| Resenha | Corações Quebrados - Sofia Silva - Editora Valentina

Título: Corações Quebrados  
Autora: Sofia Silva
Editora: Valentina
Ano: 2018
Páginas: 344
Onde Comprar: AMAZON 
Sinopse:


Com mais de um milhão de leituras no Wattpad, chegará às livrarias brasileiras o segundo volume da Série QUEBRADOS.
CORAÇÕES QUEBRADOS aborda a depressão, o luto e a deficiência física.
Entre as dores da perda e a incapacidade de seguir em frente, Emília vive os seus dias numa clínica. Está estagnada. É nesse inferno pessoal que ela conhecerá Diogo, alguém que também foi vitimado por uma tragédia.
Será que é possível dois corações quebrados encontrarem a felicidade?
Numa sociedade onde a nossa aparência continua a valer mais do que a essência, é difícil continuar a jornada da vida quando tudo nos é arrancado.
Passamos os dias a olhar a capa das pessoas. Julgamos sem compreender que nunca conheceremos totalmente uma história sem ler cada página. Sem compreender o seu início, meio e fim.
Duas pessoas fisicamente distantes.
Dois corações quebrados pela vida.
Dois sotaques que se misturam entre a dor, o riso e o amor.
Por isso, olhem sim a capa de cada pessoa, mas virem a página.



Emília viu sua vida mudar drasticamente quando perdeu sua família em um acidente de carro. Além de perder seus entes queridos, a brasileira perdeu o gosto pela vida, mergulhando em profunda tristeza. 
“As pessoas nem sempre entram na nossa vida quando estamos bem, mas a sua presença torna-a melhor. Foi assim com ela. Senti que tinha uma bela razão para ser mais do que alguma vez fui.”
Sua tia Rafaela junto com outros terapeutas tentam progredir em seu tratamento e para minimizar os efeitos das sequelas daquele fatídico dia, porém com a falta de vontade de Emília a tarefa tem sido árdua. Com a perspectiva de uma nova abordagem no tratamento, Rafaela se une ao Dr. Leonardo para tentar com que seus pacientes em comum consigam evoluir de alguma forma em seus traumas, eis então que Emília fica sabendo que terá que trocar mensagens pelo computador com Diogo. 

Diogo é português e quando estava à frente de seu posto na guerra, viu um a um de seus amigos soldados perder a batalha pela vida em meio ao combate, colecionando assim traumas, cicatrizes, que mudariam pra sempre sua vida. 
“Os nossos corpos são reflexos de cicatrizes que nunca pudemos escolher e que assinalam a nossa aparência para o mundo exterior. E somos julgados por elas.”
Quando ambos concordam com as abordagens de seus terapeutas, Diogo começa a se abrir com Emília que se mostra resistente e de poucas palavras, fazendo-o traçar uma estratégia para ganhar a confiança dessa mulher tão marcada quanto ele e aos poucos a troca de informações dá lugar a uma amizade e os sentimentos dia após dia vão se intensificando, transformando-se em um amor genuíno. 

Seria o amor capaz de curar as feridas, superar as perdas, trazendo esperança e um caminho de felicidade na vida desses personagens?
"Às vezes precisamos perder algo que pensávamos ser bom pra ganhar algo verdadeiramente excelente."


Eu me apaixonei pela escrita da Sofia, ao conhecer Sorrisos Quebrados, então confesso que estava bem curiosa para saber que temas a autora traria em seu livro. 

Falar sobre depressão, luto, traumas não é uma tarefa fácil, ainda mais construir um romance onde os personagens estão tão marcados e parecem não conseguir encontrar uma luz no fim do túnel. Por isso quando Diogo começa a se abrir, incentivar e transformar os dias de Emília, fica impossível não torcer para que ela se liberte da dor, abra seu coração e consiga voar rumo a felicidade. 

A narrativa é alternada por Diogo e Emília. No início tive um pouco de dificuldade para me envolver com os personagens pela distância em que se encontravam e cheguei a questionar como esse encontro poderia dar certo, mas a delicadeza, a entrega da autora ao desenvolver e construir seu enredo fizeram toda diferença para deixar a leitura apaixonante e causar aquele quentinho no coração em seus momentos finais. 

Corações Quebrados ainda surpreende com seus temas secundários, que são tão relevantes quanto a depressão. Todos os seus personagens são importantes, como o caso da Rafaela e Leonardo, protagonistas de Destinos Quebrados, terceiro livro da série e que tem suas histórias iniciadas por aqui, causando extrema curiosidade. 

Cheio de lições de vida e mensagens impactantes, esse é um romance profundo sobre dor, luto, superação, esperança e amor que vale a pena conhecer.

DLL20 Fevereiro | Livro de capa colorida.


4 comentários via Blogger
comentários via Facebook

4 comentários

  1. Oi Camila, tudo bem?

    Já li muitas resenhas positivas sobre a obra, acho os temas fortes e ainda não encontrei o momento apropriado para ler, mas quero conferir e espero gostar também.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que leia em algum momento mais apropriado pra ti e que se envolva com os personagens.
      Beijos!

      Excluir
  2. Oi, Cami

    Infelizmente eu não gostei da escrita da autora. Li Sorrisos Quebrados e achei a trama pedante demais sabe? Com um teor poético um tanto quanto piegas. Ai que parece é o estilo português de narrativa,mas não funcionou comigo. Por isso não vou me arriscar nos demais. Mas fico contente por você ter tirado tantas boas lições da história.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma pena que a leitura não funcionou para você, Tami, mas super compreendo, afinal o que agrada um, pode não agradar ao próximo, faz parte da jornada de um leitor.
      Beijos!

      Excluir