| Resenha | A Gaiola de Ouro - Camilla Läckberg - Editora Arqueiro

Título: A Gaiola de Ouro 
Autora: Camilla Läckberg
Editora: Arqueiro
Ano: 2020
Páginas: 320
Onde Comprar: AMAZON 
Sinopse:

*Ebook recebido em parceria com a editora.


A vingança de uma mulher é bela e brutal
Jack e Faye começaram a namorar na faculdade: um garoto criado em berço de ouro e uma jovem que se esforçou para enterrar um passado sombrio. Quando ele decide criar uma empresa, ela deixa os estudos e passa a trabalhar de dia, dedicando as noites a traçar a estratégia do novo negócio.
A companhia se torna um sucesso bilionário, mas Faye se sente como um lindo pássaro preso numa gaiola, apenas cuidando da filha em casa e sendo exibida pelo marido, que toma todas as decisões da empresa. Jack agora despreza sua inteligência, esquecendo tudo o que ela sacrificou por ele.
Quando Faye descobre que ele tem um caso, a bela fachada de sua vida desmorona. De uma hora para outra, ela está sozinha, emocionalmente abalada e sem nenhum centavo – porém nada pode se comparar à fúria de uma mulher com um passado violento determinada a se vingar
Jack está prestes a receber o que merece, e muito mais.
Nesta eletrizante história de sexo, traição e segredos, Camilla Läckberg prova ser uma das vozes mais importantes do suspense mundial.





“Aquela que se encolhia e se escondia nas sombras. Aquela que se curvava sob o peso de tantos segredos.
Então me endireitei e me olhei no espelho. Nunca mais.”
Faye se esmerou e conseguiu deixar para trás seu passado em Fjällbacka. Estudiosa, inteligente, não demora a conseguir entrar para a faculdade de Economia em Estocolmo, faz amizade com Chris, que se tornaria a melhor amiga de sua vida e também conheceria Jack Adelheim, com quem formaria uma família. 

Jack tem um grande sonho de ter sua empresa e que ela alcance patamares altíssimos e junto de seu amigo Henrik, vão lutar para tornar isso possível, mas Faye é quem possibilita esse acontecimento, dobrando seus turnos no trabalho e mais uma vez sua habilidade com os números falando mais alto. Claro, que para isso acontecer, ela acaba abandonando a faculdade para ajudar Jack a construir um grande império chamado Compare. A grana começa a entrar, logo ficam milionários e Faye entra em um espiral de dependência desse relacionamento, se anulando dia após dia. 

Ela não retorna a faculdade, passa a ser a mulher troféu, fútil, dona de casa, mãe, até não sobrar quase nada do que um dia fora. Vivendo em um casamento completamente tóxico, abusivo, mesmo assim ela tenta de todas as formas manter-se atraente para Jack, até o dia que uma viagem com sua filha Julienne dá errado e ela precisa retornar para casa, verá seu marido na cama com Yvla, um lembrete para Faye da mulher que um dia já se pareceu fisicamente. 

Humilhada, mesmo aguentando os desaforos de Faye, sabe que só poderá contar com sua amiga Chris, até conseguir pegar alguma grana com o divórcio. Mas aquele Jack que ela conheceu não existe, deixando-a sem um tostão furado, essa mulher terá que se reerguer, mas assim como a fênix que já renasceu das cinzas, Faye mostrará a esse homem que vingança é um prato que se come em pequenas doses e que pode até demorar, mas a avalanche o alcançará. 

“Juntas somos fortes e não vamos mais ficar caladas.”


Quero iniciar as observações dizendo: leia junto com algum amigo, a experiência é incrivelmente melhor. A minha leitura não teria sido a mesma, sem nossos surtos Cleyson, foi ótimo ler com você! @bookseestante 

Meu primeiro contato com a escrita da autora e já desejo ler tudo o que essa mulher escreveu ou vai escrever. Para quem não sabe, a Camilla é conhecida como Rainha Europeia do Crime e a nova Agatha Christie. 

Alternando capítulos no passado e presente, conhecemos um pouco mais da história de Faye. E vá por mim quando digo, o mínimo de informações que tiver sobre essa leitura se transformará em grandes surpresas e impactos ao longo das 3 partes que esse livro se divide. Por isso também se puder, não leia a sinopse, apenas se jogue. 

Camilla foi muito inteligente em nos colocar em meio as situações em que a torcemos e ficamos incrédulos mediante as ações da protagonista que caminharam em uma linha tênue em quase todo o enredo. Para que fique claro, Faye está longe de ser uma mocinha, ter razão então passa longe, mas entendemos um pouco de sua motivação e não é que sua vingança seja desculpa para as suas atitudes ou que eu ache que esteja correto, mas fica impossível não refletir sobre cada tomada de atitude ao longo de sua jornada. Jack é um lixo, não dá para sentir empatia nem em seus piores momentos e o leitor entenderá o que quero dizer ao conhece-lo. 

A gaiola de ouro é um thriller psicológico cheio de altos e baixos, com muitos gatilhos. Inicialmente a leitura é a arrastada e os acontecimentos do passado atrai mais atenção, mas da segunda parte em diante foi impossível largar a leitura. Tornando-se viciante, eletrizante mesmo. 

Apesar de ser um livrão, não favoritei pois ainda necessito de algumas respostas que espero ansiosamente no segundo livro que já tem sua capa e título definidos, Asas de Prata. Já quero pra ontem. 

Uma super dica para quem gosta de tramas com personagens controversas, vingança, traições, relacionamentos abusivos e um desfecho surpreendente.


0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário