Resenha: O Príncipe Serpente - Elizabeth Hoyt - Editora Record

Título: O Príncipe Serpente - Trilogia dos Príncipes #3
Autora: Elizabeth Hoyt 
Editora: Record
Ano: 2017
Páginas: 364
Onde Comprar: AMAZON 
Sinopse:


Quando o diabo encontra um anjo... Lucy Craddock-Hayes está satisfeita com a vida tranquila no interior. Até o dia em que tropeça num homem inconsciente — um homem inconsciente e nu — e perde para sempre sua inocência. Ele pode levar ao paraíso... O visconde Simon Iddesleigh apanhou de seus inimigos até quase morrer. Agora ele está determinado a se vingar. Mas quando Lucy cuida dele para restaurar sua saúde, a sinceridade da jovem surpreende sua sensibilidade calejada — e desperta um desejo que ameaça consumir os dois. Ou ao inferno. Encantada com a inteligência perspicaz de Simon, com seus modos urbanos e até com seus sapatos de solado vermelho, Lucy rapidamente se apaixona por ele. Embora sua honra o mantenha longe dela, a vingança envia os agressores de Simon à sua porta. Enquanto o visconde entra em guerra contra seus inimigos, Lucy luta pela própria alma, usando a única arma que tem — seu amor...





Lucy Craddock-Hayes estava no meio de suas andanças quando se deparou com um homem gravemente ferido e nu a estrada. Seu instinto de proteção não a faz pensar duas vezes em ajudá-lo e leva-lo para casa de seu pai se mostra a melhor solução. 

Claro que seu pai não gostou nem um pouco da visita inesperada, mas acabou deixando Lucy seguir com seus cuidados. 

Esse homem em questão é o visconde Simon Iddesleigh. Marcado pela tragédia familiar, ele só pensa em vingar a morte de seu irmão, mas acabou sendo gravemente ferido e graças a Lucy vem se recuperando. 

“Eu me lembrarei da senhorita por todos os dias da minha vida – murmurou ele tão baixo que ela quase não ouviu. – E não sei ao certo se isso é uma benção ou uma maldição.”
Tocado pela ajuda da jovem, não demora muito a se afeiçoar por suas características marcantes, no entanto, ele precisa seguir em frente com seus planos e deixar de lado qualquer obstáculo que impeça de concluir sua vingança. Mas quando o assunto são as coisas do coração, essa tarefa pode se tornar um verdadeiro martírio e ele terá que decidir que caminho seguir.

“A vida não é um conto de fadas, minha menina.”


O Príncipe Serpente é o último livro da trilogia dos Príncipes, mas infelizmente não fechou com chave de ouro. Apesar de ter amado os livros anteriores, não senti muita conexão com esse enredo, faltou um algo mais no envolvimento do casal para me cativar. 

Em relação aos personagens: Lucy se destaca por ser gentil, bondosa e talentosa. Mas achei que Simon ficou muito preso a questão da vingança, suas atitudes de certa forma irritam e se mostram imaturas. E o grande destaque sem dúvidas é o pai de Lucy e também a inserção de núcleo infantil, adorei a sobrinha de Simon. 

A trama em si não é complexa, o cenário explorado me ganhou por não ficar na mesmice dos chás e bailes que geralmente aparecem nos livros do gênero. A autora faz referências aos contos e sempre com maestria consegue nos prender ao conhece-los mais a fundo. A capa segue o padrão das anteriores, o que me agrada bastante. Os capítulos são fluidos e rapidamente o leitor, principalmente os fãs de romances de época, concluíra a leitura.


0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário