Resenha: Uma Paixão e Nada Mais - Mary Balogh - Editora Arqueiro

Título: Uma paixão e nada mais - Clube dos Sobreviventes #4
Autora: Mary Balogh
Editora: Arqueiro
Ano: 2019
Páginas: 288
Onde Comprar: AMAZON 
Sinopse:

Ao voltar para casa depois das Guerras Napoleônicas, Flavian, o visconde de Ponsonby, ficou arrasado ao ser abandonado pela noiva.
Agora a mulher que partiu seu coração está de volta, e todos estão ansiosos para que eles reatem o noivado. Exceto Flavian, que, em pânico, corre para os braços de uma jovem sensível e encantadora.
Apesar de ter sido casada por quase cinco anos, a viúva Agnes Keeping nunca se apaixonou, nem quer se apaixonar. Aos 26 anos, ela prefere manter o controle de suas emoções e de sua vida. Porém, ao conhecer o carismático Flavian, fica tão arrebatada que acaba aceitando seu impetuoso pedido de casamento.
Quando descobre que Flavian pediu sua mão apenas para se vingar da antiga paixão, Agnes decide fugir. Mas Flavian não tem a menor intenção de deixar a esposa partir, principalmente após descobrir que, para sua própria surpresa, está completamente apaixonado por ela.




Flavian, o visconde de Ponsonby, foi terrivelmente ferido na cabeça quando estava de serviço nas Guerras Napoleônicas e por um longo tempo fora desacreditado de uma possível recuperação principalmente por sua família e sua noiva Velma, que não aguentou a pressão, decidiu abandoná-lo para casar com seu melhor amigo, mas com o passar do tempo, Flavian conseguiu progressos e tirando a gagueira, assim como a falta de traquejo para se expressar, nunca conseguiu perdoar tamanha traição. 

“Ela podia sentir o perfume dos narcisos. E dele. E da tentação.
E do perigo.”

Como parte do Clube dos Sobreviventes, Flavian todo ano vai passar uma temporada com seus amigos em Penderris Hall, mas justamente naquele ano com o nascimento do filho de Vincent a reunião seria em Middlebury Park. O que Flavian não imaginaria é que justamente naquele local ele reencontraria Agnes Keeping. 

Agnes se tornou viúva precocemente e decidiu ir morar com sua irmã Dora. Uma bela mulher, gentil e sem pretensões de se envolver em algum relacionamento, dedica seus dias a pintura das paisagens locais. Logo seu encontro com Flavian é inevitável e com a proximidade ficará difícil resistir aos encantos do visconde. 

Assim, os dois descobrem afinidades, resolvem passar algum tempo juntos já que a química entre eles se torna cada vez mais forte. Mas será que eles estariam prontos para se entregar a esse sentimento a ponto de deixar as marcas do passado para trás. 

“Ela sentia pontadas de desejo em todo o corpo, tanto que foi incapaz de protestar ou de afastá-lo.
Queria que a beijasse novamente.”


Mais uma vez Mary Balogh mostra a que veio com um casal que teria tudo para dar errado, mas quando estão juntos se tornam apaixonantes. Os personagens são marcados por dramas, mas a narrativa cativante e cheia de humor da autora contribuiu para que tudo ficasse mais leve, sendo impossível não torcer para a superação e para que se entregassem a esse intenso sentimento. 

Merece destaque as cenas onde os integrantes do Clube dos Sobreviventes falam mais sobre suas vidas, dando uma maior compreensão de tudo que aconteceu com Flavian. Assim como a relação de Agnes com sua irmã, que é sempre repleta de muito carinho. 

Uma paixão e nada mais consegue ser encantador, divertido, romântico e surpreendente. Repleto de cenas de amizade, diálogos inteligentes e cheio de sarcasmo. O casal me conquistou logo nas primeiras interações, mas vê-los desarmados, superando seus medos e prontos para terem seu felizes para sempre aqueceu meu coração. 

A edição está impecável e a capa segue o padrão das anteriores. 

Por fazer parte de uma série, indico a leitura na ordem das publicações, já que temos spoilers de outros personagens no decorrer da leitura.

DLL20 Janeiro | Livro que se passa em um lugar que você quer conhecer.





1 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Um comentário

  1. Que fofo! Ah vou ter que começar a ler essa série para saber tudo sobre esse casal. Parece ser um livro muito emocionante, ainda mais por não focar só no romance e no casal, mas também no que estão enfrentando e a relação familiar também.
    Jardim de Palavras

    ResponderExcluir