| Resenha | Bad Things - R.K. Lilley - Editora Charme

Título: Bad Things - Tristan & Danika #1 
Autora: R.K. Lilley 
Editora: Charme
Ano: 2020
Páginas: 320
Onde Comprar: AMAZON 
Sinopse:

*Livro recebido em parceria com a editora.


Danika não teve uma vida fácil, e ser loucamente atraída por bad boys nunca facilitou as coisas.
Bastou um olhar para Tristan, e cada célula de seu cérebro virou fumaça. Esse homem era problema com P maiúsculo, não havia dúvida alguma nisso. E, apesar de Danika adorar bad boys, ela compreendia que eles eram ruins. Principalmente para ela. Considerando seu histórico, era maluquice pensar o contrário. Então, por que essa loucura parecia ser tão boa?
Até onde conseguia se lembrar, Danika tinha se concentrado no futuro com um único objetivo. Tristan apareceu e lhe ensinou tudo que precisava saber sobre esquecer e viver o presente. Ela se apaixonou profunda e fortemente. Claro que isso só tornou a queda muito mais devastadora.
Bad Things é sobre Tristan e Danika, e a história de amor caótica deles.




Danika sempre teve problemas em seus relacionamentos, escolhendo namorados que no final das contas a decepcionaria, mostrando-se verdadeiros bad boys. 

Até que em seu radar aparece Tristan, o novo hóspede na casa em que ela vive e trabalha como babá dentre outras funções. Seu carinho e amizade com seus patrões é tão grande que ela é praticamente da família. Por isso quando percebe o que Jerry está fazendo ao trazer mais um cara para tentar um contrato de trabalho, ela tem a ideia de contar para Bev que eles são amigos da faculdade, evitando assim uma briga do casal. 

“Ele deu seu melhor sorriso, aquele que me arruinou para todos os outros sorrisos do mundo.”
Tristan tem todos os atributos que o classificaria como um grande problema. Adora a noite regada a festas, bebidas, ou seja, um bad boy nato, Danika logo se sente atraída pelo seu charme e a recíproca é totalmente verdadeira. Mais ainda que ela saiba que precisa se manter afastada, pois se apaixonar por ele está completamente fora dos limites, se torna difícil quando esse cara parece entende-la, ser uma ótima companhia, um exímio cozinheiro, uma bela visão que virou seu mundo de cabeça para baixo. 

“Tive a percepção crucial e nítida de que o queria. Não apenas na cama. Não apenas como amigo, mas ele inteiro. Cada pedaço do quebra-cabeça. Nunca tinha desejado tanto algo na vida.”


Bad Things é o primeiro livro da trilogia Tristan & Danika e se você acha que o enredo é clichê, prepare-se meu bem pois essa aventura deliciosa e dramática desse casal está só começando. 

Como estou feliz de vê-lo sendo publicado aqui no Brasil e a editora Charme não poderia fazer uma edição menos que perfeita do meu casal favorito da autora. Mais bonita que a gringa... cof cof! 

Por ser um livro introdutório não pense que não temos ação, R.K. Lilley tem a medida certa em conduzir envolvimento do casal construindo-os aos poucos, a cada diálogo vai crescendo a expectativa em torno deles, mas também temos personagens secundários importantes bem explorados deixando a leitura ainda mais intensa e em alguns momentos bem dramática, além de contarmos com a presença de James Cavendish em algumas cenas para o delírio dos fãs de Nas Alturas. 

Com passados marcantes que influenciam diretamente em que são. Tristan é avesso aos relacionamentos pois sabe o quanto são difíceis, principalmente depois de ter tido seu coração partido. Para Danika é ainda mais complicado, sua vontade de criar raízes em relações, só acabou por fazê-la ainda mais dependente desse tipo de relações. 

Narrado por Danika, também veremos Tristan em alguns capítulos dar seu ponto de vista. Quem conhece a escrita da autora sabe que irá se deparar com cenas carregadas de sensualidade, conquista e erotismo. A leitura é extremamente fluida, envolvente. Ficamos tão absortos na história que ao nos darmos conta estamos em seu final. 

Bad Things é um romance intenso que arrebata nossos corações logo em seus primeiros capítulos. Seus momentos finais são angustiantes, dramáticos e nos deixa ansiosos por sua continuação.


1 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Um comentário

  1. Oi Camila, tudo bem?
    Não tenho o hábito de ler new adults, mas achei legal que o livro tenha um bom desenvolvimento dos personagens. Isso influencia bastante no quanto nos apegamos a eles, né? Ainda mais numa trilogia.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir