| Resenha | Alguém para amar – Mary Balogh - Editora Charme

 

Título: Alguém para amar - Série Westcott #1
Autora: Mary Balogh
Editora: Charme
Ano: 2020
Páginas: 420
Nota: 3🌟
Onde Comprar: AMAZON
Sinopse:


Humphrey Westcott, o conde de Riverdale, acaba de morrer, deixando uma fortuna e um segredo escandaloso que transformará para sempre a vida de todos em sua família, incluindo a filha que ninguém sabia que ele tinha…

Anna Snow cresceu em um orfanato em Bath, sem nada saber de sua família de origem. Quando descobre que o falecido conde de Riverdale era seu pai, ela herda sua fortuna e também fica muito feliz em saber que tem irmãos. No entanto, eles não aceitam suas tentativas de dividir sua nova riqueza. Só que o guardião do novo conde está interessado em Anna...

Avery Archer, o duque de Netherby, sempre manteve os outros à distância, mas algo o leva a ajudar Anna em sua transição de órfã à dama. Com a sociedade londrina e os parentes recém-descobertos de Anna ameaçando subjugá-la, Avery intervém para resgatá-la, mas se vê vulnerável a sentimentos e desejos que ele havia mantido escondidos muito bem, por muito tempo.



“– Não se pode viver de um dia para o outro sem mudar. É a natureza da vida. Pequenas escolhas sempre são necessárias, mesmo quando as grandes não aparecem.”⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Anna Snow cresceu em um orfanato em Bath. Ela sempre carregou o desejo de encontrar qualquer vestígio que pudesse levar ao paradeiro de sua família, por isso nunca perdeu as esperanças de obter qualquer informação. Porém quando ela menos espera, uma carta é endereçada a ela, solicitando que ela fosse imediatamente para Londres.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Surpresa com o tal pedido, afinal não conhece ninguém naquela cidade, então como poderiam discutir algo sobre seu futuro. Partindo para Londres, uma Anna ansiosa, com suas vestes simples, é aguardada para a leitura do testamento de Humphrey Westcott, o conde de Riverdale.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Chegando ao local, os familiares do falecido conde estão reunidos e ficam chocados quando lhes é revelado que Anna é sua filha legítima e mais perplexos ainda, quando a notícia de que é a única herdeira legal do conde.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Entre confrontos, discussões e uma família fervorosa que teve seu legado retirado, um homem se destaca. Avery Archer, o duque de Netherby e agora o sucessor do título de Riverdale, nunca almejou os títulos e a pomposidade dessa posição. Reservado, protetor, não demora a querer salvar Anna de toda a loucura que sua nova família impõe e todas as transformações para tornar-se uma dama adequada para a sociedade londrina.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Mas só quando sua inexperiência a coloca em uma situação delicada, Avery resolve ser ainda mais cavalheiro e lhe propõe casamento, isso e o fato da personalidade da jovem ser um frescor para ele. Agora, eles terão que aprender a dividir uma vida juntos e nessa complicada jornada descobrirão o verdadeiro sentido da palavra amor.⠀


⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Quando vi que teríamos mais uma série da Mary Balogh simplesmente vibrei com a notícia, então minha surpresa quando a editora enviou aos parceiros um pacote com dois livros de presente de romance de época não perdi tempo em pegar esse lançamento para ler.

A série Westcott é composta por oito livros e um conto, segundo o Goodreads.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Em Alguém para amar acompanhamos o envolvimento de Anna e Avery, junto disso e por ser o primeiro livro, somos apresentados aos familiares dessa numerosa família.

Confesso que estranhei demais a quantidade de participações ao longo da narrativa, tanto que em diversos momentos me perdia sobre quem estava compondo os diálogos, além disso, a autora pecou ao inserir tantos acontecimentos envolvendo a família e isso dificultou demais o meu envolvimento em toda a trama.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Anna e Avery são personagens amáveis e suas personalidades me conquistaram. Mas eles tinham tudo para serem incríveis e até cheios de química, mas Mary acabou deixando-os em segundo plano, faltando um algo mais, fazendo com que eu não conseguisse me apegar a nenhum deles.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Não posso dizer que foi uma leitura boa, principalmente por conhecer a escrita da autora. Me frustrei com esse início, mas torço para que os próximos livros me arrebatem. Enfim, essa é minha opinião, em todo caso recomendo que faça a sua leitura, comtemple a beleza e os detalhes da edição que está muito linda, e tire as suas próprias conclusões, pois o que funciona para uns, pode muito bem ser o favorito de outras.



0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário