Resenha: To Love, Jason Thorn - Ella Maise - Editora Charme

Título: To love, Jason Thorn
Autora: Ella Maise
Editora: Charme
Ano: 2019
Páginas: 352
Onde Comprar: AMAZON | Loja da editora Charme
Sinopse:

*Livro recebido em parceria com a editora.


Jason Thorn… O amigo de infância do meu irmão.
Ah, como eu era perdidamente apaixonada por aquele garoto. Ele foi o primeiro menino que me fez corar, meu primeiro crush oficial. Parece lindo até agora, certo? Aquela empolgação que borbulha dentro de você, o famoso frio na barriga que você sente pela primeira vez ─ ele era o motivo de tudo isso. Mas você só consegue viver nesse mundo de conto de fadas até eles destruírem suas esperanças e sonhos e, depois, pisarem bastante em seu coração. E, cara, ele partiu meu coraçãozinho em pedaços.
Depois da destruição, ele se tornou o garoto que eu tentava ao máximo ficar longe ─ e deixe-me te dizer que era bem difícil fazer isso, já que ele dormia no quarto ao lado do meu.
Quando a tragédia atingiu sua família, eles se mudaram para longe, e eu estava pronta para esquecer que ele um dia existiu.
Agora, ele é um astro de cinema, aquele que faz mulheres de todas as idades gritarem histericamente e todo mundo desmaiar com o sorrisinho de covinha. Acha que isso é um sonho? Com certeza eu não acho que seja. E se eu ficar cara a cara com ele? Não, continua não sendo um sonho. Não quando não consigo nem olhar em seus olhos.
E quanto a mim? Eu sou Olive, uma nova escritora. Na verdade, eu sou a autora do livro que inspirou o filme que ele está prestes a estrelar. Como se não bastasse, também sou conhecida como a sortuda que está prestes a se tornar esposa de Jason Thorn.
Talvez você ainda esteja pensando que isso tudo é um sonho, certo? Não, não tem nada de sonhador nisso. Nem de perto.




Jason Thorn foi o primeiro crush de Olive. O amigo de infância de seu irmão Dylan era presença constante na casa daquela família e a doce menina não conseguiu ficar imune aos encantos daquele rapaz. Com o passar da adolescência, Olive teria sua primeira grande decepção em relação aquele lindo rapaz de covinhas. 

Por um bom tempo, aquela acolhedora família foi muito importante para Jason. Mas com a perda precoce de sua mãe, Jason teve que deixar a cidade para morar com seu pai e naturalmente eles se distanciariam. 

“Senti um puxão familiar no cabelo conforme ele enganchou o braço no meu pescoço e me puxou para seu lado. Deixei minha mão trêmula repousar em seu peito, perto do coração. Quando seus lábios tocaram minha testa e ele não me soltou, fechei os olhos e permiti que meu coração aproveitasse a paz.”

Agora, Olive está a um passo de se formar na faculdade e prestes a ver seu primeiro livro, ganhar a oportunidade de ser adaptado e para sua grande surpresa, o ator que irá interpretar seu protagonista é nada mais, nada menos que Jason Thorn. 

Surpresa com o reencontro, Jason deseja retomar parte importante de sua vida ficando mais próximo possível de Olive, porém agora ela é adulta, está mais bonita do que nunca, ainda mantem a doçura, inocência e sua presença traz a paz que falta em seu mundo conturbado por ser uma celebridade.

“Meus olhos se fecharam e respirei seu cheiro.
Ele estava parado muito perto de mim.
Perto do meu coração.
Seu polegar acariciou meu rosto e eu inclinei a cabeça para seu toque.
– Olive – ele sussurrou.
Aquela voz...”
Os sentimentos de Olive por Jason estão mais vivos do que nunca e mesmo com medo de uma nova decepção, ela não deixará de ajudá-lo para melhorar sua imagem. Mas o que Jason não contava é que essa convivência derrubaria os muros de coração e que a pequena garotinha dos olhos verdes se tornaria o grande amor de sua vida. 



Publicado pela editora Charme, a edição que é sempre muito cuidadosa deixa a leitura ainda mais agradável. 

Com uma narrativa alternada e muito envolvente, Ella Maise nos deixa com o coração transbordando de felicidade ao acompanhar o desabrochar dos sentimentos dos nossos personagens. 

To love, Jason Thorn, é cheio de clichês, mas também surpreende ao longo dos capítulos. Cheio de diálogos fofos e divertidos. Os personagens secundários deixaram a leitura ainda mais fluida, principalmente na interação entre a divertida e doidinha Lucy e Olive, mostrando uma amizade que poucas pessoas tem oportunidade de ter e que é muito especial. 

Essa foi mais uma história que me arrebatou do início ao fim. Um romance divertido, leve e que deixa o coração do leitor aquecido, ainda mais com um epílogo tão apaixonante, deixando com gostinho de quero mais.





0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário