Resenha: Teto para dois - Beth O'Leary - Editora Intrínseca

Título: Teto para dois 
Autora: Beth O'Leary
Editora: Intrínseca
Ano: 2019
Páginas: 400
Onde Comprar: AMAZON 
Sinopse:

Eles dividem um apartamento com uma cama só. Ele dorme de dia, ela, à noite. Os dois nunca se encontraram, mas estão prestes a descobrir que, para se sentir em casa, às vezes é preciso jogar as regras pela janela.
Três meses após o término do seu relacionamento, Tiffy finalmente sai do apartamento do ex-namorado. Agora ela precisa para ontem de um lugar barato para morar. Contrariando os amigos, ela topa um acordo bastante inusitado.
Leon está enrolado com questões financeiras e tem uma ideia pouco convencional para arranjar dinheiro rápido: sublocar seu apartamento, onde fica apenas no período da manhã e da tarde nos dias úteis, já que passa os finais de semana com a namorada e trabalha como enfermeiro no turno da noite. Só que tem um detalhe importante: o lugar tem apenas uma cama.
Sem nunca terem se encontrado pessoalmente, Leon e Tiffy fecham um contrato de seis meses e passam a resolver as trivialidades do dia a dia por Post-its espalhados pela casa. Mas será que essa solução aparentemente perfeita resiste a um ex-namorado obsessivo, uma namorada ciumenta, um irmão encrencado, dois empregos exigentes e alguns amigos superprotetores?




Quando Tiffy é surpreendida com a recém atitude de seu ex-namorado, se vê na posição de procurar um lugar para morar e sair o mais rápido possível. O problema todo seria encontrar algo que coubesse dentro do orçamento e logo que acha um anúncio no jornal, vê ali a possibilidade de encaixar o limitado orçamento e a perspectiva de seguir em frente, mesmo que para isso tivesse que dividir sua moradia com um estranho. 

“É preciso dizer uma coisa sobre o desespero: ele deixa a cabeça da gente muito mais aberta.”
O dono do apartamento é Leon. Trabalhando a noite e com orçamento apertado, a nova moradora é uma ajuda de grande valia, assim os dois acabam entrando em uma dinâmica, dividindo o espaço, a cama em horários separados. Loucura né? Mas acaba dando certo, mesmo que na maior parte do tempo Leon acha que seu apartamento sofreu mudanças muito femininas, assim como Tiffy que tenta dar mais vida aquele ambiente insosso. 

Com o passar do tempo, Tiffy começa a ficar cada vez mais curiosa pelo morador que nunca conheceu pessoalmente, mas que se faz presente através da comunicação deles por bilhetes e post-it e por mais que Leon também sinta curiosidade pela forma como Tiffy se expressa e está sempre cuidando do local tenta ao máximo se manter distante por sua timidez. 

Mas será que eles conseguiriam ficar só na curiosidade e não se encontrar? 

"Ver um desses sorrisos tortos é como ganhar um jogo que eu nem sabia que estava jogando."

Quando iniciei a leitura não imaginei que me envolveria tanto na dinâmica criada pela autora. Apesar dos inúmeros clichês que o enredo traz, de forma fluida os personagens vão nos mostrando bem mais suas personalidades e histórias de vida. 

Leon se mostra um rapaz mais na dele, introvertido, mas de certa forma bem gentil e compreensivo. Enquanto Tiffy tem um jeito que irradia alegria, mesmo vindo de um relacionamento abusivo, não se tornou uma pessoa amarga, pelo contrário vemos bastante algumas lamentações mas sempre de forma leve, longe do dramalhão. 

Teto para dois é sem dúvidas um romance bem amorzinho, com narrativa fluida e de fácil compreensão capaz de deixar o leitor envolvido logo nas primeiras páginas e ao final da leitura com a sensação de coração quentinho.

DLL19 Dezembro | Livro com capa verde 


3 comentários via Blogger
comentários via Facebook

3 comentários