| Resenha | Ligados pelo dever - Cora Reilly - Editora Bezz

Título: Ligados pelo dever - Série Born in blood mafia chronicles #2
Autora: Cora Reilly
Editora: Bezz
Ano: 2020
Páginas: 322
Nota: 5🌟
Onde Comprar: AMAZON
Sinopse:


Prestes a se tornar o mais jovem chefe da Chicago Outfit, Dante Cavallaro se vê pressionado a se casar para provar que não é irresponsável ou fraco. Não é isso que ele deseja. A lembrança de sua ex-esposa ainda o assombra, mas pela familía e pelo poder, ele cede.
Valentina é a escolhida para casar com Dante.
Ela, também viúva, teme que um segredo venha à tona. Ainda que seu primeiro casamento não tenha sido por amor, ela não quer expor seu ex-marido. Mas como toda mulher da máfia, sua vontade não é ouvida. Com o novo casamento, uma surpresa: seu novo marido não está interessado nela.
Sentindo-se humilhada e cansada de ser ignorada, ela está determinada a conquistar aquele homem de coração gelado, mas descobre que nessa luta, talvez tenha de pagar pelo alto preço do desejo.




“Dante teria que decidir se queria viver no passado ou seguir em frente para um futuro comigo.”
Dante Cavallaro é chefe da Outfit, a máfia de Chicago. Implacável em suas ações, esse homem é atormentado pela perda precoce de sua amada esposa para o câncer. Passado alguns anos e por causa da posição que ocupa, ele está sendo pressionado para se casar novamente. 

Valentina é a escolhida para casar com Dante. Os dois tem em comum a perda de seus cônjuges e não tiveram filhos antes. Mas ao contrário de Dante que casou por amor, ela guarda segredos sobre seu casamento, mas está pronta para seguir em frente e porque não aprender a gostar dele. 

Dante não está interessado na carga emocional que um casamento tem, as lembranças de sua esposa estão por toda casa e baixar a guarda está fora de cogitação, mas como se manter imune a uma bela e inteligente mulher como Valentina, que está determinada em quebrar os muros, a frieza desse homem e fazê-lo perceber que lealdade e amor se constroem a cada dia nesse meio que vivem. 


Ligados pelo dever é instigante do início ao fim. 

Apesar de preferir uma narrativa alternada entre os protagonistas, Cora conseguiu dar conta do recado mais uma vez e me fez torcer por esse casal. 

Dante surpreende impulsionando os desejos de Valentina. Os diálogos são inteligentes, eles falam sobre o trabalho de forma natural e bem envolvente. 

O sentimento vai sendo construindo de forma bem devagar, com altos e baixos, afinal ambos são marcados por seus fantasmas, mas Valentina se mostra pronta para seguir em frente e não esmorece quando decide conquistar de vez o coração desse homem, ainda que seja uma árdua tarefa. E essa dificuldade que faz o livro ser tão envolvente e único, tudo foi sendo colocado a prova e não entregue de bandeja. 

Mais uma história que me fez devorar seus capítulos e ansiar por cada interação e o desejo do casal. 

O segundo livro da série se mostra mais que um romance sobre a máfia. Repleto de emoções, o enredo retrata o luto de forma mais leve e a importância de se permitir sentir e recomeçar.


0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário