é a forma como os personagens interagem e suas características fizeram a diferença, principalmente em se tratando de Chloe, com seu sarcasmo e sua inteligência. A transição em relação sua beleza, aceitação sobre seus padrões de vida ficou bacana e inspirador. 

A narrativa é muito fluida, ágil e torna-se difícil parar a medida que os capítulos avançam. Os capítulos são curtos e alternados pelo casal. Os diálogos são repletos de situações engraçadas, fofas, com amizade, os personagens secundários também se destacam, deixando a leitura um passatempo extremamente prazeroso. 

Imperfeitos é uma trama sobre recomeços, sobre dar novos rumos para a vida, aprender com as fraquezas, escolher quais lutas travar, mas também nos mostrar as descobertas do amor, como é bom ter o carinho dos amigos nessa jornada. Um romance no maior estilo sessão da tarde, gostoso e muito envolvente.




0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário