| Resenha | Uma noite na praia - Elena Ferrante - Editora Intrínseca

Título: Uma noite na praia 
Autora: Elena Ferrante
Editora: Intrínseca
Ano: 2016
Páginas: 40
Onde Comprar: AMAZON 
Sinopse:

O livro de estreia de Elena Ferrante na literatura infantil.
Uma das mais importantes escritoras da atualidade, Elena Ferrante retorna ao universo de A filha perdida, romance que ela considera um divisor de águas em sua carreira, para contar essa fábula sombria, narrada do ponto de vista de Celina, uma boneca que é perdida em uma praia.
Após ganhar um gatinho de presente do pai, Mati — dona de Celina e sua melhor amiga — fica tão fascinada que acaba esquecendo a boneca, que é a sua favorita. Deixada para trás na areia deserta e sem saber como voltar para casa, Celina vai enfrentar uma noite interminável, cheia de sustos e surpresas, além da companhia indesejada de um salva-vidas cruel e seu terrível ancinho. À luz das chamas de uma fogueira, a noite transforma-se numa aventura fantástica e assustadora que só termina ao nascer do sol.
Uma história de impressões e percepções, ao mesmo tempo leve e repleta de tensão, dedicada não só ao público infantil, mas aos fãs da autora de todas as idades.



Celina é a boneca de Mati e juntas já viveram grandes aventuras. Mas quando sua dona ganha um gatinho do pai, a euforia dessa novidade, acaba por fazê-la esquecer de pegar Celina na volta da praia, sendo esquecida na areia. 

A noite se mostra um verdadeiro martírio e Celina terá que escapar dos perigos que rondam aquele lugar. A começar pelo salva-vidas que está garimpando os objetos na praia, ela ainda precisará contar com a ajuda do mar para não acabar queimada por causa de uma fogueira. 

Assustada, Celina só tem um desejo, voltar para perto de sua mamãe Mati naquele lar aconchegante o mais rápido possível. 

Será que essa aventura termina bem?
“Mati, mamãe, cadê você?
Eu sou sua boneca, não me abandone.
Mati, se você não vier logo me salvar, se deixar que me queimem, vou chorar.”


Uma noite na praia é o livro de estreia da autora no universo infantil. 

Com um toque de suspense, ao acompanhar a jornada da boneca Celina para se manter salva e voltar para casa me deixou um pouco de coração na mão, principalmente quando pouco a pouco suas palavras vão sendo roubadas. 

Achei interessante a abordagem da autora aos temas e as mensagens deixadas nessa fábula: abandono, relação familiar, como lidar com os ciúmes dos novos integrantes, seja pessoas, bichinhos ou algum brinquedo no caso das crianças. 

Apesar de ser um livro classificado como infantil, não tenha dúvidas de que qualquer idade poderá ser envolvida ao longo das páginas. A linguagem é fácil e fluida, tanto que fiquei com vontade de conhecer outros livros da autora. As ilustrações são bem legais e também é possível se deparar com alguns poemas no decorrer do texto. Os momentos finais foram emocionantes e conseguiu me deixar com o coração quentinho.

DLL20 Fevereiro | Livro de autor italiano.


2 comentários via Blogger
comentários via Facebook

2 comentários

  1. Oi, Cami

    Não conhecia o livro e achei bacana a autora se aventurar nesse gênero trazendo um livro tão cheio de mensagens importantes e pertinentes nas entrelinhas. Não tenho dúvidas de que seria um livro apreciado por todas as idades.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu me surpreendi bastante com o enredo, ainda que curtinho conseguiu me envolver.
      Até me animei para conhecer outros livros da autora.
      Beijos!

      Excluir