| Resenha | Corpos Ocultos - Caroline Kepnes - Editora Rocco

Título: Corpos Ocultos - Você #2
Autora: Caroline Kepnes 
Editora: Rocco
Ano: 2019
Páginas: 352
Onde Comprar: AMAZON 
Sinopse:

Frio e calculista, Joe Goldberg mata sem deixar rastros. E, quando os deixa, sua mente ágil e criativa o livra de qualquer deslize. Los Angeles será para Joe como um playground é para uma criança. Romances escusos, negócios duvidosos, desfechos inesperados e alguns corpos ocultos dão o tom da narrativa sombria e ao mesmo tempo cativante apresentada por Caroline Kepnes na continuação de Você.







“Amar é arriscar tudo.”

Após ir as últimas consequências com Guinevere, Joe volta a se relacionar. Na verdade, essa é a coisa que ele mais faz, achar um motivo, algo para fincar suas raízes em uma nova paixão. 

Mas quando Joe foi passado para trás por Amy, ele decide ir atrás dela em Los Angeles para reaver seu prejuízo e claro lhe aplicar uma punição. Porém, ao chegar em uma nova cidade conhecerá Love e se encantará com sua personalidade, seu jeito em lidar com ele, demonstrando interesse e compreensão. Só isso já basta para que sua obsessão em criar situações para fazê-la se interessar por ele fique a mil. Ele definitivamente poderia amar Love e tudo gira ao redor para facilitar essa caminhada. 

Seria o certo, caso algumas pedras começassem a entrar no caminho de Joe. Uma delas, o irmão da jovem que é dependente químico, mas ai aparece o ex- querendo retomar o relacionamento deles. Então, nosso psicopata atacará novamente, pois deixar esse novo amor passar não está em seus planos e muito menos descobrirem a sua relação com o passado. 

Com as mãos tão sujas de sangue, até quando conseguirá passar imune?

“Não há nada mais apavorante do que perceber que a pessoa que te conhece melhor é quem menos te ama.”


Com as adaptações na Netflix, confesso que esperei o hype passar para enfim iniciar a leitura do 2º volume, uma vez que “Você” me agradou. 

Apesar da leitura não ser muito fluida em boa parte, é nítido o quanto consegue ser intrigante e mexe com nosso imaginário a cada caminho que Joe decide explorar, ou seja, ficou difícil largar a leitura justamente por ser o narrador principal. 

Impressionante como o personagem se mostra complexo e perturbado, oscilando entre o arrependimento, mas nunca conseguindo sair desse espiral, afinal estamos falando de um psicopata e essa redenção que pode ser esperada por uns ao longo dos capítulos não acontece. 

Trazendo temas como a exploração das redes sociais e utilização desses recursos tecnológicos de forma desenfreada, serve também de alerta para os perigos que vem de tudo isso. 

Corpos Ocultos é a sequência da série, mas até pode ser lido separadamente. A leitura conseguiu cumprir em partes seu papel. A autora consegue explorar bem o novo cenário construído e mostra a mente ousada de Joe. Mas ainda que tenha curtida, achei que o final ficou devendo, faltaram algumas explicações e que provavelmente estarão no próximo livro da série.


0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário