Resenha: Apenas um olhar - Harlan Coben - Editora Arqueiro

Título: Apenas um olhar 
Autor: Harlan Coben
Editora: Arqueiro
Ano: 2019
Páginas: 352
Onde Comprar: AMAZON 
Sinopse:

*Livro recebido em parceria com a editora.


Uma foto pode contar muitas mentiras...
Ao buscar um filme que mandou revelar, Grace encontra, no meio das fotos, uma que não pertence ao rolo. É uma imagem de cinco pessoas, tirada no mínimo vinte anos atrás. Quatro delas não lhe são familiares, mas a quinta é muito parecida com seu marido, Jack.
Ao ver a foto, Jack nega ser ele. Só que, mais tarde, ele foge sem nenhuma explicação, levando a fotografia.
Sem saber por que ele se foi, Grace luta para proteger os filhos da ausência do pai. Cada dia que passa traz mais dúvidas sobre si mesma, sobre seu casamento e sobre Jack, assim como a compreensão de que há outras pessoas procurando por ele e pela fotografia – inclusive um violento e silencioso assassino.
Quando entende que não pode contar com a polícia, e que seus vizinhos e amigos têm os próprios objetivos secretos, Grace precisa enfrentar as partes sombrias de seu passado para descobrir a verdade que pode trazer seu marido de volta.






Ao se deparar com uma foto antiga dentro do pacote que acabara de revelar de sua família, Grace Lawson não tem dúvidas que uma das pessoas que está naquela foto é seu marido Jack. 

“Mas não podia ser. A cabeça estava meio virada de lado. Uma barba esparsa de adolescente cobria grande parte do rosto...
Seria seu marido?”

Mãe dedicada e atenciosa com seus filhos, foi difícil superar traumas do passado, mas conseguiu formar uma família e vive uma vida feliz ao lado de seus dois filhos e Jack. 

Quando começa a analisar a foto, o que chama atenção dela é o contexto onde Jack e mais quatro pessoas estão, sendo que uma das mulheres encontra-se com um X no rosto. 

Mais tarde, ela resolve confrontar Jack sobre ele estar naquela foto e o porquê dessa mulher estar marcada, além do fato dessa foto aparecer junto de uma revelação que não tem absolutamente nada a ver com sua família. 

“A chave repousava agora em sua mão, brilhando ao sol.
Aquele era o caminho. O caminho sem volta.”

Jack nega saber qualquer coisa, mas não muito depois do ocorrido alega um compromisso e sai atordoado, desaparecendo sem deixar rastros. A partir daí, Grace começa uma verdadeira caçada em busca do paradeiro de seu marido e a correlação com aquela foto. Não demora muito para que Grace se depare com segredos inquietantes sobre seu casamento, o passado de Jack, mudando completamente a rotina de sua família. 

Mas nem tudo parece ser o que é. E a cada peça desse enigma, mostra que a fotografia envolve um emaranhado de conexões inclusive os piores pesadelos de Grace. 

“Quando se está em movimento, não se pensa em culpa ou inocência. Não se pensa no passado, nos sonhos, nas alegrias nem nas frustrações. A pessoa só se preocupa com a sobrevivência. Ferir ou ser ferido. Matar ou ser morto.”


Até onde você iria em busca da verdade e para proteger seus filhos? 

Apenas um olhar foi escolhido para compor as novas capas comemorativas que a editora Arqueiro tem lançado do autor. 

Mais uma vez o Mestre das Noites em claro nos mostra porque ele merece ser chamado assim. A medida que a trama vai se desenhando mais teorias vamos criando e suspeitando dos envolvidos nessa teia, o que não poderia ser melhor, uma vez que a narrativa é fluida, os capítulos curtos, me vi totalmente absorta no enredo, finalizando a leitura rapidinho.
No entanto, por se tratar de um suspense e qualquer informação pode ser considerada spoiler, resolvi falar bem pouco sobre o que de fato acontece ao longo do enredo, assim não estraga a surpresa na hora em que fizer a leitura. 

Harlan conseguiu mesclar o suspense, com cenas de ação, uma dose de drama familiar e a atenção aos detalhes é fundamental para decifrar o enigma. Não posso dizer que descobri tudo, mas consegui deduzir bastante coisa, porém o plot twist é de deixar o leitor no mínimo encantado com a genialidade desse autor, sendo uma leitura que facilmente recomendo para aqueles que adoram ou desejam se aventurar nas histórias do autor.



0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário