Resenha: Black Hammer: Era da Destruição - Parte 1 - Jeff Lemire & Dean Ormston - Editora Intrínseca

Título: Black Hammer: Era da Destruição Parte 1 (BH #3)
Autores: Jeff Lemire; Dean Ormston
Editora: Intrínseca
Ano: 2019
Páginas: 136
Onde Comprar: AMAZON 
Sinopse:

Ao unir elementos de grandes clássicos dos quadrinhos, tramas únicas e personagens complexos, Black Hammer se tornou uma das HQs mais bem-sucedidas dos últimos tempos. Vencedora do prestigiado Eisner Awards, a história dos cinco heróis decadentes que se veem presos em uma cidade fora dos limites do tempo — e de suas tentativas de escapar desse purgatório — conquistou muitos fãs no Brasil e no mundo.
Ao vencerem o poderoso e maligno Antideus, os maiores heróis de Spiral City desapareceram sem deixar vestígios. Todos acreditam que eles estão mortos, mas há dez anos vivem isolados em uma pacata fazenda, relegados ao esquecimento e à melancolia de dias sem glória. Obrigados a disfarçar seus poderes, sua natureza e suas origens aos olhos dos habitantes locais, eles personificam uma típica família disfuncional, tentando criar para si uma vida comum, mas que ainda é atormentada pelos mistérios que envolvem sua chegada e sua permanência na cidade.
O terceiro volume reúne os cinco primeiros fascículos de Era da destruição. Nesta primeira parte, grandes segredos começam a ser revelados quando os ex-heróis recebem uma visita inesperada que tanto pode lhes mostrar o caminho para casa, como ser um prenúncio do caos e da destruição que estão por vir. Criada por Jeff Lemire e Dean Ormston, a série Black Hammer é uma história arrebatadora sobre memória, família, o peso do passado e o medo do futuro.




Nessa HQ temos a reunião dos cinco fascículos da primeira parte da Era da Destruição. Desde a chegada de Lucy, a filha de Black Hammer, na cidade de Rockwood, consegue instaurar uma injeção de ânimo em nossos heróis que se intensifica quando ela assume o martelo, tornando-se uma heroína no lugar de seu falecido pai, lembrando-se exatamente de tudo o que aconteceu com todos e culminou o confinamento de todos naquela cidade. 

Mas um estranho acontecimento leva Lucy a ir parar em um local completamente diferente, impossibilitando de falar tudo o que sabe, deixando todos perplexos com o sumiço da jovem. Eles precisam acha-la e enquanto não aparece, decidem investigar e obter os mesmos resultados que Lucy conseguiu. 

Um dos grandes mistérios está perto de ser revelado. E quando finalmente a verdade vem à tona, não só mudará o curso da história, mas impactará de vez a vida dos nossos heróis. 

“Dias de caos e destruição se aproximam!”


Agora como faz hein dona Intrínseca?! Preciso da continuação desse volume. Que quadrinhos senhores! 

Com muitas reviravoltas, alguns segredos começaram a ser desvendados, fazendo todo o sentido para o curso do drama vivenciado por nossos personagens. Ainda acompanhamos a jornada de Lucy em sair do local para onde foi levada, o reaparecimento de um personagem, o romance entre Barbalien e Quinn parece caminhar, assim como Abe e Tammy. 

A edição segue apaixonante. Com desenhos e ilustrações coloridas, traços impecáveis, ao final temos alguns comentários sobre os esboços e as ideias dos ilustradores deixando a experiência de leitura ainda mais incrível. 

Prepare-se para muitas aventuras, segredos, revelações, um final que deixará você de coração apertado e ansioso para os próximos volumes. ⠀⠀ 

Recomendo demais a leitura para quem deseja conhecer mais esse universo das HQs.⠀

 
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário