Resenha: De sangue e ossos - Nora Roberts - Editora Arqueiro

Título: De sangue e ossos - Trilogia Crônicas da Escolhida #2
Autora: Nora Roberts
Editora: Arqueiro
Ano: 2020
Páginas: 432
Onde Comprar: AMAZON 
Sinopse:

*Livro recebido em parceria com a editora.


Um novo poder está surgindo
Fallon Swift pouco conhece do mundo que existiu antes da Catástrofe. As cidades estão destruídas, gangues de criminosos e de fanáticos religiosos cruzam as estradas à procura de sua próxima vítima e aqueles que têm poderes mágicos como ela continuam sendo caçados.
Prestes a completar 13 anos, Fallon sabe que se aproxima o dia em que sua verdadeira natureza, sua identidade como A Escolhida, será revelada. No meio da floresta, ela começará seu treinamento sob a orientação do feiticeiro Mallick, que vem apurando as próprias habilidades ao longo de séculos.
A menina aprenderá métodos antigos de cura e técnicas de luta, conviverá com fadas, elfos e metamorfos e precisará descobrir dentro de si um poder que nunca imaginou possuir. Quando o momento certo chegar, Fallon vai empunhar a espada e o escudo e partir para cumprir sua missão.
Até que ela cresça o suficiente para se tornar a mulher que está destinada a ser, o mundo continuará em perigo. Fallon Swift é A Escolhida, e só ela poderá salvar a humanidade.




Fallon Swift está prestes a completar o seu 13º aniversário. A cada dia aumentam as expectativas pela jornada da Escolhida, aquela que salvará o mundo das mazelas e pragas que foram causadas pela Catástrofe. 
“Então o mundo acabou. Tudo o que ela considerava normal e seguro se transformou em fumaça, sangue e gritos de corvos voando em círculos. Com a vida que despertou dentro dela naquela noite de janeiro, um outro mundo começou.”
Ainda que tenha a opção de decidir se realmente quer seguir nessa jornada para a qual foi concebida, Fallon terá que abrir mão de estar com sua família por dois anos e durante esse tempo terá a companhia do feiticeiro Mallick, incumbido de ser seu guardião, recebendo treinamento diário sobre manuseio de armas, amadurecendo seus dons, preparando-se fisicamente e espiritualmente para a sua grande missão. 

Enquanto Fallow segue em meio as tarefas criadas por Mallick, o povo de Nova Esperança, aguarda seu retorno, pois os perigos, a maldade e as perseguições, ainda se fazem presentes e rondam a comunidade, principalmente para aqueles que tem seus dons. 

E quando chegar a hora, Fallon terá que usar as armas certas e extrair todo o aprendizado daquele tempo na floresta se quiser obter êxito na luta para qual foi destinada, a salvação da humanidade. 
“— Algumas vezes, você pensa, planeja e avalia. Outras vezes, você sente e age. E sempre, sempre, confie no que está dentro de você. Confie no que você é.”


De sangue e ossos é o segundo livro da trilogia Crônicas da Escolhida. Aqui já podemos observar toda a devastação causada pela Catástrofe, mas o foco principal se dá no aprendizado e crescimento de Fallon para completar seu caminho na qual está destinada. 

Mesmo sendo classificada como distopia, esse volume se mostrou mais para fantasia, com a inserção de magia, elfos, fadas, feiticeiros. E ainda que tenhamos uma variedade de cenas e aventuras que complementam a jornada da personagem, como as lições a que foi submetida e seu aprendizado a cada missão foi bem agradável. Do outro lado, a história mais uma vez estende-se em seu ciclo, trazendo narrativas de outros personagens, dando voltas e mais voltas, sem grande empolgação, cansando ao longo dos capítulos e ganhando um fôlego em seus momentos finais, abrindo caminhos para seu desfecho no terceiro livro. 

Espero que o próximo livro tenha mais ação, que seja eletrizante, responda as questões que ficaram no ar e que o final consiga diminuir a frustração que esse segundo volume me trouxe.


0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário