Resenha: O Café da Praia - Lucy Diamond - Editora Arqueiro

Título: O Café da Praia
Autora: Lucy Diamond
Editora: Arqueiro
Ano: 2019
Páginas: 336
Onde Comprar: AMAZON 
Sinopse:

*Livro recebido em parceria com a editora.


Em uma praia paradisíaca, Evie Flynn tem a chance de começar do zero…
Evie sempre foi a ovelha negra da família: sonhadora e impulsiva, o oposto das irmãs mais velhas bem-sucedidas. Tentou fazer carreira como atriz, fotógrafa e cantora, mas nada deu muito certo. Às vezes, ao pular de um trabalho para outro, ela tem a sensação de que lhe falta um propósito.
Quando sua tia preferida morre em um acidente de carro, Evie recebe uma herança inesperada, um café na beira da praia na Cornualha. Empolgada com a oportunidade de mudar de vida, ela decide se mudar para lá, mas logo descobre que nem tudo são flores: os funcionários não são dos melhores e o local está caindo aos pedaços. Tudo bem diferente dos tempos em que passava as férias de verão com a tia.
Apesar das dificuldades, pela primeira vez Evie está determinada a ter sucesso. Ao lutar pelo café, ela busca secretamente dar um novo rumo à sua vida e, assim, pode acabar conquistando bem mais do que esperava no trabalho... e também no amor.





Evie Flynn é considerada a ovelha negra da família, suas irmãs estão sempre criticando suas escolhas ou a falta delas. Sua indecisão acabou gerando vários planos que ao longo dos anos foram sendo deixados para trás, alguns por falta de aptidão, outros por simplesmente não conseguir escolher qual caminho seguir passou pulando por vários empregos frustrantes. 

“Senti como se algo dentro de mim tivesse morrido junto com a tia Jo, como se uma parte importante e imensa da minha vida tivesse sido apagada como a chama de uma vela.”

Com a morte precoce de sua querida tia Jo, a quem ela sempre visitava nas férias quando mais jovem, Evie se surpreende quando lê a carta deixada por sua tia lhe deixando o café da praia na cidade de Carrawen Bay, na Cornualha. 

“A vida é curta. Não dá para desperdiça-la fazendo coisas de que não gosta.”

A vida de Evie é toda em Oxford, emprego, seu namorado Matthew, mas ao se deparar com a atual situação do café, ela decide esperar um pouco para tomar sua decisão se vende ou não. Evie não tem a menor aptidão para cozinha, sua família e Matthew não demonstram confiar nos instintos da jovem, mas se desfazer daquele lugar tão importante para Jo começa a transformar a sobrinha e aos poucos vai se rendendo ao charme do vilarejo e principalmente das pessoas que começam a fazer parte de sua nova vida. 

“O mundo é um lugar melhor quando se está apaixonado.”


Ao contrário do livro anterior da Lucy, esse me arrebatou logo nos primeiros capítulos. Sou apaixonada por histórias que são ambientadas nos arredores da praia e a história de Evie é possível fazer com que muitos leitores se identifique. Quem nunca passou por momentos de indecisão sobre o que fazer ou que caminhos seguir? 

E aí a autora nos mostra também o outro lado, que nem sempre estamos sozinhos e que com boa fé podemos ainda acreditar no ser humano, principalmente no fazer o bem sem olhar a quem, mesmo que essa ajuda não seja propriamente vinda de alguém da família, mas como dizem “amigos são a família que o coração escolhe”. 

Conhecemos os personagens secundários que são essenciais para compor a história, como os funcionários e as pessoas do vilarejo que aos poucos também se abrem para a nova proprietária do café. 

Talvez por Evie ser um pouco desacreditada por sua família, achei que a autoestima dela oscilava bastante, me deixando com vontade de dar umas sacudidas do tipo: “ei mulher cresce”. 

Com uma escrita fluida, o enredo é leve, sem dramalhões, os capítulos vão passando e quando nos damos conta já estamos perto de finalizar a leitura. 

O Café da Praia se mostra mais uma aposta acertada da editora Arqueiro em sua coleção Romances de Hoje. Com cenário encantador capaz de aquecer os corações, personagens cativantes e apesar de termos a inserção de um casal, o foco não permanece só neles, então pode esperar várias cenas de amizade, cumplicidade, uma dose de bom humor e esperança que tudo pode dar certo.


0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário