Resenha: Até você chegar - Laís Medeiros - Editora Charme

Título: Até você chegar 
Autora: Laís Medeiros
Editora: Charme
Ano: 2019
Páginas: 328
Onde Comprar: AMAZON  | LOJA DA EDITORA CHARME
Sinopse:

Viver por conta própria na cidade grande não é tão fácil quanto parece. Tentando conciliar a faculdade com um emprego de meio expediente e tantas responsabilidades, a jovem Melissa vê as coisas escaparem de controle de repente e, para evitar que sejam despejadas, Olivia, sua companheira de apartamento, tem uma ideia tão brilhante quanto óbvia: procurar mais uma pessoa para viver com elas. Melissa não nega que é uma boa solução, mas certos receios que ela carrega não permitem que aceite a ideia com tanta facilidade.
Mas porque seus caminhos acabam se cruzando de formas inesperadas com o de Daniel, um rapaz tão lindo e gentil quanto misterioso, e que, a princípio, parece a solução perfeita para seus problemas, se não fosse por um detalhe: ele faz o coração de Melissa bater mais forte. Isso é tudo o que ela vem evitando há anos, enquanto ele não esconde seus sentimentos pela garota marrentinha com olhos cor de mel.
Ver as muralhas que ela construiu ao redor de si enfraquecerem significativamente com a proximidade de Daniel a aterroriza, principalmente diante da sensação de que Daniel é ainda mais fechado do que ela, embora ela não saiba, por enquanto, que ele está disposto a deixá-la invadi-lo depois de tanto fugir disso ao longo de sua vida.
Resta saber quem dará o primeiro passo. Resta saber se é possível que duas pessoas quebradas consigam se completar; se é possível resistir aos obstáculos e segredos no meio do caminho; se é possível deixar o passado completamente para trás e se dar uma nova chance.




Mel e sua amiga Olívia estão com a corda no pescoço após o aumento do aluguel do apartamento em que dividem. Trabalhar, custear a faculdade, manter as contas em dia e ainda comprarem comida para durar o mês está sendo uma tarefa angustiante e dificílima. 

Relutante, Mel não estava confortável com a ideia de colocarem mais uma pessoa para dividir as contas com elas, mas a situação exige medidas extremas, então porque não?!

“Certos pedaços meus se perderam no meio do caminho, e a certeza de que nunca poderei recuperá-los tem se esvaído aos poucos desde que coloquei meus olhos em Mel pela primeira vez.”

Daniel vive com mais quatro pessoas em um apartamento que seria para dois, no máximo três. As constantes brigas e lutas travadas para manter a paz, conseguir um pouco de privacidade está longe de ser alcançada e por isso decide procurar nos murais da faculdade alguém que queira um colega para dividir as contas.

“É isso que ela faz comigo. É isso que ela faz por mim. Desperta os meus melhores e mais sinceros sentimentos, me traz as mais profundas e significantes sensações.”

Logo que avista o anúncio de Mel e Olívia, resolve entrar em contato e mesmo desanimado com as muitas negativas anteriores, decide arriscar e para sua surpresa quando se depara com as colegas, se dá conta que são as mesmas que ele ajudou dias atrás quando foram vítimas de um assalto. 

A princípio Mel tenta a todo custo ficar imune ao Daniel. Ela tem medo das sensações que ele a faz sentir, sabendo do perigo que pode ser vir a gostar de um rapaz como ele. Já Daniel, desde o episódio do assalto que se sente atraído pela jovem e está decidido a quebrar as barreiras impostas por Mel e mostra-la que suas intenções são as melhores possíveis. 

Porém, seria tudo bom demais para ser verdade, se Daniel vez ou outro demonstrasse preocupação, desviasse dos assuntos sobre seu passado, mantendo cada vez mais mistérios e segredos. Ele sabe que precisa conversar com Mel, afinal seus sentimentos são verdadeiros, mas será que ela estaria pronta para lidar com tudo o que ele tinha para revelar?

“Palavras tornam-se desnecessárias diante de nossos olhares, presos um no outro, conforme nossas poucas roupas desaparecem e, junto com elas, qualquer tormento, qualquer medo, qualquer tensão. Restamos apenas nós, conectados, física e emocionalmente, de corpo e alma, provando que, sim, dois podem se fundir, até se tornarem um só.”


Até você chegar é o romance de estreia da Laís Medeiros pela editora Charme e posso dizer que não poderia iniciar de forma mais gostosa. O enredo que começa de forma despretensiosa vai nos envolvendo de modo que quando nos damos conta já passamos da metade da leitura. 

A narrativa é do jeito que eu gosto, fluida, alternando os pontos de vista entre os personagens, mas dando sequência a trama. Daniel e Mel mostram uma química absurda e não estou falando só da parte carnal, são cúmplices, divertidos, carinhosos e amigos, como todo casal deveria ser. 

Dos personagens secundários, vale destacar Olívia, sem dúvidas foi importante para deixar a leitura mais envolvente, com aquele toque de carinho e humor que só os verdadeiros amigos sabem fazer. 

Já conhecia a escrita da Laís sob o pseudônimo da Alissa Nayer e assim como está nos seus agradecimentos, afirmo: Sim, você está pronta flor! Que livro mais delicinha! 

A editora Charme mais uma vez realizou um trabalho lindo. Capa, diagramação que dá gosto de ter na estante. 

Até você chegar me conquistou pela entrega de seu casal. Um enredo que nos convida a ingressar de maneira delicada nas diversas fases de um relacionamento. Além disso se faz presente cenas entre amigos, conflitos, relações familiares, perdão e não poderia faltar o tal do felizes para sempre com um desfecho de deixar os corações bem quentinhos.

DLL19 Outubro | Livro publicado em 2019.



0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário