| Resenha | Lady Killers - Tori Telfer - Darkside

Título: Lady Killers: Assassinas em série
Autora: Tori Telfer
Editora: Darkside
Ano: 2019
Páginas: 384
Onde Comprar: AMAZON 
Sinopse:

As mulheres mais letais da história em uma edição igualmente matadora.
Quando pensamos em assassinos em série, pensamos em homens. Mais precisamente, em homens matando mulheres inocentes, vítimas de um apetite atroz por sangue e uma vontade irrefreável de carnificina. As mulheres podem ser tão letais quanto os homens e deixar um rastro de corpos por onde passam — então o que acontece quando as pessoas são confrontadas com uma assassina em série? Quando as ideias de “sexo frágil” se quebram e fitamos os desconcertantes olhos de uma mulher com sangue seco sob as unhas?
Prepare-se para realizar mais uma investigação criminal ao lado da DarkSide® Books e sua divisão Crime Scene®. Esqueça tudo aquilo que você achava que sabia sobre assassinos letais — perto de Mary Ann Cotton e Elizabeth Báthory, para citar apenas algumas, Jack, o Estripador ainda era um aprendiz.
Inspirado na coluna homônima da escritora Tori Telfer no site Jezebel.com, Lady Killers: Assassinas em Série é um dossiê de histórias sobre assassinas em série e seus crimes ao longo dos últimos séculos, e o material perfeito para você mergulhar fundo em suas mentes. Com um texto informativo e espirituoso, a
autora recapitula a vida de catorze mulheres com apetite para destruição, suas atrocidades e o legado de dor deixado por cada uma delas.
As histórias são narradas através de um necessário viés feminista. Telfer dispensa explicações preguiçosas e sexistas e disseca a complexidade da violência feminina e suas camadas. A autora também contesta os arquétipos — vovó gentil, mãe carinhosa, dama sensual, feiticeira traiçoeira, entre outros — e busca entender por que as mulheres foram reduzidas a definições tão superficiais.




Lady Killers: Assassinas em série, nada mais é que um compilado de biografias das inúmeras assassinas que se destacaram por seus crimes ao longo dos anos. 

Essas mulheres, muitas vezes passaram despercebidas entre a sociedade, até que a medida que seus crimes tornavam tão frequentes e incapazes de se manterem escondidos, suas máscaras caiam, mas até lá um grande rastro de sangue e destruição fora deixado. 

"Arma dos covardes? Nem tanto. O veneno é arma dos insensíveis, dos sociopatas, dos realmente cruéis."
Com diferentes idades, status sociais, Telfer nos coloca de frente com o perfil e a mente dessas mulheres, mostrando boa parte de seus dramas, dilemas que pudessem desencadear tais atos cruéis, assim como seus modos operandis, a maioria dessas assassinadas e até mesmo por conta da época que viveram, optavam por uso fármacos, arsênico nas comidas e bebidas. 

Algumas dessas assassinas chamaram atenção por seus crimes e história: Elizabeth Bathory (A Condessa Sangrenta), Nannie Doss (A Vovó Sorriso), Lizzie Halliday (A Pior Mulher da Terra), as irmãs Raya e Sakina (Doces Víboras), Mary Anna Cotton (Mulher Maldita, conhecida como a 1ª serial killer britânica) e Criadoras de Anjos de Nagyrév (Sororidade Letal). 

“As pessoas têm infinitos truques nas mangas para minimizar a violência feminina: desumanizam assassinas em série, comparando-as com monstros, vampiros, feiticeiras e animais; erotizam-nas até que pareçam mais inofensivas, essa negação é exatamente o motivo de muitas avós simpáticas terem conseguido matar durante décadas sem levantar a mínima suspeita.”


O projeto gráfico é belíssimo, além da capa, ao longo do livro temos ilustrações, trechos grifados em rosa, índice com trechos e textos que foram utilizados pela autora, deixando o mergulho na origem dessas mulheres ainda mais proveitoso. 

O texto é de fácil compreensão, mas não foi uma leitura fluida, pelo contrário, para que conseguisse finalizar sem abandonar o livro, fui lendo um caso por dia e por mais que tenha sido uma boa experiência, o texto torna-se repetitivo e cansativo. 

Em todo caso, acredito que você deva ler para tirar suas próprias conclusões. Para aqueles que gostam de entrar na mente das psicopatas é uma dica que vale a pena conhecer.

DLL20 Março | Livro Biográfico.


0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário